Arquivo diário: 11/03/2013

Spurs (48-15) vs. Thunder (47-16) – Temporada Regular

San Antonio Spurs vs. Oklahoma City Thunder – Temporada Regular

Data: 11/03/2013

Horário: 21h30 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Na TV: SPORTS+

Cotação no Apostas Online: Spurs 1,72 (favorito) vs Thunder 2,12

Primeiro colocado na Conferência Oeste, o San Antonio Spurs encara, em casa, o vice-líder Oklahoma City Thunder. Os texanos buscam se recuperar após a traumática derrota contra o Portland TrailBlazers, na última sexta-feira, e precisam da vitória para seguirem isolados na liderança. Já os visitantes têm no confronto direto a oportunidade de encostar definitivamente no rival na tabela de classificação.

Confrontos na temporada (1-1)

01/11/2012 – Spurs 86 vs 84 Thunder

Jogando em casa, o Spurs venceu o Thunder graças a um arremesso convertido no último segundo por Tony Parker. O armador, junto com Tim Duncan, guiou a equipe texana ao triunfo.

17/12/2012 – Spurs 93 @ 107 Thunder

Com dificuldades no terceiro quarto e com problema nos rebotes, o Spurs, fora de casa, foi completamente dominado pelo Thunder. Sem Manu Ginobili, lesionado, Tony Parker e Tim Duncan sequer atuaram no último quarto, quando a partida já estava definida.

PG – Cory Joseph

SG – Danny Green/Manu Ginobili

SF – Kawhi Leonard

PF – Tim Duncan

C – Tiago Spliter

Fique de Olho – Sem Tony Parker, a responsabilidade de comandar o time em quadra cai no colo de Manu Ginobili, que se torna muito mais um armador do que um ala com a ausência do francês. Cory Joseph ainda é inexperiente e Patrick Mills tem características de finalizador; com isso, o argentino é o responsável pela criação de jogadas. 

PG – Russell Westbrook

SG – Thabo Sefolosha

SF – Kevin Durant

PF – Serge Ibaka

C Kendrick Perkins

Fique de Olho – Frear Kevin Durant e Russell Westbrook é uma missão praticamente impossível. Diante disso, caberá ao Spurs tentar anular outras armas do time de Oklahoma. O garrafão é, notadamente, o ponto mais fraco da equipe e apenas Serge Ibaka consegue produzir ofensivamente. Anulá-lo pode sobrecarregar o perímetro adversário e facilitar o trabalho da defesa texana.