Arquivo diário: 07/05/2012

Recuperado, Splitter vive sua melhor fase em San Antonio

Cada vez melhor!

Quando Tiago Splitter caiu de mau jeito no Jogo 1 entre San Antonio Spurs e Utah Jazz, o brasileiro achou que aquela era sua última partida nos playoffs. Tiago ainda tentou permanecer em quadra, mas a entorse no punho esquerdo em decorrência da queda falou mais alto e ele teve de ser encaminhado aos vestiários.

“Achei que aquele seria o final da temporada para mim”, disse o brazuca, em entrevista à mídia texana.

No dia seguinte, o pivô passou por uma ressonância magnética, que felizmente detectou um machucado simples no pulso. Mesmo assim, Splitter ficou de fora do Jogo 2. Na oportunidade, o técnico Gregg Popovich disse que era melhor descansar alguns dias a mais do que sofrer uma nova pancada e voltar à estaca zero.

Coach Pop estava certo, já que o brasileiro voltou muito bem – e sem dores – para o Jogo 3, anotando dez pontos e oito rebotes em pouco mais de 18 minutos. A importância do camisa 22 foi tanta que ele ficou em quadra durante grande parte do último período.

“Ele foi ótimo”, disse Tim Duncan após o duelo. “Tiago trabalhou duro e finalizou algumas jogadas embaixo da cesta. Ele é um carregador de piano e sempre encontra um jeito de marcar seus pontos”, completou o líder da equipe.

Splitter também foi elogiado pelo inimigo. Tyrone Corbin, técnico do Utah Jazz, teceu seus comentários sobre o brazuca. “Splitter é inteligente”, analisou. “Ele é grande e sabe se valer de seu tamanho. É mais um gigante no time deles”, completou.

Nesta segunda-feira (7), Spurs e Jazz voltam a medir forças. Ficamos na torcida para que o nosso camisa 22 seja aprovado mais uma vez na escolinha do professor Popovich. Na terceira partida da série, o Coach Pop foi taxativo quando perguntado sobre o ótimo desempenho de Tiago Splitter:

“Grandioso”, definiu o treinador na oportunidade.

Spurs (3) @ Jazz (0) – Primeira rodada dos playoffs

San Antonio Spurs @ Utah Jazz – Primeira rodada dos playoffs

Data: 07/05/2012

Horário: 21h00 (Horário de Brasília)

Local: EnergySolutions Arena

O San Antonio Spurs joga em busca de sua quarta vitória, a famosa varrida, na série contra o Utah Jazz. Atuando em casa, a equipe de Salt Lake City tenta uma reviravolta heroica, ou ao menos evitar um vexame.

Confrontos na Série (3-0)

29/04/2012 – San Antonio Spurs 106 vs 91 Utah Jazz

Os texanos comandaram o jogo todo e, sem sustos, garantiram a primeira vitória. O francês Tony Parker foi o cestinha da noite, com 28 pontos.

02/05/2012 – San Antonio Spurs 114 vs 83 Utah Jazz

O Spurs defendeu muito bem e atacou melhor ainda, sem dar chances para o Jazz. O placar começou a ser construído no primeiro quarto e, com grande vantagem, o time texano foi muito superior. Tony Parker marcou 18 pontos e distribuiu nove assistências.

05/05/2012 – San Antonio Spurs 102 @ 90 Utah Jazz

No primeiro combate fora de casa, o Spurs encontrou algumas dificuldades, mas nada que evitasse mais um triunfo texano. Tony Parker, de novo ele, foi o destaque da partida com 27 pontos e seis assistências.

San Antonio Spurs

PG – Tony Parker

SG – Danny Green

SF – Kawhi Leonard

PF – Boris Diaw

C – Tim Duncan

Fique de Olho – Dificilmente alguém tem jogado mais que o francês nos playoffs. Mesmo bem marcado, conforme prometido por Devin Harris, ele tem liderado a equipe com impressionantes médias de 24,3 pontos e 7,7 assistências na pós-temporada.

PG – Devin Harris

SG – Josh Howard

SF – Gordon Hayward

PF – Paul Millsap

C – Al Jefferson

Fique de Olho – Gordon Hayward é um grande jogador que cresceu bastante nas últimas partidas da temporada regular que classificaram o Jazz. Nos playoffs, porém, tem decepcionado: médias bem razoáveis de 9,7 pontos por jogo e um aproveitamento pífio de 23% nos arremessos de quadra. Será que ele está guardando o melhor pro final?

Para Shaquille O’Neal, Spurs fará a final da NBA

Para Shaq, Pop e Duncan (foto) ainda fazem a diferença

Shaquille O’Neal abandonou as quadras e virou comentarista de TV nos Estados Unidos. Sempre cheio de brincadeiras, é difícil levar a sério o que ele fala, mas convenhamos que o cara entende de basquete.

Quando perguntado recentemente sobre os prováveis finalistas da NBA, Shaq foi curto e grosso. “Como muitas pessoas, acredito no Miami Heat e no San Antonio Spurs”, disse o gigante.

“No Oeste, acho que o título fica entre Spurs e Lakers. Los Angeles é o único time que pode desbancar os texanos”, completou o ex-pivô.

O’Neal, que no meio da temporada regular “previu” que o Spurs ganharia seu quinto título, descartou o badalado Oklahoma City Thunder por dois motivos.

“OKC tem grandes jogadores, mas San Antonio conhece o caminho das pedras. Eles têm o maior líder do mundo (Gregg Popovich) e Tim Duncan, que, do jeito que está jogando agora, ainda tem mais dois anos em alto nível”, analisou.