Arquivo diário: 23/04/2012

Primeira rodada dos playoffs chegando

koba

Com a vitória em cima do Cleveland Cavaliers, conquistada no último domingo (22), e a derrota do Oklacoma City Thunder sobre o Los Angeles Lakers, o San Antonio Spurs está a apenas uma vitória de garantir o primeiro lugar da Conferência Oeste. Note que temos o desempate a nosso favor, por termos vencido dois dos três embates na temporada regular. Com a baixa do Houston Rockets, já eliminado, apenas Phoenix Suns e Utah Jazz disputam a última vaga para os playoffs. Confira os possíveis adversários do time texano na primeira rodada:

+4
+15
-5
Média: 4,66 pontos
+22
-1
-7
+17
Média: 7,75 pontos
+15
+4
+10
-7
Média: 5,5 pontos

25/04/2012 – Spurs @ Suns (a jogar)

+11
+7
+14
Média: 10,66 pontos

Quem vocês preferem, caros leitores?

Para Popovich, Leonard é mais talentoso que Bowen

A cada dia que passa Leonard ganha mais espaço em San Antonio

Kawhi Leonard mal completou uma temporada em San Antonio e já é o queridinho de todos. Após a partida contra o Cleveland Cavaliers, no domingo (22), o técnico Gregg Popovich falou ao jornal USA Today sobre o bom momento do seu pupilo.

“Kawhi é capaz de marcar o jogador de perímetro mais difícil; ele tem uma grande envergadura e sabe usar seu corpo para se inclinar e defender”, analisou o treinador, antes de comparar o camisa 2 a um dos ídolos da história recente do San Antonio Spurs: Bruce Bowen.

“Falando em habilidade, ele é mais talentoso do que o Bruce (Bowen)”, disse Popovich. “Assim que nós lhe demos oportunidade, ele passou a treinar seu arremesso, sobretudo o tiro de três pontos”, completou.

“Chip Engeland (assistente técnico do Spurs) tem passado muito tempo com Leonard e ele vem ganhando cada vez mais confiança. Ainda está longe de ser um Chris Mullin, claro, mas o deixamos livre para tentar seus arremessos”, pontuou o treinador.

Nesta temporada, o novato da Universidade de San Diego tem médias de oito pontos, 5,2 rebotes e 1,3 roubo de bola em pouco mais de 24 minutos por partida.

Spurs (47-16) @ Blazers (28-36) – Temporada Regular

San Antonio Spurs (47-16) @ Portland TrailBlazers (28-36) – Temporada Regular

Data: 23/04/2012

Horário: 21h30 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Líder absoluto do Oeste, o San Antonio Spurs enfrenta o Portland TrailBlazers, que, já eliminado, está cheio de desfalques, em uma tentativa, talvez, de conseguir uma melhor escolha no próximo Draft. Uma vitória pode garantir o primeiro lugar da conferência à equipe de San Antonio, já que o Oklahoma City Thunder foi derrotado pelo Los Angeles Lakers no último domingo.

Confrontos da temporada (1-1)

13/01/2012 – San Antonio Spurs 99 vs 83 Portland Trail Blazers

Tony Parker (20 pontos e nove assistências) e Tiago Splitter (14 pontos e quatro rebotes) comandaram o excelente segundo tempo do Spurs e a vitória por 99 a 83. Pelo lado do Blazers, LaMarcus Aldridge, sempre ele, foi o destaque com 29 tentos.

21/02/2012 – San Antonio Spurs 97 @ 137 Portland Trail Blazers

Pela penúltima partida da Rodeo Trip, o Spurs foi derrotado pelo Portland encerrando uma sequência de 11 vitórias consecutivas. Na ocasião, Tony Parker e Tim Duncan foram poupados, e Kawhi Leonard e LaMarcus Aldridge, com 24 e 21 pontos, respectivamente, lideraram suas equipes em pontos marcados.

San Antonio Spurs

PG – Tony Parker

SG – Danny Green

SF – Kawhi Leonard

PF – DeJuan Blair

C – Tim Duncan

Fique de Olho – Na última partida contra o Cleveland Cavaliers, no dia do seu aniversário, Blair teve uma excelente atuação, com 15 pontos e sete rebotes. O pivô precisa lutar pelo seu espaço, já que está ameaçado a ter seus minutos reduzidos nos playoffs, onde sua equipe enfrentará times com garrafões fortes.

Portland Trail Blazers

PG – Nolan Smith

SG – Wesley Matheus

SF – Luke Babbit

PF – J.J. Hickson

C – Hashem Thabeet

Fique de Olho – O jovem J.J. Hickson não fazia boa temporada pelo Sacramento Kings até ser trocado para o Portland. Com a ausência do titular LaMarcus Aldridge, Hickson aproveitou as últimas partidas para mostrar que tem valor. Ele tem médias de 20,3 pontos nas últimas três noites.

Spurs (47-16) vs Cavaliers (22-41) – Sétima vitória seguida

https://i0.wp.com/l.yimg.com/a/i/us/sp/v/nba/teams/20080123/80x60/sas.gif114×98

Na noite deste domingo (22), no AT&T Center, o San Antonio Spurs recebeu o Cleveland Cavaliers e conseguiu sua sétima vitória seguida. Um triunfo na segunda-feira contra o Portland pode assegurar o topo da Conferência Oeste ao time texano.

Leonard foi quem mais ficou em quadra | The Associated Press

Descanso

Com a vaga garantida e um rival mais fraco pela frente, o técnico Gregg Popovich resolveu poupar pela sexta vez na temporada o astro veterano Tim Duncan.  No seu lugar, Boris Diaw começou jogando. Com o jogo fácil, Tony Parker e Manu Ginobili só atuaram por 22 minutos, tempo suficiente para marcarem seis e 20 pontos, respectivamente. O francês ainda distribuiu nove assistências.

Todos jogam

Tim e Tony descansando na partida de hoje | The Associated Press

No time texano, dos 12 jogadores que entraram em quadra, 11 pontuaram, tendo cinco deles feito mais que dez pontos. O único que saiu zerado foi Matt Bonner, que errou seus quatro arremessos de quadra em 18 minutos. Kawhi Leonard foi quem mais ficou em quadra: 31 minutos. Quem menos participou, por outro lado, foi James Anderson. Em apenas sete minutos, o jovem marcou três pontos.

Falta flagrante

Danny Green sofreu uma falta flagrande de Manny Harris e chegou a ser atendido pelo médico da equipe por vários minutos. Green foi atingido no olho quando ia para a bandeja. O jovem perdeu o fim do segundo quarto, mas ainda conseguiu voltar após o intervalo.

Vitória assegurada

O Spurs vencia por apenas 52 a 44 ao fim do primeiro tempo.  No entanto, foi no terceiro quarto que o time abriu uma boa vantagem. No fim, o Cleveland conseguiu se aproximar no placar, cortando a diferença para 91 x 81. Mas 11 pontos seguidos do Spurs tiraram qualquer esperança de vitória do time visitante.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Manu Ginobili – 20 pontos, três assistências e três rebotes

Stephen Jackson – 17 pontos e cinco rebotes

DeJuan Blair – 15 pontos e sete rebotes

Danny Green – 14 pontos

Kawhi Leonard – 11 pontos e sete rebotes

Cleveland Cavaliers

Antawn Jamison – 21 pontos e três assistências

Kyrie Irving – 19 pontos e três assistências

Mannys Harris – 14 pontos e quatro rebotes

Alonzo Gee – Dez pontos e cinco rebotes