Arquivo diário: 27/04/2012

10 melhores jogadas do Spurs na temporada

O veterano Duncan protagonizou boa parte das jogadas

É pessoal, a temporada regular acabou!

Em 66 jogos disputados durante a temporada regular, o San Antonio Spurs venceu 50 e perdeu apenas 16. Em meio a tantos triunfos e pontos feitos, tivemos a oportunidade de observar belas enterradas, assistências, tocos e roubos de bola. O site oficial da NBA preparou uma lista com as dez melhores jogadas da nossa equipe durante o ano. Quer ver o resultado? Clique aqui para acompanhar!

Anúncios

Sucessor de Popovich fala sobre “gostinho” de dirigir o Spurs

Futuro promissor...

Mike Budenholzer trabalha no San Antonio Spurs desde 1994. Em quase 20 anos, o atual assistente técnico de Gregg Popovich já participou de grandes momentos com a equipe e conhece como poucos a franquia texana.

Nas últimas partidas desta temporada regular, Budenholzer, que é considerado por muitos o sucessor de Popovich, teve o “gostinho” de dirigir a equipe. Isso porque o Coach Pop resolveu tirar uma folguinha e ficou em San Antonio durante os embates contra Phoenix Suns e Golden State Warriors.

Foi a primeira vez na carreira que Budenholzer assumiu o time de forma oficial. O Coach Bud, como é chamado pelos atletas, só havia comandado a equipe em casos excepcionais, como quando Gregg Popovich é expulso, por exemplo. Após o triunfo fora de casa, o treinador interino teve que encarar a imprensa – o que nunca acontece com um assistente após os jogos. “Acho que nunca falei tanto”, brincou Bud durante a coletiva.

Também durante a entrevista aos jornalistas, Danny Green se dirigiu ao “novo” técnico e elogiou seu estilo. “Bud é um pouco mais tranquilo (que Popovich), mais maleável”, disse o jogador. “Ele gosta de arriscar, de tentar coisas novas, de pedir para fazermos jogadas diferentes daquelas que fazemos a todo o momento”, pontuou.

E mais…

Confira o calendário da série entre Spurs e Jazz

Jogo 1 – Domingo, 29/4 às 14h00 (San Antonio)
Jogo 2 – Quarta-feira, 2/5 às 20h00 (San Antonio)
Jogo 3 – Sábado, 5/5 às 23h00 (Utah)
Jogo 4 – Segunda-feira, 7/5 (Utah) – Partida sem horário definido
Jogo 5 – Quarta-feira, 9/5 (San Antonio) – Se necessário
Jogo 6 – Sexta-feira, 11/5 (Utah) – Se necessário
Jogo 7 – Domingo, 13/5 (San Antonio) – Se necessário

Spurs (50-16) @ Warriors (23-43) – Final tranquilo

https://i1.wp.com/l.yimg.com/a/i/us/sp/v/nba/teams/20080123/80x60/sas.gif107×101

O San Antonio Spurs conseguiu sua décima vitória consecutiva na noite desta quinta-feira (26) e terminou a temporada regular com 50 triunfos. O time texano viajou até Oakland para encarar o Golden State Warriors. Com muitos jogadores poupados, a vitória não veio com facilidade, mas o time chegou bem no último quarto e decidiu a partida. A primeira parada da pós-temporada é contra o Utah Jazz, no domingo.

DeJuan Blair foi um dos jogadores que levaram o Spurs a vitória |The Associated Press

DeJuan Blair foi um dos jogadores que levaram o Spurs a vitória |The Associated Press

Cinquenta

Pela 13ª vez consecutiva, o Spurs chega a marca de 50 vitórias na temporada regular. O mais impressionante dessa marca é que San Antonio jogou apenas 66 vezes neste campeonato, encurtado devido ao locaute.

Noite de descanso

Tony Parker, Tim Duncan e Manu Ginonili ganharam mais uma noite de descanso e, pela segunda noite seguida, o time texano entrou em quadra sem seu big three.

Patty Mills

Mills foi, mais uma vez, o melhor jogador em quadra | The Associated Press

O armador australiano Patrick Mills soube aproveitar a titularidade no time texano. Em 42 minutos, Patty marcou 34 pontos, distribuiu 12 assistências e coletou cinco rebotes. Pela segunda noite consecutiva, Mills bateu seu recorde de pontos na NBA – além de conquistar seu primeiro double-double da carreira.

Splitter e o banco

Tiago Splitter e Danny Green, peças importantes no elenco, também descansaram no encerramento da temporada regular. Os dois jogaram menos de oito minutos.

Kahwi Leonard e Stephen Jackson, por sua vez, nem chegaram a entrar. Gary Neal, que se recupera de lesão no ombro, também foi uma das ausências.

Hora de experimentar

Com o primeiro lugar da Conferência Oeste garantido e a liderança geral da NBA nas mãos do Chicago, a vitória era o que menos importava. James Anderson, com 19 pontos, e DeJuan Blair, com 22, foram importantíssimos para o triunfo. Mas, mais do que vencer, foi também uma chance de dar experiência a Cory Joseph e Derrick Byars, que receberam algum tempo de quadra.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Patty Mills – 34 pontos e 12 assistências

DeJuan Blair – 22 pontos e 13 rebotes

James Anderson – 19 pontos e sete rebotes

Golden State Warriors

 Chris Wright – 25 pontos e oito rebotes

Klay Thompson – 17 pontos e seis assistências

Charles Jenkins – 16 pontos e sete assistências