Spurs (44-13) @ Warriors (32-23) – Queda na prorrogação

101@107

Após 16 derrotas seguidas para o San Antonio Spurs, o Golden State Warriors, enfim, conseguiu bater a franquia texana. O revés do time com a melhor campanha na NBA aconteceu nesta sexta-feira (22), no Oracle Arena, e só foi definido após acirrados 48 minutos e uma prorrogação. Foi a primeira vitória da equipe californiana sobre o Spurs desde janeiro de 2008.

Manu bem que tentou (Rocky Widner/NBAE/Getty)

Banco decepciona

Com exceção do argentino Manu Ginóbili, a segunda unidade do Spurs teve uma atuação fraquíssima. Considerado um dos melhores times reservas da liga, contra o Warriors o banco decepcionou. Combinados, eles acertaram apenas dois arremessos de quadra, marcando seis pontos ao todo. Com isso, o técnico Gregg Popovich teve de manter seus titulares, cansados após a vitória na noite anterior contra o Los Angeles Clippers, por muitos minutos em quadra.

Dessa vez, não deu (Rocky Widner/NBAE/Getty)

Banco surpreende

Se o banco do Spurs decepcionou, o do Warriors foi motivo de orgulho. Jarrett Jack teve uma atuação notável, marcando 30 pontos e distribuindo dez assistências. Números assim, de um jogador vindo do banco, só foram repetidos por Magic Johnson, 1996, contra o Dallas Mavericks. Se não bastasse, sete dos 30 pontos de Jack foram feitos nos últimos 91 segundos da prorrogação. Decisivo?

Jogo acirrado

A partida no Oracle Arena foi tão disputada que a liderança mudou 20 vezes entre os dois times durante os 53 minutos de disputa. Também tivemos 17 momentos em que o jogo ficou empatado.

Recorde

Tim Duncan passou Robert Parish na lita dos maiores pontuadores da história da NBA. O ala-pivô agora é o número 23, com 23,350 pontos na carreira. No jogo de ontem, Timmy conseguiu um duplo-duplo, com 19 pontos e 13 rebotes.

Vacilo

O Spurs, apesar de ter começado o último quarto vencendo por 80 a 67, se viu nos segundo finais em desvantagem. Perdendo por dois pontos e com apenas sete segundos no relógio, Pop desenhou uma jogada em que Ginobili teria uma bandeja fácil. Deu certo. No entanto, nos segundos finais da prorrogação, mais uma vez em desvantagem, a mesma jogada foi desenhada e, dessa vez, os defensores estavam mais espertos e roubaram a bola.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Danny Green – 20 pontos e 4 rebotes

Tim Duncan – 19 pontos e 13 rebotes

Tony Parker – 18 pontos e 6 assistências

Manu Ginobili – 18 pontos e 5 rebotes

Kawhi Leonard – 10 pontos e seis rebotes

Tiago Splitter – 10 pontos e 5 rebotes

Golden State Warriors

Jarret Jack – 30 pontos e 10 assistências

David Lee – 25 pontos e 22 rebotes

Stephen Curry – 19 pontos e 6 assistências

Klay Thompson – 10 pontos e 3 assistências

Sobre Juliano Medeiros

Jornalista em formação, estagiário do Caderno Jogada, do Diário do Nordeste, fã do San Antonio Spurs e apaixonado por basquete.

Publicado em 23/02/2013, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 16 Comentários.

  1. Felipe Ladislau

    Os reservas estavam muito mal ontem, o Neal saiu zerado. Se o banco tivesse jogado como de costume teriamos vencido.

  2. Foi um jogão!! gostei!!!!! o GS batalhou na defesa até o fim e virou o jogo. De novo…, acho o Parker MVP desta temporada, mas quando não consegue pontuar como sempre (por causa da boa defesa do adversário), PASSE a bola!!! No dia que Parker souber fazer seu jogo espetacular, e passar a bola quando seu jogo não está funcionando, o SPURS tem grandes chances de ser campeão!!.

  3. Bãozão parabéns Parker e fominha sim e as vezes nos prejudica a equipe sim !

  1. Pingback: Dois dos lados da quadra | Spurs Brasil

  2. Pingback: Vídeo: velocidade de Ginobili | Destino Riverwalk

  3. Pingback: Spurs Brasil

  4. Pingback: Parker admite que escondeu lesão de Pop | Spurs Brasil

  5. Pingback: Spurs (45-13) vs Suns (19-39) – Temporada Regular | Spurs Brasil

  6. Pingback: Gary Neal admite jogar no sacrifício pelo Spurs | Spurs Brasil

  7. Pingback: Spurs (51-16) vs Warriors (39-30) – Temporada Regular | Spurs Brasil

  8. Pingback: O Spurs nas prorrogações | Spurs Brasil

  9. Pingback: O Spurs na hora de decidir | Spurs Brasil

  10. Pingback: Spurs (58-22) @ Warriors (45-35) – Temporada Regular | Spurs Brasil

  11. Pingback: Spurs enfrentará o Warriors pelas semifinais do Oeste | Spurs Brasil

  12. Pingback: Spurs, Warriors e o tabu | Spurs Brasil

  13. Pingback: Prévia de Spurs x Warriors – Semifinais da Conferência Oeste | Spurs Brasil

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s