Spurs (26-8) @ Bucks (16-14) – Sétima seguida!

117×110https://i2.wp.com/i884.photobucket.com/albums/ac50/glaglauber/Logos%20NBA/MilwaukeeBucks.jpg

O San Antonio Spurs confirmou o bom momento que atravessa e, nesta quarta-feira (2), venceu o Milwaukee Bucks, por 117 a 110. O triunfo fora de casa foi o sétimo seguido do time na temporada – a maior sequência entre todas as 30 equipes da NBA atualmente. Apesar do placar apertado no final, o jogo foi tranquilo e amplamente dominada pelos texanos.

Tim Duncan: o mito! (Gary Dineen/NBAE/Getty)

Sempre ele!

Não me canso de repetir o quão espetacular está sendo a temporada de Tim Duncan. E o veterano de 36 anos fez mais uma partida sensacional. Arrasador desde o início, Timmy encerrou a partida com números dignos de um MVP: 28 pontos, 13 rebotes, seis assistências e três bloqueios. Não é a toa que o nome do ala-pivô esteja presente nas discussões sobre o melhor jogador do campeonato.

Big Three afiado

Além de Duncan, as outras duas peças do Big Three também foram muito bem. Manu Ginobili começou lento, mas depois engrenou, encaixando ótimos passes. Tony Parker também sofreu no início, mas aos poucos conseguiu encontrar espaços para suas infiltrações características. O trio foi tão importante que os três jogadores foram os únicos a ultrapassar a barreira dos dez pontos – o francês e argentino anotaram 23 e 16, respectivamente.

Parker deu muito trabalho para a defesa adversária (Gary Dineen/NBAE/Getty)

Ele voltou…

A partida marcou o retorno de Gary Neal após pouco mais de uma semana afastado. Recuperado da contratura na panturrilha direita, sofrida na vitória sobre o Dallas Mavericks no dia 23 de dezembro, o camisa #14 anotou sete pontos, convertendo um arremesso do perímetro e duas bolas de média distância em 13 minutos jogados. Com isso, quem acabou perdendo espaço na rotação foi Nando De Colo, que só saiu do banco quando a partida estava decidida e ficou em quadra apenas por um minuto.

Sem descanso

Vencendo por quase 20 pontos, Gregg Popovich planejava dar descanso aos seus astros no último quarto e iniciou o período com uma formação reserva em quadra. Mas com bolas de 3 de Mike Dunleavy e com Brandon Jennings inspirado, o Bucks encostou em poucos minutos. Quando a diferença chegou  a sete pontos, o treinador foi obrigado a recolocar seus principais jogadores em quadra para garantir a vitória.

Funcionou, mas com isso três dos cinco titulares permaneceram em quadra por pelo menos 30 minutos: Tim Duncan (34), Tony Parker (36) e Danny Green (30). Ginobili também perdeu alguns momentos de descanso e atuou por 27 minutos.

Déjà vu?

Com isso, aumentam ainda mais as chances de Popovich poupar atletas para o jogo desta quinta, contra o New York Knicks, também fora de casa. A siutação é muito parecida com a do episódio que rendeu uma multa ao San Antonio Spurs por preservar quatro jogadores no confronto contra o Miami Heat, dia 29 de novembro. Assim como o jogo contra LeBron James e companhia, a partida contra os nova-iorquinos também será a segunda de um back-to-back (dois jogos em duas noites seguidas). Outra coincidência é o jogo ser realizado em uma quinta-feira, dia de transmissão em rede nacional norte-americana pela TNT. O que Pop vai fazer?

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Tim Duncan – 28 pontos, 13 rebotes, 6 assistências e 3 tocos

Tony Parker – 23 pontos e 11 assistências

Manu Ginobili – 16 pontos e 6 assistências

Milwaukee Bucks

Brandon Jennings – 31 pontos e 5 assistências

John Henson – 20 pontos (10-11 FG) e 9 rebotes

Mike Dunleavy Jr. – 19 pontos

Anúncios

Sobre Victor Moraes

Formado em Jornalismo no ano de 2012 pela Universidade Metodista de São Paulo. Fanático por esportes, sobretudo o basquete, passou pela redação do Diário Lance!, trabalhou na Liga Nacional de Basquete e no extinto Basketeria. Se orgulha de fazer parte da equipe do Spurs Brasil desde a criação em 2007.

Publicado em 03/01/2013, em Resumo de Jogos e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. 8 Comentários.

  1. Duncan é genial!!! sem mais o que dizer sobre ele…

    se houvesse um prêmio de MVP-All time o Big Fundamental seria candidatíssimo… swer importante como ele é pro Spurs durantes 15 anos seguidos é uma coisa que eu não lembro de ter visto na nba ainda…

    sobre o jogo de hoje, seria lindo ver o Pop dando uma banana pro Stern e dmandando todo mundo pra casa de novo, ou então deixando os essenciais em quadra por um minuto ou menos… haha

  2. Popovich é que manda… In Pop we trust!!!

  3. Só eu achei que a jogada dos 1min10 do vídeo foi digna de estar no top 10 do dia?

  4. Temos neste time duas pérolas defensivas que podem se tornar ótimos no ataque também, desde que haja um trabalho por trás (que eu sei que está havendo em ambos os casos): Kawhi Leonard e Tiago Splitter.

  1. Pingback: Spurs (26-8) @ Knicks (21-10) – Temporada Regular « Spurs Brasil

  2. Pingback: 4 frases sobre Tim Duncan contra o Bucks | Destino Riverwalk

  3. Pingback: Spurs (26-9) @ Knicks (22-10) – Nada a comemorar « Spurs Brasil

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s