Arquivo diário: 27/05/2012

Peso tem sido o diferencial de Duncan na temporada

Tá fininho!

Tim Duncan vem fazendo uma de suas melhores temporadas dos últimos anos com a camisa do San Antonio Spurs. Com médias de 15,4 pontos e nove rebotes em pouco mais de 28 minutos por noite, o camisa 21 parece ter reinventado seu jogo.

Grande parte dessa melhora espontânea se deve aos nove quilos que Timmy perdeu durante as férias. Pelo menos foi o que revelou Bruce Bowen durante o programa ESPN’s Sports Center.

O ex-jogador e amigo pessoal de Duncan contou qual foi o segredo do astro. “Ele perdeu muito peso. Quando saíamos para comer, nós realmente comíamos muito. Agora, no entanto, ele está mais saudável. Nada de maionese, mostarda, essas coisas”, disse.

Segundo Bowen, isso reflete diretamente no desempenho de Duncan dentro de quadra. “Isso ajuda seus joelhos, seu corpo. Falando nisso, vale dizer que ele cuidou do corpo durante o locaute”, pontuou.

Anúncios

Meio a meio

A semana do San Antonio Silver Stars infelizmente não foi das melhores. Com apenas uma partida, que terminou em derrota, contra o Connecticut Sun, a equipe não vai repetir o recorde do ano passado de várias vitórias seguidas logo no começo da temporada. O placar final foi de 83 a 79. Vendo assim, até parece que não foi feio, mas foi.

O Stars tem uma mania – terrível para os torcedores – de consertar seus erros no final do último quarto para recuperar uma vantagem grande adquirida pelo rival. Na sexta-feira (25), o Connecticut chegou a abrir 12 pontos sobre o visitante, e, por pouco, mas por muito pouco MESMO, a vitória não foi alcançada. Um dos melhores momentos foi quando Shameka Christon arremessou para três pontos, no susto, e, além de fazer a cesta, ganhou um lance livre. Aí já era tarde demais, de qualquer maneira.

Danielle Adams, mais uma vez, foi o alicerce do San Antonio Silver Stars quando Becky Hammon e Sophia Young estavam mal. Contradizendo a todos, a garota tem futuro nessa liga!

O Connecticut Sun não é um time de se admirar, mas adotaram uma tática que os EUA usaram nas Olimpíadas de 2008: neutralizar Becky Hammon. A veterana ala-armadora não tinha espaço no jogo para formar seus ataques de costume. Ainda assim, anotou 11 pontos e oito assistencias. O destaque, porém, ficou por parte de Danielle Adams (21 pontos). No começo da partida, os únicos oito pontos a favor do Stars vieram de suas mãos.

Também quero ressaltar a presença em quadra de Shenise Johnson, que ainda está bem no início de sua carreira profissional, mas já mostra coragem e aprendizado rápido.

Com o resultado desta semana, o San Antonio está em terceiro lugar na Conferência Oeste, com campanha 1-1 (uma vitória e uma derrota).

O próximo desafio do San Antonio Silver Stars será na quarta-feira (30/05), contra o Chicago Sky, estreia da equipe no AT&T Center E (muita ênfase neste “E”) o reencontro com Ruth Riley, pivô do time até o ano passado.

Meu palpite? Vitória das texanas.

Até a próxima!

Spurs (0) vs Thunder (0) – Final da Conferência Oeste

San Antonio Spurs vs Oklahoma City Thunder – Final da Conferência Oeste

Data: 27/05/2012

Horário: 21h30 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Na TV: Space

Chegou a hora! Neste domingo, San Antonio Spurs e Oklahoma City Thunder começam a decidir o título da Conferência Oeste. A equipe texana chegou nesta fase após varrer o Utah Jazz na primeira fase dos playoffs e o Los Angeles Clippers na semifinal de conferência. O Thunder, por sua vez, venceu por 4 a 0 o Dallas Mavericks e por 4 a 1 o Los Angeles Lakers. Os dois times devem vir completos para a primeira partida.

Série na temporada (2-1)

08/01/2012 – Spurs 96 @ 108 Thunder

Jogando em casa, o Thunder contou com 21 pontos, dez rebotes e sete assistências de Kevin Durant para se tornar a primeira equipe na temporada a vencer um back-to-back-to-back. Pelo lado do Spurs, o destaque foi Gary Neal, com 18 pontos.

04/02/2012 – Spurs 107 vs 96 Thunder

A partida marcou a maior noite da carreira de Tony Parker. Além de anotar 42 pontos, recorde em sua trajetória na NBA, o armador francês distribuiu nove assistências e se tornou o maior jogador da história do Spurs no fundamento.

17/03/2012 – Spurs 114 @ 105 Thunder

Com 25 pontos de Tony Parker, o Spurs levou a melhor sobre o Thunder, que contou com bela atuação de Russell Westbrook: 36 pontos e seis assistências. Foi a única vitória de um visitante na série entre as duas equipes.

San Antonio Spurs

PG – Tony Parker

SG – Danny Green

SF – Kawhi Leonard

PF – Boris Diaw

C – Tim Duncan

Fique de Olho – Com 19,1 pontos e 7,1 assistências por partida nos playoffs, Tony Parker foi o principal nome do Spurs nas séries contra o Utah Jazz e o Los Angeles Clippers. Para o time texano vencer, é fundamental que o francês leve a melhor no duelo de armadores contra Russell Wesbtrook.

PG – Russell Westbrook

SG – Thabo Sefolosha

SF – Kevin Durant

PF – Serge Ibaka

C – Kendrick Perkins

Fique de Olho – Com 26,7 pontos e 8,1 rebotes em 40,7 minutos por exibição, Kevin Durant vem sendo um dos destaques dos playoffs da NBA nesta temporada. Um desafio e tanto para a marcação de Kawhi Leonard e Stephen Jackson!