Spurs (52-16) vs Warriors (39-31) – Torres gêmeas, de novo

 104×93

Nesta quarta-feira (20), o San Antonio Spurs venceu o Golden State Warriors em casa por 104 a 93, alcançando sua 29ª vitória em 33 partidas jogadas em seus domínios. A equipe ainda não contou com o armador Tony Parker, grande estrela do time que está perdendo alguns jogos devido a uma lesão, mas está próximo de retornar. Apesar da derrota, o time de Oakland ainda segue em sexto lugar na Conferência Oeste e continua com excelentes chances de participar dos playoffs. Vamos aos destaques do jogo.

Partidaça do Tiago Splitter (D. Clarke Evans/NBAE/Getty Images)

Fazendo de tudo

Sem Parker, Tim Duncan mostrou que, apesar da idade, ainda pode ser a grande estrela do Spurs. O lendário ala-pivô fez de tudo em quadra, defendendo com unhas e dentes o garrafão do time texano e dificultando a equipe do Warriors de pontuar na área pintada. O ala-pivô ainda mostrou todo o seu arsenal ofensivo e saiu de quadra com 25 pontos, além de mostrar lampejos de armador e distribuir seis assistências no jogo.

“The Big Fundamental” foi bem novamente (D. Clarke Evans/NBAE/Getty Images)

Torres gêmeas

Duncan não foi o único a fazer uma grande atuação. Seu companheiro de garrafão e nosso compatriota, Tiago Splitter, também fez excelente exibição, exibindo toda a sua técnica para pontuar perto da cesta e sua inteligência ao se movimentar em quadra. Juntos, Duncan e Splitter somaram 42 pontos e 20 rebotes. Deu para os torcedores mais antigos lembrarem da saudosa dupla de garrafão formada pelo camisa #21 e por David Robinson, que encantou nos anos 90.

Hierarquia dos armadores

Já estamos na segunda metade da temporada e até agora ainda não sabemos quem é o armador reserva de Tony Parker. Enquanto o francês está lesionado, Pop surpreendeu e colocou Cory Joseph, que estava atuando pelo Austin Toros, como titular. Além dele, ainda há no elenco Nando De Colo, que tem a simpatia da torcida mas ainda não demonstrou que merece a posição, e Patrick Mills, que vive quase a mesma situação que o francês.

Ontem, De Colo atuou por 25 minutos e correspondeu bem, com dez pontos, duas assistências e duas roubadas de bola, e Mills sequer entrou em quadra. Será que o australiano está perdendo seu lugar na rotação?

Pedreira em março

Até o fim do mês, o Spurs passará por alguns confrontos difíceis, enfrentando nas próximas partidas as fortes equipes de Utah Jazz, Houston Rockets, Denver Nuggets, Los Angeles Clippers e Miami Heat. Haja fôlego!

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Tim Duncan – 25 pontos, 13 rebotes, 6 assistências e 4 tocos

Tiago Splitter – 17 pontos, 7 rebotes e 4 assistências

Manu Ginobili – 16 pontos e 10 assistências

Golden State Warriors

Stephen Curry – 24 pontos e 3 assistências

Jarret Jack – 14 pontos e 7 assistências

Harrisson Barnes – 13 pontos

Anúncios

Sobre Bruno Lorscheiter Alves

Jornalista amador, apaixonado por esportes, basquete e lógico, San Antonio Spurs.

Publicado em 21/03/2013, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 10 Comentários.

  1. Sinto falta do Parker. Timmy está sendo o Timmy que conhecemos, o Manu tá sendo importantíssimo, mas o time é do Parker. Quando ele não está em quadra uma sensação esquisita de que tudo pode vir por água abaixo sempre me atormenta. Foi bom ter observado o time sem ele, mas quero o francês de volta.
    Infelizmente só assisti o finalzinho, então nem tenho muito o que comentar, exceto pela lambança que a mesa e a arbitragem tentaram fazer no final, mas nosso Big 2 em quadra não permitiu.

  2. Excelente resumo galera, só que tem um erro nos números do Tiago no destaque da partida.
    Foram 17 pontos, 7 rebotes e 4 assistências.

  1. Pingback: Vídeo: Duncan prega Bogut | Destino Riverwalk

  2. Pingback: Parker pode jogar contra o Jazz | Spurs Brasil

  3. Pingback: Spurs (52-16) vs Jazz (34-34) – Temporada Regular | Spurs Brasil

  4. Pingback: Spurs (58-22) @ Warriors (43-37) – Temporada Regular | Spurs Brasil

  5. Pingback: Spurs enfrentará o Warriors pelas semifinais do Oeste | Spurs Brasil

  6. Pingback: Spurs, Warriors e o tabu | Spurs Brasil

  7. Pingback: Prévia de Spurs x Warriors – Semifinais da Conferência Oeste | Spurs Brasil

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s