Arquivo diário: 27/12/2012

Spurs @ Mavs será transmitido de graça para o Brasil

Nesta quinta-feira, o pessoal da NBA Brasil deu a melhor notícia do ano para os torcedores brasileiros do San Antonio Spurs: o clássico texano de domingo (30), que terá o alvinegro visitando o rival Dallas Mavericks, será transmitido de graça, ao vivo, em HD, para o nosso país, a partir das 22h30 (de Brasília).

Chance de vermos Tiago Splitter em ação (D. Clarke Evans/NBAE/Getty)

Spurs e Dallas já se enfrentaram uma vez nesta temporada. Jogando em San Antonio, o time da casa não teve dificuldades diante do rival e acabou vencendo por 129 a 91.

Para saber como assistir à partida no domingo, basta acompanhar o pessoal da NBA Brasil pelo Twitter e pelo Facebook.

* Agradecimentos especiais ao Draft Brasil, que nos deu notícia por meio de seu Twitter

Anúncios

Spurs (22-8) vs Raptors (9-20) – Em marcha lenta

100×80

O San Antonio Spurs esteve longe de apresentar sua melhor atuação na temporada. Mesmo assim, o time não teve dificuldades para superar o desfalcado Toronto Raptors. Nesta quarta-feira (26), a equipe texana recebeu os canadenses e venceu por 100 a 80. Confira a seguir os destaques na partida.

Manu Ginobili fez uma grande partida (D. Clarke Evans/NBAE/Getty Images)

Banho Maria

Contra um Raptors desfalcado de Kyle Lowry, Andrea Bargnani e Jonas Valanciunas, importantes jogadores, não havia porque se desgastar. Por isso, o Spurs atuou em um ritmo mais lento do que o normal. Antes do jogo, o time texano tinha média de aproximadamente 83 arremessos por partida. No jogo desta quarta, apenas 71 bolas foram lançadas em direção ao aro do lado dos mandantes.

O segredo para a vitória foi manter o ritmo constante, ainda que lento. Em determinado ponto do terceiro período, o Raptors sucumbiu e o Spurs abriu a vantagem que definiu a partida. A defesa também foi importante: nenhum jogador do time canadense passou dos 12 pontos e nenhum titular dos visitantes chegou aos dígitos duplos.

Tim Duncan, assim como Tony Parker, nem jogou no quarto quarto (D. Clarke Evans/NBAE/Getty Images)

Lampejos de gênio

Com médias de 11,6 pontos e 4,8 assistências por partida, Manu Ginobili faz uma de suas temporadas mais discretas desde que chegou a San Antonio. Porém, contra o Raptors, o jogador mostrou que ainda é diferenciado. O argentino obteve 14 pontos, cinco rebotes e três assistências em apenas 27 minutos.

O camisa #20 acertou as duas bolas de três que tentou, convertendo quatro de seus seis tiros de quadra e quatro de seus cinco lances livres. Além disso, no terceiro período, o ala-armador conseguiu uma jogada de cesta e falta incrível após acertar bandeja acrobática. Com Manu no jogo, o Spurs fez 23 pontos a mais do que sofreu, melhor marca da partida.

Faísca-whi

Se o jogo estava em ritmo lento, Kawhi Leonard foi o maior responsável por incendiá-lo. Com três roubadas de bola e duas enterradas espetaculares, o ala foi o responsável pelos lances mais empolgantes do time da casa na partida desta quarta-feira.

No entanto, o segundanista errou os três tiros do perímetro que tentou, assim como Stephen Jackson. Talvez demore para que os alas, que acabaram de voltar de contusão, calibrem a mão nos arremessos de três pontos.

Departamento médico

Por falar em contusões, elas não param de assombrar o Spurs. Gary Neal não pôde atuar por conta de uma lesão na panturrilha direita. E Tiago Splitter sentiu dores no ombro esquerdo ao longo do jogo. Tomara que nenhum dos dois seja problema para o jogo de sexta-feira, contra o Houston Rockets.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Tim Duncan – 15 pontos, 6 rebotes e 2 tocos

Manu Ginobili – 14 pontos, 5 rebotes e 3 assistências

Tony Parker – 13 pontos, 7 assistências e 3 rebotes

Tiago Splitter – 10 pontos e 3 assistências

Boris Diaw – 10 pontos e 3 rebotes

Toronto Raptors

Amir Johnson – 12 pontos e 6 rebotes

Alan Anderson – 12 pontos