Spurs (39-14) vs Hornets (14-41) – É líder!

128×103

Na noite de sexta-feira (6), o San Antonio Spurs assumiu a liderança da Conferência Oeste da NBA. Jogando em casa, a equipe texana venceu o New Orleans Hornets por 128 a 103 e contou com o tropeço do Oklahoma City Thunder, que perdeu para o Indiana Pacers por 103 a 98, para chegar ao topo.

Mais uma bela partida de Tim Duncan (D. Clarke Evans/NBAE/Getty Images )

Rolo compressor

A liderança caiu no colo do Spurs após dez vitórias seguidas. E em apenas três destes dez triunfos consecutivos a equipe texana não passou dos cem pontos. Na sexta-feira, não foi diferente; contra o Hornets, que havia complicado as três primeiras partidas do ano, os donos da casa se impuseram, fizeram o ataque fluir com naturalidade e completaram a varrida sobre o rival da Divisão Sudoeste nesta temporada.

Quem é líder aí? (D. Clarke Evans/NBAE/Getty Images)

Que banco é esse?

Na partida contra o Hornets, seis jogadores do Spurs chegaram aos dígitos duplos em pontos. É curioso notar que cinco deles começaram o duelo entre os reservas: Manu Ginobili (14), Patrick Mills (14), Stephen Jackson (13), Gary Neal (13) e Tiago Splitter (10). O cestinha da equipe foi o titular Tim Duncan, que deixou a quadra com 19 pontos.

Chuva dos três pontos

Um dos pontos fortes do ataque do Spurs é o uso das bolas de três pontos. Contra o Hornets, essa arma funcionou: a equipe texana tentou 18 arremessos do perímetro e acertou nove, um belo aproveitamento de 50%. O destaques foram Manu Ginobili (2-2), Gary Neal (2-4) e James Anderson (1-1).

Jogos espelhados

Para tentar manter a boa fase, o Spurs agora enfrenta os chamados “jogos espelhados” contra o Utah Jazz. No domingo, os texanos recebem os adversários e, um dia depois, viajam a Salt Lake City para enfrentá-los novamente. Vêm mais vitórias por aí?

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Tim Duncan – 19 pontos, seis rebotes, dois tocos e duas roubadas de bola

Patrick Mills – 14 pontos, quatro assistências e duas roubadas de bola

Manu Ginobili – 14 pontos e quatro assistências

Stephen Jackson – 13 pontos e sete rebotes

Gary Neal – 13 pontos e quatro assistências

Tiago Splitter – Dez pontos, quatro rebotes e dois tocos

New Orleans Hornets

Eric Gordon – 31 pontos, quatro assistências e três roubadas de bola

Marco Belinelli – 15 pontos e duas roubadas de bola

Carl Landry – 13 pontos e seis rebotes

Sobre Lucas Pastore

Um dos fundadores do Spurs Brasil. Formado em Jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie em 2010, é editor assistente do UOL Esporte. Cobriu o basquete olímpico na Olimpíada de 2016 pelo LANCE!. Trabalhou também para Basketeria e mob36.

Publicado em 07/04/2012, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 9 Comentários.

  1. so nao gostei d uma coisa nesse jogo, o eric gordon fez 31 pontos, tem q cuidar com esse tipo d coisa

    • Foi mesmo, jogou mto bem, mas fez mtos pontos no ultimo quarto com o jogo já descidido e a defesa bem relaxada.

  2. Temos o melhor elenco da NBA um elenco de apoio fora do normal e nosso Big 3 é incrível, chegaremos voando aos playoffs. Esse ano promete.

  3. Francisco Neto

    82 pontos do banco de reservas. Essa é chave pro nosso sucesso nos playoffs. Ninguém na liga tem um banco como o nosso.

  4. Humberto Júnior

    Continuo discordando de vocês. Não temos o melhor elenco e sim o Chicago, que mesmo sem seu FP lesionado há bastante tempo mantém-se como melhor campanha da NBA. Sinceramente não vejo comparação entre nosso e o deles, melhor elenco de suporte da liga. Acho que a gente tem que ter mais pé no chão (não tô querendo dizer que nçao devemos ser otimistas), ainda estamos atrás de OKC, Heat e Bulls.

    • Concordo que não devemos achar que tudo é belo, mas discordo que o elenco do Chigago é tão melhor que o nosso, temos excelentes jogadores no banco e não apenas bons tecnicamente mas de uma versatilidade tática que dá a Coach Pop a chance de usar todo seu talento. O elenco do Bulls é tão forte quanto o nosso sim, principalmente pela ótima defesa que conseguem impor, mas não devemos nada a eles, muito menos ao Thunder e ao Heat.

      • João Rafael

        Acho q temos um otimo banco……nao podemos dizer q somos o melhor time da NBA…podemos dizer dizer q somos um dos melhores……mas na minha opnião se tem algo que pode nos levar ao titulo e o nosso treinador…Pop sabe como organizar um time campeão…temos o melhor treinador da liga e um time q faz parte do top 4….Tbm acho q essa ano promete muito…..

  1. Pingback: Líder. E agora? | Spurs Brasil

  2. Pingback: DEZ JOGOS PARA O FIM | Brazilian Hornet

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.