De alma lavada, Parker e Manu falam sobre massacre em LA

TP entortou a defesa angelina e foi o rei da noite (Photo by Harry How/Getty Images)

A derrota do San Antonio Spurs para o Los Angeles Lakers no primeiro encontro entre as equipes nesta temporada ficou entalada na garganta dos texanos. Quem ficou mais chateado com o revés foi Tony Parker, que anotou apenas quatro pontos na oportunidade e saiu de quadra decepcionado.

Mas nada como um dia após o outro para lavar a alma. Na noite de terça-feira (17), Spurs e Lakers voltaram a medir forças, dessa vez no Staples Center, em Los Angeles. Quem esperava um jogo mais parelho, no entanto, se frustrou, porque o time visitante dominou a partida e venceu por 112 a 91.

“Estávamos muito motivados e infelizes com o revés sofrido na nossa casa. Queríamos dar o troco”, disse Parker, após o duelo. O francês, inclusive, foi o grande destaque da noite, com 29 pontos e 13 assistências. “Fiz uma das minhas piores partidas da carreira (na última semana), por isso vim para esse embate motivado e com força para ajudar meus companheiros”, completou.

Quem também falou sobre o assunto foi o argentino Manu Ginobili. Segundo o camisa 20, o Spurs tinha o dever de complicar a vida do rival. “Precisávamos mostrar que somos melhores do que aquilo”, explicou. “Tínhamos a necessidade de jogar melhor”, pontuou. Manu foi outro que se destacou no jogo. O ala-armador marcou 15 pontos, pegou seis rebotes e distribuiu quatro assistências.

Anúncios

Sobre Bruno Pongas

Acompanha o San Antonio Spurs desde 1998, já escreveu para o Spurs Brasil de 2008 a 2012, criou o Destino Riverwalk e agora volta à velha casa para dar seus pitacos sobre o San Antonio Spurs.

Publicado em 18/04/2012, em Notícias e marcado como , . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. André "Awesome" Gomes

    Me desculpem, mas para mim foi tempestade em copo d’água. Sei que foi uma derrota que não esperávamos, ainda mais do jeito como foi. Mas também não era motivo para se iniciar uma crise.

    Há dias que não se está bem mesmo. E não adianta ter o talento se o dia não é para ser seu. Assim como também não era para ser o dia do Lakers, e nem por isso tem que se instalar uma crise após essa derrota para o Spurs.

    Claro que não estou querendo “tapar” os olhos para os problemas do garrafão, mas mesmo assim não justifica um desespero a toa.

    Até que eu entendo, coisa de torcedor, mas… enfim. Finalmente Splitter começou, mas não rendeu assim o esperado, indo muito mal nos lances livres. Em compensação, Ginóbili e Parker foram ótimos. Principalmente este último. Como joga este tal de Tony Parker hein?! :D

    Espero hoje a terceira vitória consecutiva. E tomará que o Splitter seja mantido no quinteto. Nem que seja para jogar ao lado do Blair como titular.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s