Ajuda o Kawhi, capitão!

Todos sabemos o quanto Kawhi Leonard será importante para o San Antonio Spurs na final da Conferência Oeste contra o Oklahoma City Thunder. O ala será o principal responsável por tentar, ao menos, minar a produção ofensiva de Kevin Durant, um dos melhores pontuadores de perímetro da NBA. Mas, talvez, para obter 100% de sucesso nesta função, o novato pode precisar de um pouco de ajuda. E essa ajuda pode muito bem vir do banco de reservas e atender pelo nome de Stephen Jackson.

Esta cena será comum a partir de domingo

Nas finais do Oeste do ano passado, o Dallas Mavericks deu uma aula de como defender o Thunder. Uma boa estratégia é tentar limitar Durant o máximo possível para que a equipe dependa mais de Russell Westbrook, que, apesar de cada vez mais maduro, tende a cometer muitos erros quando pressionado. E o mais indicado para marcar o ala adversário é Leonard, o melhor defensor de perímetro da equipe texana – até por isso, o novato foi eleito uma das peças-chave da final na prévia feita pela equipe do Spurs Brasil.

A questão é que Durant tem jogado quase 41 minutos por noite nos playoffs. Leonard, por sua vez, tem ficado em quadra apenas por 24,4. E o ideal é que sempre haja alguém descansado, com fôlego para minar o astro adversário com total intensidade a cada posse de bola. E, no banco texano, o Capitão Jackson me parece ser o homem ideal para o papel.

Na temporada regular, o Spurs encontrou sucesso na execução da estratégia que descrevi acima. Antes dos playoffs, Durant apresentou médias de 28 pontos por jogo, acertando 49,6% dos arremessos que tentou. Nas três partidas contra o time texano, no entanto, esses números caíram para 22,7 pontos por exibição, com 46,8% nos tiros de quadra.

Leonard foi, em grande parte, responsável pelo sucesso defensivo sobre Durant. Usando estatísticas avançadas, o astro do Thunder anotou 20,2 pontos a cada 36 minutos, acertando 57% dos arremessos, enquanto o novato estava no banco. Com o jovem ala do Spurs em quadra, o número de pontos sobe para 23,7, mas o aproveitamento nos tiros de quadra cai drasticamente para 43%.

Jackson, por sua vez, chegou ao Spurs no dia 15 de março. Com isso, o ala enfrentou o Thunder apenas pelo Mikwaukee Bucks nesta temporada. E os números do capitão foram o exato contrário dos de Leonard: com ele no banco, Durant fez 36 pontos a cada 36 minutos, acertando 40% dos arremessos. Com o veterano em quadra, o astro do Thunder anotou “apenas” 25,3 pontos a cada 36 minutos, mas o aproveitamento subiu para 58%.

A partir de domingo, esses números serão colocados à prova quando Leonard e Jackson colarem em Durant. Como visto acima, os dois ainda precisam melhorar a marcação em alguns pontos. Se conseguirem se superar na defesa do astro rival, o Spurs estará mais perto da final da NBA.

Anúncios

Sobre Lucas Pastore

Um dos fundadores do Spurs Brasil, seu maior orgulho na carreira jornalística. Formado em Jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie em 2010, é redator do UOL. Cobriu o basquete olímpico na Olimpíada de 2016 pelo LANCE!. Trabalhou também para Basketeria e mob36.

Publicado em 26/05/2012, em Na linha dos 3 e marcado como , . Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. Esperemos que o capitão tenha lido este post!!!

  1. Pingback: Spurs (0) vs Thunder (0) – Final da Conferência Oeste | Spurs Brasil

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s