Quem fica e quem vai

Falta menos de uma semana para a estreia do San Antonio Silver Stars na temporada de 2012 da WNBA. O time entrará em quadra no segundo dia do campeonato, como a maioria das equipes, já que na sexta-feira (19) apenas o Seattle Storm e o Los Angeles Sparks, como de costume, vestirão o uniforme.

Até lá, a equipe texana segue em fase de treino. Foram dois amistosos, malsucedidos, contra o Indiana Fever, que deram uma ideia do que o Stars precisa para essa temporada. Enquanto Dan Hughes ainda não decide quem vai para o olho da rua e quem luta pela honra, dou meus pitacos, começando pelas jogadoras que foram contratadas esse ano ou escolhidas no Draft.

Shenise Johnson (Universidade de Miami), via draft: Até o momento, foi o melhor reforço do Stars. A ala-armadora sabe pontuar, qualidade altamente necessária no esquadrão. Ao lado de Danielle Adams, tem sido a que mais marcou na pré-temporada.

Shenise Johnson, promessa do San Antonio Silver Stars para a temporada

Ziomara Morrison (Chile), via contrato: A pivô sul-americana supre aquilo que o San Antonio não encontra em Jayne Appel como pivô. Ela é rápida, habilidosa e pontua. Ou seja, sabe o que fazer e possui visão de jogo.

Shameka Christon, via contrato: Certamente foi uma boa jogada de Dan Hughes. É experiente e vai ser uma força ao lado de Sophia Young. A ala aparece como excelente alternativa para tirar um pouco do peso das costas da número 33.

Kalisha Keane (Michigan State University), via contrato: Esteve ausente nos jogos da pré-temporada. De jogadora que serve para esquentar banco, Jayne Appel já serve o bastante.

Cierra Bravard (Universidade da Florida), via contrato: Apesar de ter sido um dos nomes mais fortes de seu time universitário, não teve espaço nos treinos. Com Ziomara Morrison em destaque e com a veterana Tangela Smith, a vaga de pivô não tem muita abertura para novatas.

Tangela Smith, via troca: Uma pivô experiente vem muito bem. Smith já ganhou um título com o Phoenix Mercury e jogou com o Indiana Fever no ano passado. Está longe de ser a melhor no mercado, mas, com a ausência de Ruth Riley, dará uma bela ajuda.

Loree Moore, via contrato: Acabou de voltar da lesão do ano passado e foi fraca na pré-temporada. Faltou mostrar alguma coisa melhor para fazer parte da equipe.

Sendo assim, queridos e queridas, isso é o que eu imagino para o San Antonio Silver Stars em 2012:

Tully Bevilaqua
Becky Hammon
Sophia Young
Danielle Adams
Danielle Robinson
Jia Perkins
Shenise Johnson
Ziomara Morrison
Shameka Christon
Tangela Smith
Jayne Appel

Um dos amistosos contra o Indiana Fever

Preciso expressar meu sincero desgosto em acrescentar Appel à lista. É um verdadeiro “encaixe”, já que serão onze jogadoras a compor o time, e Bravard não foi testada o suficiente para garantir seu lugar.

A hora chegou! Depois de meses, a atividade retorna na WNBA e no próximo domingo já terei notícias de partidas oficiais da temporada. No sábado, às 21h, o San Antonio Silver Stars enfrenta o Tulsa Shock, fora de casa, em busca de seu primeiro anel de campeão. Em ano olímpico, essa será uma missão difícil, quase impossível com as melhorias que outras grandes franquias fizeram, principalmente com o salto dado pelo Minnesota Lynx, mas será divertido assistir a esses desafios sendo vencidos pelas estrelas prateadas.

Até o próximo domingo!

Publicado em 13/05/2012, em San Antonio Silver Stars, Vestiário Feminino e marcado como , . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s