Parker exalta invencibilidade do Spurs após chegada de Diaw

Velhos amigos...

Boris Diaw fez sua primeira partida como titular do San Antonio Spurs no domingo (8), na vitória por 114 a 104 sobre o Utah Jazz. O titular DeJuan Blair foi poupado por Gregg Popovich, assim como o veterano ala Stephen Jackson.

Segundo o técnico Gregg Popovich, Diaw foi colocado em quadra por mais tempo para se ambientar ao novo esquema de jogo. “Queremos que ele jogue mais minutos para se acostumar ao nosso sistema”, afirmou o treinador, após o triunfo de domingo.

Quem parece ter ficado feliz com a mudança é Tony Parker. Companheiros no selecionado francês, Diaw e Parker se conhecem há muito tempo e dividem uma grande amizade. “Achei muito legal quando disseram que o Boris estaria entre os titulares; foi como um sonho”, disse o camisa 9. “Crescemos juntos sonhando em chegar à NBA. Nunca pensei que um dia dividiríamos a titularidade no San Antonio Spurs – o melhor time da liga. É um sentimento muito bacana e, desde que ele chegou, estamos invictos”, lembrou o jogador.

Em 24 minutos em quadra, Boris Diaw fez uma boa partida e mostrou que pode ser muito útil defensivamente. Ele marcou nove pontos e mostrou o talento de sempre passando a bola debaixo da cesta. A má notícia é que ele cometeu seis faltas e teve que ir para o chuveiro mais cedo, impedindo o Spurs de se tornar o primeiro time da história da NBA a passar uma temporada inteira sem ter nenhum jogador eliminado por faltas.

Anúncios

Sobre Bruno Pongas

Acompanha o San Antonio Spurs desde 1998, já escreveu para o Spurs Brasil de 2008 a 2012, criou o Destino Riverwalk e agora volta à velha casa para dar seus pitacos sobre o San Antonio Spurs.

Publicado em 09/04/2012, em Notícias e marcado como , . Adicione o link aos favoritos. 6 Comentários.

  1. Que loucura foi essa hoje de Pop? Perdemos a liderança porque ele não colocou os titulares nem por 5 minutos em quadra!

    • Bruno Pongas

      Na verdade o Pop resolveu poupá-los Amaury. A essa altura do campeonato ele está mais preocupado em chegar saudável aos playoffs do que com o primeiro lugar no Oeste. Basta ver como foi no ano passado, quando brigamos até o final pelo topo do Oeste, aí o Ginobili se machucou e perdemos para o Grizzlies.

      • Não seria por causa de 5 minutinhos em quadra, que eles mal iriam suar a camisa, que eles iriam deixar de ficar “poupados”

  2. Francisco Neto

    Pow mas o mormons compraram os árbitros do jogo. Incrível a quantidade de falta ridícula que o Jazz conseguiu. E a path call que deram quando o Mills perdeu a bola ? Simplesmente ridículo. 33FTs dos caras contra 10 FTs nossos. Tiago Splitter tava sendo detonado no garrafão e não davam uma falta sequer. Do nosso lado era só encostar que era falta. O Devin Harris tava se jogando nos jogadores de San Antonio nos fast-breaks e os árbitros marcavam falta ..
    Sério eu não esperava muito desse jogo sem o BIG 3, mas a atuação dos árbitros foi lamentável.

    • Bruno Pongas

      Verdade Francisco. Achei a arbitragem bem ruim também, mas contando que estávamos sem o Big 3 acho que o jogo foi proveitoso.

  1. Pingback: Spurs (40-15) @ Jazz (30-28) – Chega de vencer | Spurs Brasil

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s