Arquivo diário: 06/06/2012

Mensagem de Stephen Jackson aos torcedores do Spurs

Esse sim tem o espírito dos playoffs!

Após o treino desta quarta na Chesapeake Energy Arena, em Oklahoma City, o ala Stephen Jackson deixou uma mensagem à imprensa e aos torcedores do San Antonio Spurs.

“Nós sabemos do que somos capazes e sabemos que podemos vencer esses caras. Só temos de entrar em quadra e fazer isso. Chega de olhar vídeos, chega de falar e chega de dizer o que precisamos fazer, que precisamos de virilidade. Nós temos de entrar em quadra e jogar. Temosde entrar em quadra e vencer. Ponto final”.

Onde assinamos, Captain Jack?

Anúncios

Green reconhece má fase e aceita papel de reserva

Tá na hora de acertar de novo, Green!

Oito arremessos convertidos em 28 tentativas. Esse é o desempenho do ala-armador Danny Green ao longo da série contra o Oklahoma City Thunder, válida pela final da Conferência Oeste da NBA.

A má fase do camisa 4 veio em péssima hora – justamente quando o San Antonio Spurs mais precisa dele. Os tiros de três pontos da zona morta, que o transformaram em titular absoluto, agora fazem mais falta do que nunca, já que os texanos perdem para o Thunder por 3 a 2.

Gregg Popovich cansou de esperar pelo renascimento de Green depois do revés sofrido na quarta partida da série, disputada em Oklahoma City. No Jogo 5, em San Antonio, Manu Ginobili foi titular e atendeu às expectativas, anotando 34 pontos.

“Tentei pegar no tranco. Naturalmente, todos nós somos seres humanos. Mas o assunto agora é outro. É maior do que eu e é maior do que todos. Trata-se de nós como um todo. Tentei ajudar do lado de fora (no quinto jogo), dizer para os meus companheiros o que eu estava enxergando e torci por eles o máximo que pude”, disse o jogador.

Perguntando sobre o motivo do mau momento, Green foi sincero. “Honestamente? Nem eu sei”, explicou. “Todos – até mesmo os melhores – têm quedas. Ray Allen, um dos maiores arremessadores da história, já teve momentos ruins. Você só tem de se manter confiante” concluiu o ala-armador.

Spurs (2) @ Thunder (3) – Final da Conferência Oeste

San Antonio Spurs @ Oklahoma City Thunder – Final da Conferência Oeste

Data: 06/06/2012

Horário: 22h00 (Horário de Brasília)

Local: Chesapeake Energy Arena

Na TV: Space

Com a corda no pescoço, o San Antonio Spurs só pode pensar em um resultado no duelo de logo mais contra o Oklahoma City Thunder. Uma vitória mantém os comandados de Gregg Popovich na disputa, enquanto uma derrota coloca ponto final no sonho de conquistar o pentacampeonato nesta temporada.

Confrontos na Série (2-3)

27/05/2012 – Spurs 101 x 98 Thunder

O Spurs chegou a estar perdendo por nove pontos. Gregg Popovich pediu que um pouco mais de malícia (nasty) para seus jogadores. A equipe texana, liderada por boa defesa de Stephen Jackson, atendeu o pedido, cortou a vantagem e venceu. Manu Ginóbill deixou a quadra com 26 pontos, cinco rebotes e três assistências.

29/05/2012 – Spurs 120 x 111 Thunder

San Antonio começou muito bem, abrindo ótima vantagem sobre o seu adversário. Scott Brooks até tentou um Hack-a-Splitter, mas, no final, só acabou sobrecarregando seus jogadores com faltas. Parker e Manu garantiram a vitória para os texanos.

31/05/2012 – Spurs  82 @ 102 Thunder

O Spurs perdeu a sequência de 20 vitórias consecutivas em uma noite em que o Thunder defendeu muito bem. Thabo Sefolosha marcou inesperados 19 pontos na partida.

02/06/2012 – Spurs 103 @ 109 Thunder

Comandados por um imparável Kevin Durant, com 36 pontos, e com noite pouco inspirada do Big Three do Spurs, a equipe de Oklahoma City igualou a série e mostrou ser páreo duro para o time texano.

04/06/2012 – Spurs 103 x 108 Thunder

Atrás no placar durante boa parte da noite, o San Antonio Spurs foi bem no último período e ficou próximo do triunfo. No entanto, o Thunder soube aproveitar melhor as chances no final e “roubou” uma vitória no Texas.

San Antonio Spurs

PG – Tony Parker

SG – Manu Ginobili

SF – Kawhi Leonard

PF – Boris Diaw

C – Tim Duncan

Fique de Olho – O San Antonio Spurs precisa que Tim Duncan esteja em noite inspirada. Aos 36 anos, o camisa 21 pode ser o grande diferencial a favor dos texanos. Se for bem e conseguir dobrar Kendrick Perkins e Serge Ibaka, o Spurs tem grandes chances de levar a série ao Jogo 7.

Oklahoma City Thunder

PG – Russell Westbrook

SG – Thabo Sefolosha

SF – Kevin Durant

PF – Serge Ibaka/Nick Collison

C – Kendrick Perkins

Fique de Olho – Parece brincadeira, mas o ala-pivô Nick Collison tem dado um trabalho danado para a defesa texana. Forte e inteligente, o jogador vem sendo fundamental na tábua defensiva ao cavar faltas importantes. No ataque, o camisa 4 ainda tem marcado alguns pontinhos.