Spurs (3-2) @ Heat (3-2) – Derrota para os campeões

101x104

O San Antonio Spurs sofreu sua segunda derrota na atual pré-temporada neste sábado (20), contra o Miami Heat, na American Airlines Arena. O jogo foi decidido apenas nos seus momentos finais e a equipe visitante contou com a boas atuações de Danny Green e Tim Duncan. Do lado dos donos da casa, que não contaram com LeBron James, Rashard Lewis marcou 11 dos seus 15 pontos no último quarto.

Duncan foi bem, mas atuação do ala-pivô não foi o bastante (Issac Baldizon/NBAE/Getty)

Como em todo jogo de pré-temporada, os técnicos experimentaram vários jogadores e, no último quarto, apenas os reservas se mantiveram em quadra. No primeiro período, o Spurs saiu na frente e chegou abrir certa vantagem, mas Dwyane Wade tomou à frente e colocou o Heat no jogo, virando o placar.  O astro do time de Miami terminou o jogo com 13 pontos. 

O terceiro quarto foi o momento em que o Spurs conseguiu reagir e ficar de novo na frente do placar. Os visitantes terminaram a parcial com sete pontos de vantagem. Já no último período, o Heat bateu o Spurs por 27 a 16. Josh Harrelson fez uma cesta de  três pontos com 1:01 restanto no relógio, colocando o Heat na frente por 102 a 99 e selando a vitória.

Green estava calibrado (Issac Baldizon/NBAE/Getty)

Apagados

Tony Parker e Manu Ginobili não mostraram muito o seu basquete no jogo de hoje. O francês, por exemplo, só ficou em quadra durante o primeiro quarto. Em oito minutos de ação, o armador distribuiu três assistências, mas não marcou nenhum ponto. Já Manu Ginobili teve um pouco mais de tempo de quadra para ajudar seu time. No entanto, o arremesso do argentino não estava calibrado como normalmente. O camisa 20 acertou apenas um tiro e errou outros seis durante os 19 minutos que pisou em quadra.

Tiago

Tiago Splitter foi muito eficiente no jogo deste sábado. O brasileiro só passou oito minutos jogando e conseguiu marcar nove pontos. O pivô acertou os quatro tiros de quadra que tentou.

Timmy e Green 

Os maiores pontuadores da equipe texana foram Tim Duncan e Danny Green. Os dois titulares contribuíram com 31 pontos juntos. Timmy em apenas 16 minutos marcou 15 pontos e coletou seis rebotes. O pivô parece bem em forma para a temporada e errou apenas três arremessos dos sete que tentou.

Já Green teve uma atuação ainda mais destacada. O ala-armador acertou cinco arremessos de três e liderou o Spurs com 17 pontos feitos.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Danny Green – 17 pontos e quatro rebotes

Tim Duncan – 15 pontos e seis rebotes

Gary Neal – 12 pontos e dois rebotes

Kawhi Leonard – Dez pontos, quatro rebotes e quatro assistência

Miami Heat

Rashard Lewis –  15 pontos e três rebotes

Dwyne Wade – 13 pontos e cinco assistências

Mike Miller – 12 pontos e cinco rebotes

Josh Harrellson – Dez pontos e cinco rebotes

Norris Cole – Dez pontos e três rebotes

Sobre Juliano Medeiros

Jornalista em formação, estagiário do Caderno Jogada, do Diário do Nordeste, fã do San Antonio Spurs e apaixonado por basquete.

Publicado em 20/10/2012, em Pré-Temporada, Resumo de Jogos e marcado como , . Adicione o link aos favoritos. 5 Comentários.

  1. Apesar da derrota fiquei muito feliz de saber que o Tiago jogou bem a partida! Só espero que ele mantenha essa pegada e cresça cada vez mais, afinal essa temporada é tudo ou nada pra ele. Tudo bem que ele teve que se adaptar, mudar o estilo de jogo, mas agora precisa mostrar a que veio! Apesar de tantas pessoas que tentam desvalorizá-lo, eu sou fã declarada dele e torço MUITO pelo o sucesso do Splitter!

  2. Silas Barboza de Sousa

    Só perdemos esta partida,porque Pop não queria ganhar.No último quarto faltando poucos minutos,tivemos uma queda sensível no desempenho de quadra,mas mesmo assim Pop preservou a formação dos reservas ao inves da formação teoricamente titular,para continuar efetuando testes.
    Quanto ao Tiago,espero que ele não perca,mais minutos de quadra,como vem sendo especulado pela imprensa brasileira.Gosto muito do Tiago,aho que ele tem muito a desenvolver,se confiar mais em seu potencial e não se acomodar como os outros brasileiros na NBA.Tiago me deu algumas alegrias ano passado e saiba que confio em ti e torço para que juntos possamos calar os ditos especialistas que apontam times como Boston com mais chance de título que os Spurs..que absurdo..Boston já morreu faz tempo…

  1. Pingback: Spurs (3-2) @ Magic (1-4) – Pré-temporada | Spurs Brasil

  2. Pingback: Spurs (3-3) @ Magic (2-4) – Novo revés na Flórida | Spurs Brasil

  3. Pingback: Spurs (3-3) vs Wizards (3-4) – Pré-temporada | Spurs Brasil

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s