Arquivo diário: 30/05/2012

Vídeos marcantes do Jogo 2 entre Spurs e Thunder

Acho que o pessoal do Thunder ficou triste…

A segunda partida da final da Conferência Oeste entre San Antonio Spurs e Oklahoma City Thunder, que terminou com vitória por 120 a 111 para a equipe texana, teve alguns momentos marcantes.

O primeiro deles aconteceu no segundo quarto, quando Tim Duncan deu uma cravada fantástica sobre o explosivo Serge Ibaka.

No último período, Kevin Durant e companhia ameaçaram reagir, mas Manu Ginobili e Tony Parker trataram de enterrar o rival.

E a sonora bronca de Gregg Popovich em Tony Parker no final do terceiro quarto? O Spurs vencia por 20, deixou o Thunder cortar parte da vantagem e sobrou para o francês, que ouviu mundos e fundos do treinador.

Duncan ultrapassa Hakeem e se aproxima de Jabbar em tocos

NOT IN MY HOUSE!

Os quatro tocos distribuídos por Tim Duncan na segunda partida da final da Conferência Oeste o colocaram em segundo lugar na lista dos maiores bloqueadores da história dos playoffs. Agora, Timmy está a apenas três tocos de igualar o recorde de Kareeem Abdul-Jabbar, que tem 476.

Essa estatística, no entanto, começou a ser feita apenas em 1974. Jogadores lendários que se destacavam no fundamento, como Bill Russell e Wilt Chamberlain, nunca tiveram seus bloqueios contabilizados.

O próprio Kareem tem um asterisco em seu recorde, já que os tocos dados em suas quatro primeiras temporadas com o Milwaukee Bucks, quando atuou em 41 partidas de playoffs, jamais foram contados. Confira abaixo a lista completa retirada do site Spurs Nation.

1. Kareem Abdul-Jabbar – 476
2. Tim Duncan – 473
3. Hakeem Olajuwon – 472
4. Shaquille O’Neal – 459
5. David Robinson – 312
6. Robert Parish – 309
7. Patrick Ewing – 303
8. Kevin McHale – 281
9. Dikembe Mutombo – 251
10. Ben Wallace – 250

Spurs (2) vs Thunder (0) – De encher os olhos!

San Antonio Spurs120X111Oklahoma City Thunder

O San Antonio Spurs venceu o Oklahoma City Thunder por 120 a 111 na noite desta terça-feira (30), abriu 2 a 0 na final da Conferência Oeste e conquistou seu 20º triunfo consecutivo. O jogo foi bastante movimentado, mas, antes de me alongar por aqui, vamos aos destaques!

O incrível GinobilI! (Photo by Tom Pennington/Getty Images)

De encher os olhos!

Os comandados de Gregg Popovich fizeram uma partida daquelas memoráveis. Deu orgulho de ver a postura da equipe na volta do intervalo. Com um basquete envolvente, os texanos venceram a parcial por 37 a 32. No Twitter, comentaristas norte-americanos e jogadores de outros times ficaram impressionados com o que estavam vendo.

MVParker!

Bolas longas

No primeiro jogo da série, San Antonio teve dificuldades para converter bolas de três pontos. Na oportunidade, a equipe tentou 24 arremessos e acertou apenas oito. Nesta terça, o aproveitamento continuou abaixo da média, mas os jogadores pareciam mais confiantes. Eles converteram 11 tiros em 26 tentativas. Danny Green, que saiu zerado no domingo, finalmente deixou sua marca, com dez pontos (4-10) em 27 minutos.

Novato ou veterano?

Falar bem de Kawhi Leonard é chover no molhado. O camisa 2 voltou a se destacar e conseguiu um double-double (dois dígitos em dois fundamentos): 18 pontos e dez rebotes. Além do bom desempenho ofensivo, o ala vem incomodando Kevin Durant na defesa.

Falando nisso, Leonard e Stephen Jackson têm trabalhado duro para que Durant fique “deslocado” das partidas. Neste segundo duelo, por exemplo, KD, apesar dos 31 pontos, tentou apenas 17 arremessos. Para efeito comparativo, o armador Russell Westbrook arremessou 24 vezes.

Hack-a-Splitter

Quem diria: o San Antonio Spurs foi vítima do seu próprio feitiço! Acostumado a fazer faltas nos jogadores com pior aproveitamento em lances-livres para se dar bem, Gregg Popovich viu o mesmo acontecer com o pivô brasileiro Tiago Splitter. A tática do técnico Scott Brooks, no entanto, foi pouco eficaz, já que o brazuca obteve êxito em boa parte dos tiros curtos, convertendo seis em 12 tentativas.

Olha o mito aí!

MVParker e Manu Genióbili

E o que dizer de Tony Parker e Manu Ginobili? O francês teve uma noite iluminada e fez cestas de todos os tipos. O armador terminou o jogo com 34 pontos e oito assistências. O argentino, por sua vez, acertou uma bola de três importantíssima quando o Thunder tentava reagir no último quarto e saiu de quadra com 20 tentos e quatro passes certeiros.

Tim Duncan, o outro integrante do trio de ferro, foi mais discreto, mas ainda assim conseguiu bons números: 11 pontos, 12 rebotes, seis assistências e quatro tocos para o camisa #21. Nada mal, né!?

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Tony Parker – 34 pontos e oito assistências

Manu Ginobili – 20 pontos e quatro assistências

Kawhi Leonard – 18 pontos e 11 rebotes

Tim Duncan – 11 pontos, 12 rebotes, seis assistências e quatro tocos

Oklahoma City Thunder

Kevin Durant – 31 pontos, cinco rebotes e cinco assistências

James Harden – 30 pontos, sete rebotes e quatro assistências

Russell Westbrook – 27 pontos, sete rebotes e oito assistências