Arquivo diário: 04/04/2013

Resumo da semana em Austin

Grande quarta-feira (4) pra você que acompanha o Spurs Brasil. Mais uma semana se passou, alguns times já garantiram vaga nos playoffs da D-League, e o Austin Toros vai firme e forte, quase assegurando sua classificação, faltando apenas dois jogos para as finais.

Toros, de JaMychal Green, segue em alta (Jack Arent/NBAE/Getty Images)

Sem surpresas… 

Nessa semana, a franquia texana jogou três partidas, vencendo duas e perdendo uma. A derrota foi surpreendente por ter sido em casa, porém esperada por ter sido contra um concorrente direto à quinta posição na classificação geral. Um dos triunfos foi contra o mesmo time citado, e o outro contra uma equipe já desclassificada. Bora lá pros resultados dos jogos.

Tulsa 66ers – 91 @ 90 – Austin Toros – 29/03/2013

Se engana quem pensa que o jogo foi parelho! O 66ers dominou todo o duelo, não tendo muitos problemas. Somente nos últimos quatro minutos o Toros engrossou o caldo pra cima do adversário, chegando a empatar. Porém, o time texano acabou saindo derrotado.

Destaques

Austin Toros

– Lester Hudson: 23 pontos e 6 rebotes

– E mais Jamychal Green, Jamarr Sanders, Tre Kelley e Chris Roberts com dígitos duplos

Tulsa 66ers

– Rasual Butler: 20 pontos

– Tony Taylor: 18 pontos

– Deandre Liggins: 13 pontos e 12 rebotes

Austin Toros – 99 @ 83 – Tulsa 66ers – 30/03/2013

Jogo não muito complicado para o Toros, que, a partir do segundo quarto, abriu uma vantagem de dez pontos, e a partir daí, só administrou a partida. No último quarto, o time texano conseguiu mais seis pontos de diferença, terminando o jogo 16 pontos na frente.

Destaques

Austin Toros

– Chris Roberts: 20 pontos

– Jamarr Sanders: 18 pontos

– Jamychal Green: 14 pontos e 12 rebotes

Tulsa 66ers

– Deandre Liggins: 18 pontos

Springfield Armor – 103 @ 112 – Austin Toros – 03/04/2013

Jogando em casa, o Toros teve de suar a camisa para derrotar seu adversário, já sem chances de ir aos playoffs. A equipe da casa ficou atrás no primeiro e segundo quartos, só conseguindo virar a partida no terceiro. No último período, o time texano sofreu um pressãozinha e até perdeu a liderança, mas conseguiu seus pontinhos e saiu vitorioso.

Destaques

Austin Toros

– Jamychal Green: 28 pontos e 12 rebotes

– Rick Jackson: 18 pontos e 17 rebotes

Springfield Armor

– Carleton Scott: 20 pontos

– Dennis Horner: 18 pontos e 10 rebotes

Ao final dessa semana, o Toros se manteve na quinta colocação geral, com 27 vitórias e 21 derrotas, e, faltando somente duas partidas para o fim da temporada regular, está praticamente classificado para os playoffs.

E, para não ficar fora dessa, dê uma olhada no Harlem Shake da equipe. Até o Coach Jenkins participou da brincadeira!

É isso ai pessoal, mais um resuminho semanal do nosso querido Toros, e esperando um massacre hoje por parte do nosso querido Spurs!

GO TOROS!

Spurs (56-19) @ Thunder (54-20) – Temporada Regular

San Antonio Spurs @ Oklahoma City Thunder – Temporada Regular

Data: 04/04/2013

Horário: 22h30 (Horário de Brasília)

Local: Chesapeake Energy Arena

Na TV: Space

Cotação no Apostas Online: Spurs 3,70 @ Thunder 1,27 (favorito)

Acabou a sequência negativa do San Antonio Spurs. Depois de perder nos segundos finais para o Miami Heat e para o Memphis Grizzlies, a equipe texana venceu o Orlando Magic na noite de quarta-feira (3). No entanto, o time volta à quadra já um dia depois para encarar o Oklahoma City Thunder em confronto direto pela liderança da Conferência Oeste. Tony Parker, Kawhi Leonard e Tim Duncan foram poupados pelo técnico Gregg Popovich nos últimos jogos, mas o único desfalque deve ser Manu Ginobili, que sofre com uma contusão muscular na perna direita. Enquanto isso, os mandantes deverão ter todo o elenco à disposição.

Confrontos na temporada (2-1)

01/12/2012 – Spurs 86 vs 84 Thunder

Tim Duncan teve grande atuação, anotando 20 pontos, oito rebotes e três tocos, mas foi Tony Parker, com uma cesta no estouro do cronômetro, quem garantiu a vitória do time da casa.

17/12/2012 – Spurs 93 @ 107 Thunder

O Spurs não foi páreo para o Thunder na única vez em que visitou a Chesapeake Energy Arena nesta temporada. Manu Ginobili desfalcou o time naquele jogo e Tony Parker e Tim Duncan nem entraram em quadra no quarto período, quando a partida já estava definida.

11/03/2013 – Spurs 105 x 93 Thunder

Em jogo com clima de playoffs, o Spurs contou com grande atuação de Tiago Splitter, que deixou a quadra com 21 pontos, dez rebotes e três assistências, para vencer o Thunder no primeiro confronto de 2013.

PG – Tony Parker

SG – Danny Green

SF – Kawhi Leonard

PF – Tim Duncan

C – Tiago Spliter

Fique de Olho – Na vitória sobre o Orlando Magic, Tiago Splitter foi para o banco e viu Boris Diaw assumir sua vaga no quinteto titular. No último jogo contra o Thunder, no entanto, o pivô foi fundamental na vitória do Spurs. Na temporada, o brasileiro tem médias de 10,5 pontos e 6,3 rebotes por jogo, números que sobem para 11,1 pontos e sete rebotes nas partidas em que ele atua como titular.

PG – Russell Westbrook

SG – Thabo Sefolosha

SF – Kevin Durant

PF – Serge Ibaka

C – Kendrick Perkins

Fique de Olho – Serge Ibaka parece gostar de jogar contra o Spurs. Depois de anotar 26 pontos, acertando todos os arremessos que tentou, no jogo 4 da final da Conferência Oeste do ano passado, o ala-pivô deixou a quadra com 25 pontos, 17 rebotes e três tocos na única vitória do Thunder sobre o Spurs até aqui na temporada.

Spurs (56-19) vs Magic (19-57) – O time se reergueu

98×84

Após perder dois jogos consecutivos, para o Memphis Grizzlies e para o Miami Heat, o San Antonio Spurs derrotou em casa o fragilizado Orlando Magic pelo placar de 98 a 84 nesta quarta-feira (03). Com o resultado, o time da casa se firmou na primeira colocação da Conferência Oeste, na frente do Oklahoma City Thunder, enquanto os visitantes estão cada vez mais longe da boa fase, ocupando a penúltima colocação no Leste. A equipe do Texas não teve Tony Parker e Kawhi Leonard, poupados, e Manu Ginobili, machucado, mas pôde contar com uma excelente atuação do banco de reservas. Vamos aos destaques do jogo.

Baynes fez uma ótima partida (D. Clarke Evans/NBAE/Getty)

O jogo

Foi um jogo tranquilo para o time da casa, que não ficou em nenhum momento atrás no placar. O Spurs venceu o primeiro quarto por 28 a 23, e o segundo quarto terminou empatado em 23 a 23. Sendo assim, os texanos foram para o vestiário com cinco pontos de vantagem. Na volta para o segundo tempo, os mandantes novamente não tiveram problemas. O alvinegro seguiu na liderança e venceu o terceiro quarto por 22 a 19 e o último quarto por 25 a 19.

O próximo desafio do Spurs é um confronto direto pela liderança da Oeste, contra o Oklahoma City Thunder, fora de casa, nesta quinta, enquanto o Magic encara o Chicago Bulls na sexta.

Splitter no banco de reservas

Joseph, que atuou pelo Toros, fez uma bela partida (D. Clarke Evans/NBAE/Getty)

Após 50 partidas seguidas como titular da equipe, Tiago Splitter começou o jogo no banco de reservas. O brasileiro, que faz dupla de garrafão ao lado de Tim Duncan desde o dia 15 de dezembro de 2012, esteve apenas 16 minutos em quadra e mesmo assim teve uma bela atuação, quase anotando um duplo-duplo com dez pontos e nove rebotes. Além disso, o time texano não contou com o pivô DeJuan Blair devido a problemas de saúde.

Destaques do Austin Toros

É costume do Spurs enviar jogadores ao Austin Toros, time filiado à franquia que disputa a D-League. E essa parceria vem mostrando resultados positivos. Cory Joseph e Aron Baynes, jogadores que atuaram durante um bom tempo na liga de desenvolvimento, demonstraram uma bela evolução e foram fundamentais na vitória da equipe. O australiano atuou por 17 minutos e fez nove pontos e pegou cinco rebotes, enquanto o canadense contribuiu com oito pontos, quatro rebotes e duas assistências nos 12 minutos em que esteve em quadra.

The Big Fundamental no banco ?

Uma cena incomum aconteceu nesta partida. Após a volta do time do Spurs dos vestiários, notava-se que Tim Duncan se encontrava no banco de reservas. E lá continuou até o término da partida. A decisão de Pop se deve ao interesse em poupar o jogador para a partida importante desta quinta, contra o Thunder, confronto importantíssimo que ajudará a decidir a liderança o Oeste. Duncan terminou o jogo com cinco pontos e quatro rebotes.

Pontaria certeira

As atuações de Gary Neal e de Danny Green não passaram despercebidas na partida. Neal esteve com a mão calibrada, convertendo seis arremessos de dois pontos e quatro de três pontos. Green, o cestinha do time e da partida, enfatizou sua principal característica e fez sete bolas de dois pontos, quatro de três e dois lances livres.

Destaques da paritda

San Antonio Spurs

Danny Green – 20 pontos (7-10 FG, 4-7 3 PT, 2-2 FT), 3 assistências e 3 rebotes

Gary Neal – 16 pontos, 8 rebotes e 2 assistências

Tiago Splitter – 10 pontos e 9 rebotes

Orlando Magic

Maurice Harkless – 18 pontos e 9 rebotes

Nikola Vucevic – 16 pontos e 14 rebotes

Beno Udrih – 14 pontos e 8 assistências

DeQuan Jones – 12 pontos