Splitter não se assusta com Lakers e vê Spurs na briga

Um dos principais assuntos da offseason da NBA até aqui foi a montagem do time estrelar do Los Angeles Lakers, que contratou Steve Nash e Dwight Howard para ajudarem Kobe Bryant e Pau Gasol a tentar levar o time de novo ao título. No entanto, para o pivô Tiago Splitter, do San Antonio Spurs, a franquia texana tem elenco suficiente para enfrentar a reformulada equipe anegelina de igual para igual.

Splitter sem medo!

“Todos nós sabemos que o time no papel não ganha jogo. O Los Angeles Lakers montou um grande time, assim como o Oklahoma City Thunder, que manteve seus principais jogadores. Na minha opinião, nós temos condições de enfrentar de igual para igual essas equipes”, disse Splitter, em entrevista ao site Basketeria.

“Sabemos que temos que nos esforçar nos treinamentos, para que possamos estar bem na temporada. O Gregg Popovich está montando um plantel bem parecido com o do ano passado e isso nos ajuda. Mesmo assim, sabemos que os Spurs nunca são favoritos para nada pela imprensa (risos)”, completou o pivô brasileiro.

Por fim, Splitter voltou a elogiar Tim Duncan e disse que os treinos que os dois fizeram juntos durante o locaute o ajudou a desenvolver seu jogo.

“O Tim Duncan é peça chave no nosso time. Ele é um cara fantástico e que me ajuda muito. Durante o locaute, treinamos muito tempo juntos e eu pude evoluir meu jogo em alguns aspectos. Agora, na offseason, também estamos treinando junto e isso só me ajuda a melhorar cada vez mais”, afirmou o pivô.

Sobre Lucas Pastore

Um dos fundadores do Spurs Brasil. Formado em Jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie em 2010, é editor assistente do UOL Esporte. Cobriu o basquete olímpico na Olimpíada de 2016 pelo LANCE!. Trabalhou também para Basketeria e mob36.

Publicado em 17/09/2012, em Notícias. Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. Silas Barboza de Sousa

    Legal ver o Spiltter comentando sobre a Franquia de San Antonio,bacana também sua participação na Clínica aqui no Brasil,mas acredito que neste momento ele esta na fase de demonstrar seu potencial mais em prática e desenvolvimento de jogo do que em oratória. o Thiago está indo para seu terceiro ano e ainda pairam muitas dúvidas em relação a sua real capacidade de jogo,a sua qualidade como atleta e sua qualidade como um futuro líder para a franquia.Particularmente acredito que para atender estas expectativas ele terá que mudar da água para o vinho,pois até o momento a única característica que o destaca na Franquia e sua força de vontade e seu grau de comprometimento.
    Quanto ao Lakers,o time principal é fantástico e se aguentar de 40 a 48 minutos em quadra em todas as partidas da NBA,tem tudo para ser campeão.Pois a NBA ano passado mostrou que uma equipe 3×3 pode ser campeão dependendo da vitalidade e força,na hora de chegada da equipe.Como o Trio de Los Angeles está com uma idade mais avançada,fica a dúvida.Eu confiava neste negócio de profundidade de elenco,regularidade e união de conjunto com seu Head Coach,mas temporada passada tudo caiu por terra…o Miami foi campeão com um elenco sem profundidade,com partidas nos Playoffs bem meia-boca..caindo de produtividade no final da temporada e com uma desunião incrível em torno dos jogadores e seu Head Coach..vivendo e aprendendo..a NBA e a NFL com os Giants…dão exemplo que time certinho,bonzinho,com elenco fantástico,unido..pode ficar chupando o dedo no final da temporada.

  2. Não sei não… só eu acho esse time do Lakers melhor no papel do que na prática? Steve Nash é um gênio, tem uma capacidade formidável de fazer seus companheiros renderem mais, mas como o Kobe vai lidar com o fato de que a bola passará mais tempo nas mãos de outro cara? Pra mim os estilos de jogo dos dois não combinam.
    Outro detalhe: o quão melhor é Dwight Howard em relação a Andrew Bynum? Quando pegar um defesa de garrafão bem forte, o que o Lakers vai fazer? Bynum ataca muito melhor que Howard, cujo negócio é somente completar ponte aérea.
    De forma alguma estou dizendo que o time é ruim, não seria louco assim. Estou dizendo simplesmente que não é algo sobre-humano como estão pintando. Li comentários pela internet a fora de gente dizendo que esse time vai bater o 72-10 do Bulls, que vão fazer 16-1, 16-2 nos playoffs. Isso está longe de acontecer, ainda mais com o equilíbrio que a Liga tem esse ano.
    Continuo aostando minhas fichas no OKC como time a ser campeão esse ano, mas que não vacilem com o nosso Spurs que a gente acaba atropelando. Exceto por 2003, o Spurs não era favorito em nenhum dos títulos que ganhou. Por que não podemos repetir a surpresa?

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s