Arquivo diário: 12/06/2012

O lado simples e humilde de Stephen Jackson

Quase dez anos depois da briga em Detroit, Jackson parece outra pessoa

Famoso pelo seu comportamento explosivo e irresponsável, o ala Stephen Jackson é tido por muitos como um mau exemplo para a NBA.

De fato, o Captain Jack já deu muitos motivos para ser odiado por uns e outros: brigou com treinadores por onde passou, participou da maior briga da história da NBA e recebeu uma infinidade de faltas técnicas.

Apesar dessa fama de bad boy, Jackson, que nasceu na cidade texana de Houston, é uma pessoa simples e diferente do que muitos pensam. Em entrevista recente ao site Spurs Nation, o camisa 3 falou um pouco sobre sua personalidade fora das quatro linhas.

“Muitas pessoas confundem minha vontade de vencer com eu ser um bandido ou um gangster”, reclamou. “Estou longe disso. Sou apenas um cara que veio do nada, ficou famoso e nunca mudou”, completou.

“Eu vou continuar indo até Port Arthur (cidade pequena localizada no Texas) depois da temporada para caminhar descalço por aí, comer lagosta, churrasco e pescar. Serei a mesma pessoa e tenho orgulho de dizer isso porque muitos atletas da NBA se acham intocáveis. Eu tenho orgulho em ser um cara comum e quero que as pessoas entendam que sou assim e jamais mudarei”, finalizou.

Por essa e por outras que Stephen Jackson é o cara!

Parker afirma que Diaw pode ficar em San Antonio

Ver essa parceria novamente seria muito bom!

O ala-pivô Boris Diaw é mais um jogador que tem seu contrato vencendo ao fim desta temporada. O francês, que chegou a San Antonio no meio do ano após ser dispensado pelo Charlotte Bobcats, foi uma das gratas surpresas do Spurs ao longo dos playoffs.

O bom desempenho fez com que a franquia texana o colocasse nos planos para a próxima época. Mas por quanto? Essa é a grande dúvida, já que, depois de romper com o Bobcats, o atleta assinou com o Spurs por menos de 500 mil dólares – e é claro que ele vai querer mais dinheiro para ficar…

Apesar do impasse financeiro, Tony Parker, que é compatriota de Diaw, acredita que o ala-pivô tem chances de continuar em San Antonio.

“Obviamente ele gostaria de ficar”, afirmou. “Ele gostou daqui, mas vai depender. Há muitos caras em nosso time (com o contrato expirando), mas eu confio no julgamento da diretoria”, completou.

Perguntado sobre os planos para o futuro, Parker mais uma vez jogou a “bomba” sobre a alta cúpula texana e disse confiar no trabalho do General Manager R.C. Buford e do técnico Gregg Popovich.

“R.C. e Pop já provaram muitas vezes que podem trazer atletas desconhecidos que jogam bem”, disse. “Espero que eles consigam achar alguns jogadores para melhorar o nosso time”, pontuou.

O camisa 9 também foi perguntado sobre Tim Duncan, mas revelou que a permanência do astro ainda é uma incógnita. “Difícil dizer, mas ele foi muito bem esse ano. Espero que ele volte e tenha mais uma grande temporada”, finalizou.

Spurs observa mais um pivô de olho no Draft

Like a boss

O pivô Kyle O’Quinn se tornou o mais novo candidato a se tornar um jogador do San Antonio Spurs para a próxima temporada. De acordo com o site Pilot Online, o atleta trabalhou com a comissão técnica da franquia texana no fim de maio.

Nesta temporada – sua quarta e última no basquete universitário – O’Quinn, que pode atuar nas posições 4 e 5, jogou pelo Norfolk State Spartans e apresentou sólidas médias de 15,9 pontos (57,3% FG, 18,8% 3 PT, 69,6% FT) 10,3 rebotes e 2,6 tocos em pouco mais de 31 minutos por exibição.

Especialistas em Draft colocam Ekpe Udoh como comparação mais otimista de O’Quinn na NBA, e Josh Powell como a mais pessimista.

O jogador é esperado do meio para o fim da segunda rodada do recrutamento de calouros, e por isso é uma possibilidade viável para o Spurs, que possui apenas a 59ª escolha.

O Draft da NBA acontecerá no dia 28 de junho. Selecionar um pivô no evento parece ser prioridade para o Spurs, que também trabalhou com Andre Drummond, considerado um dos cinco melhores prospectos deste ano. O armador Scoop Jardine foi outro que passou pelo crivo da franquia texana.