Spurs (53-17) @ Rockets (39-31) – O carrasco Harden

95×96

No último confronto da temporada regular entre San Antonio Spurs e Houston Rockets, que podem se encontrar nos playoffs, melhor para a equipe de uniforme vermelho, que venceu por 96 a 95 neste domingo (25). O time alvinegro vencia a partida, até que, restando apenas 4,5 segundos no relógio, James Harden converteu dois pontos para seu time e acabou com a hegemonia do Spurs em cima dos seus rivais locais e com a sequência de quatro vitórias seguidas. Vale lembrar ainda que o ala-armador é considerado o décimo melhor jogador da liga até agora. Confira a seguir como foi a partida.

Não foi dessa vez que o Spurs dominou o Texas (NBAE/Getty)

O jogo

Foi uma partida muito disputada, exatamente o que se espera de um dérbi do Texas e de um possível confronto na próxima fase da liga. O Spurs visitou o Rockets e acabou perdendo para o rival nos momentos finais de jogo. Os destaques do confronto começaram a aparecer no segundo quarto. Tim Duncan liderava o alvinegro nesse momento de jogo, e, do lado dos mandantes, o carrasco James Harden fazia sua parte e diminuía a diferença toda vez que esta ampliava. No segundo tempo, o jogo continuou acirrado, com os principais jogadores das equipes desempenhando seus papéis e mostrando um belo clássico até então. Nos minutos finais, com o placar encostado, mas favorável ao Spurs, Danny Green teve sua bandeja bloqueada e logo em seguida o Rockets converteu uma bola de três pontos, encostando de vez e deixando o confronto ainda mais emocionante. Nos segundo finais, aconteceu de tudo. Kawhi Leonard arremessou uma bola de três pontos que bateu na quina da tabela. Em seguida, Carlos Delfino quase perdeu a posse de bola restando menos de dez segundos para o final, porém os árbitros deram a posse de bola para o Rockets, alegando que o argentino pediu tempo, e aí começou a jogada que definiu o jogo. O lateral foi cobrado por James Harden que logo em seguida recebeu novamente, avançou e converteu da cabeça do garrafão a cesta da vitória. Tim Duncan e Manu Ginobili até tentaram um arremesso salvador nos últimos segundos de jogo, mas não evitaram a derrota.

O Spurs agora enfrenta o Denver Nuggets, na quarta-feira (27), e o Houston Rockets encara o Indiana Pacers no mesmo dia.

Duncan bem que tentou, mas não impediu a derrota (NBAE/Getty)

Sempre ele

Tony Parker fez uma ótima partida pelo time de San Antonio, de novo. O francês, que acaba de voltar após se recuperar de contusão no tornozelo esquerdo, liderou o time nos momentos mais tensos da partida e não fez feio. O armador terminou o confronto com 23 pontos (7-13 FG) anotados e sete assistências distribuídas.

Os alas

Sem dúvida, Danny Green e Kawhi Leonard são jogadores de muita qualidade e de vital importância no esquema tático do Spurs. A culpa da derrota passou longe de ser somente dos dois, porém pode-se dizer em que dois momentos cruciais, os alas falharam. Primeiramente Green, que teve sua bandeja bloqueada, o que originou um contra-ataque do Rockets e acabou com cesta de três pontos que encostou o placar. Segundo, o segundanista Kawhi Leonard recebeu a bola na zona morta, e com a vantagem no placar, desperdiçou um arremesso de três pontos no qual a bola sequer encostou no aro.

Apesar dos lances que poderiam ter sido decisivos, ambos foram essenciais na partida. Green acabou o jogo com nove pontos e três rebotes, e Leonard com 12 pontos e seis rebotes.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Tony Parker – 23 pontos e 7 assistências

Tim Duncan – 17 pontos e 7 rebotes

Kawhi Leonard – 12 pontos e 6 rebotes

Tiago Splitter – 10 pontos, 6 rebotes e 4 assistências

Houston Rockets

James Harden – 29 pontos, 9 rebotes e 6 assistências

Chandler Parsons – 20 pontos e 9 rebotes

Sobre Sergio Neto

Jornalista esportivo desde 2012, ano em que passou a integrar a equipe do Spurs Brasil. Tem passagens por ESPN, Band e Estadão Esportes. Fanático por basquete desde criança e pelo San Antonio Spurs desde a era das "Torres Gêmeas". Ex-redator de NBA no The Playoffs (theplayoffs.com.br/nba).

Publicado em 25/03/2013, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 16 Comentários.

  1. Quanto amor Gregg Popovich tem por Danny Green o cara joga mais tempo que o Manu todos os jogos . Por favor agora chega né !

  2. Este James Harden é irritante tem tanto de bom jogador como de fiteiro. Sempre a procurar a falta em todos os lances é um protegido dos árbitros, deve ser o jogador com mais idas para a linha de lance livre não? Chega alturas que é impossivel defender!

  3. Lucas eu falei sem ter ido consultar as stats. Mas é uma coisa impressionante ele em TODAS mas mesmo TODAS as jogadas tenta sacar a falta! E tem a ajudinha dos árbitros como é obvio.

  4. Fui ver agora são 701 lances livres que dá uma média de 10.01 por jogo. O Harden esteve alguns jogos de fora por isso a média é ainda maior. Na minha opinião é ridiculo e é um dos factos que me deixa com receio de que os Spurs possam não ganhar outra vez, a arbitragem protege sempre os mesmos e a série do ano passado contra Okc foi nos custada por eles!

  5. Felipe Ladislau

    perdemos o jogo na jogada de contra ataque em que o Green tomou o toco, já era fim de jogo e o Parker tava entrando livre… Enfim. Alguém ae pode me dizer qnts vezes nessa temporada os Spurs conseguiram converter o arremesso na último lance do jogo???? só lembro do Parker contra o menphis.

    • De cabeça, lembro do Parker contra o Thunder também, do Duncan contra o Hornets e do Manu contra o Warriors. Nesse último, o Spurs perdeu, mas o argentino levou o jogo para a prorrogação

    • Essa última bola ainda vai me matar do coração. Nem tanto no ataque, mas a gente não consegue defender bola no buzzer, impressionante. Só funcionou contra o Dallas, eu acho…

      • Felipe Ladislau

        Verdade, defender a bola no boozer tbm me preocupa, e no ataque as vezes fazemos umas escolhas que não consigo entender no buzzer, no jogo de ontem tinha que ir no Parker apesar de ser uma jogada prevista, ou num bom chutador descansado como o Neal porém ele estava fora do jogo. O Duncan raramenre acerta essa bola no buzzer.

  1. Pingback: Baynes tem mais uma boa atuação com o Toros | Spurs Brasil

  2. Pingback: Spurs (53-17) vs Nuggets (49-23) – Temporada Regular | Spurs Brasil

  3. Pingback: Spurs (54-17) vs Nuggets (49-24) – Sem vacilar no final | Spurs Brasil

  4. Pingback: Spurs (54-17) vs Clippers (49-23) – Temporada Regular | Spurs Brasil

  5. Pingback: Spurs (55-17) vs Clippers (49-24) – Mais uma no estouro, e na conta de Duncan | Spurs Brasil

  6. Pingback: O Spurs na hora de decidir | Spurs Brasil

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s