Arquivo diário: 21/05/2012

De Colo deverá assinar com o Real Madrid, diz site

Francês foi um dos destaques do Valência na última temporada

De acordo com o site espanhol Blog de Basket, o armador Nando de Colo, do Valência, deverá assinar com o Real Madrid para a próxima temporada.

O jogador francês, draftado pelo San Antonio Spurs em 2009, vinha sendo especulado nos corredores do Texas, mas parece que ficará por pelo menos mais um ano na Europa.

De Colo tem vínculo vigente com o Valência até o final de junho. Até lá, tudo pode acontecer, mas o site assegura que o atleta já até teria um pré-contrato assinado com o time da capital espanhola.

Na última temporada, De Colo registrou médias de 13,1 pontos, 3,1 rebotes e 2,9 assistências em quase 27 minutos por noite. Ele é presença certa nos Jogos Olímpicos de Londres, onde atuará ao lado de Boris Diaw e Tony Parker pelo selecionado francês.

Bom momento do Spurs encanta Magic Johnson

Sabe tudo, Magic!

O San Antonio Spurs vive uma fase iluminada. Sem perder desde o dia 11 de abril e com 18 vitórias consecutivas na bagagem, a equipe vem encantando a todos ao redor da NBA.

Após o Jogo 3 entre Spurs e Clippers, quando os comandados de Gregg Popovich cortaram uma vantagem de 24 pontos e ganharam a partida com folga, o ex-jogador do Los Angeles Lakers e atual comentarista da ESPN norte-americana, Magic Johnson, teceu alguns comentários entusiasmados sobre os texanos.

“Muitas vezes nós promovemos a individualidade, mas aí vemos algo que é realmente único e especial. Trata-se de um time, um time que joga coletivamente”, disse ele.

“Eu vi essa equipe derrotar o Clippers fazendo o básico, apenas o fundamental, e foi muito bonito de assistir”, pontuou Magic Johnson.

O ex-astro ainda foi mais além e comparou o Spurs de hoje aos grandes times do passado. “Sabe, isso tudo me lembra a minha época, a maneira que jogávamos contra o Celtics, contra o Bulls do Michael (Jordan). É um basquete inteligente e grandioso. Você precisa ver esses caras, porque é algo muito bonito de se ver. Estou impressionado”, finalizou.

Spurs (4) @ Clippers (0) – …que eu vou VARRENDO!

https://i0.wp.com/l.yimg.com/a/i/us/sp/v/nba/teams/20080123/80x60/sas.gif102×99

O San Antonio Spurs venceu a quarta partida seguida contra o Los Angeles Clippers, confirmando a varrida e garantindo sua vaga nas finais da Conferência Oeste da NBA. Na noite deste domingo (20),  os comandados de Greg Popovich fizeram um jogo acirradíssimo contra o adversário californiano, que só foi decidido nos segundos finais do último quarto. Após seu 18º triunfo seguido, o Spurs aguarda o seu adversário na decisão entre Oklahoma City Thunder (3) e Los Angeles Lakers (1).

Duncan decretou o fim da série!|Foto: NBA

Duncan decretou o fim da série! | Foto: NBA

Tony #9 e Tim #21

O armador francês Tony Parker foi decisivo para o Spurs. Restando 2:16 para o fim do jogo, TP fez o ponto que colocou o Spurs na frente. E, após um arremesso perdido por Chris Paul, Tony marcou mais uma cesta, faltando 1:46 no relógio, deixando San Antonio confortável no placar. O último ponto do time também saiu das mãos de Parker, em um lance livre com apenas 1,7 segundo no relógio.

Duncan fez outra partida incrível. Foram 21 pontos e nove rebotes para o ala-pivô. Timmy também fez um ótimo trabalho defensivo, inclusive aplicando três tocos.

Negado! | Foto:The Associated Press

Negado! | Foto:The Associated Press

Jogo Coletivo

Seis jogadores do Spurs marcaram dez ou mais pontos. Os outros cinco que entraram em quadra também pontuaram. Completam o elenco James Anderson, DeJuan Blair e Patrick Mills, que sequer chegaram a atuar. PS: Impressionante como DeJuan Blair perde espaço no decorrer da temporada regular até os playoffs.

O time reserva, grande força da franquia texana, pontuou muito bem  mais uma vez. Destaque para Manu Ginobili, Tiago Splitter e Gary Neal que, juntos, fizeram 36 pontos.

Hack-a-Evans

Restando 4:15 no último quarto, Popovich ordenou que o Spurs intencionalmente fizesse falta em Reggie Evans. Bonner obedeceu e Evans perdeu os dois lances. Na jogada seguinte, Green fez uma bola de três e empatou o jogo após um bom período em desvantagem.

Acirrado

O Jogo 4 foi disputado até os segundos finais. O Clippers se esforçou muito, mais do que em qualquer outro duelo da série. No terceiro e último quartos, nenhum dos dois times conseguiu ficar com a liderança por muito tempo. O Spurs passou à frente faltando 2:16 para o fim do jogo, mas só conseguiu garantir a dianteira nos segundos finais.

Final

Como disse Popovich na coletiva pós-jogo, o Spurs se tornou um time extremamente consistente no ataque e bastante pontual na defesa. Ele não defende bem como em anos anteriores, mas nos momentos importantes, sabe se impor e parar a equipe adversária. Foi o que aconteceu na noite de domingo – o Spurs chegou nos minutos finais e soube pontuar e defender bem.

No fim da partida, ao ser entrevistado, Tim Duncan ressaltou a importância desse time passar por um jogo apertado. Claro que não para ele, Tony ou Manu, atletas que já vivenciaram centenas de partidas desse tipo. O embate acirrado e definido no minuto final foi importante para os mais jovens. Danny Green, Kawhi Leonard, Tiago Splitter e Gary Neal precisam desse experiência, pois as finais estão aí!

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Tim Duncan – 21 pontos, nove rebotes e quatro assistências

Tony Parker – 17 pontos e cinco assistências

Danny Green – 14 pontos e seis rebotes

Garry Neal- 14 pontos e três assistências

Tiago Splitter – 11 pontos e sete rebotes

Manu Ginobili – 11 pontos e quatro assistências

Los Angeles Clippers

Chris Paul – 23 pontos e 11 assistências

Blake Griffin – 21 pontos e cinco rebotes

Eric Bledsoe – 17 pontos e quatro rebotes

DeAndre Jordan- Dez pontos e oito rebotes