Spurs (36-14) vs Pacers (30-21) – Vitória no estilo “old school”!

San Antonio Spurs112X103Indiana Pacers

O San Antonio Spurs recebeu neste sábado (31) a visita do bom Indiana Pacers. Na volta de George Hill ao Texas, os comandados de Gregg Popovich foram dominantes e venceram por 112 a 103. Foi o sétimo triunfo consecutivo da equipe, que está cada vez mais próxima do Oklahoma City Thunder no topo da Conferência Oeste. Vamos aos destaques!

Velhos amigos...

Old School

O uniforme do Dallas Chaparrals (nome do Spurs quando ainda jogava em Dallas) foi novamente utilizado. Desta vez, no entanto, os jogadores entraram em quadra com as meias levantadas em homenagem aos atletas do passado. Ficou bem legal – e parece ter dado sorte! “Eles ficaram ridículos!”, zombou o Coach Pop.

George Hill

Já comentamos que esse jogo marcou o retorno de George Hill a San Antonio. Após ser ovacionado ao pisar no AT&T Center, o armador teve um início de partida nervoso e errou seus primeiros arremessos. Quando a ansiedade passou, Jorgito Colina (como é chamado carinhosamente por Manu Ginobili) se destacou, terminando o embate com nove pontos, sete rebotes e seis assistências. Kawhi Leonard, o principal envolvido na troca, foi um pouco mais discreto: cinco pontos, dois rebotes e dois roubos de bola.

Duncan "old school" comandou a vitória

Big 3 inspirado

Os dois raros dias de descanso após o duelo contra o Sacramento Kings foram suficientes para recarregar as baterias do time. Azar do Indiana Pacers, que enfrentou um trio de “velhinhos” pra lá de inspirado. Tim Duncan atacou a cesta desde o início da noite e foi o principal pontuador do jogo com 23 pontos e 11 rebotes. Vindo do banco de reservas, Manu Ginobili anotou 18 pontos e distribuiu cinco assistências, enquanto Tony Parker contribuiu com mais 18 pontos, cinco passes certeiros e quatro ressaltos. “Esse trio, além de Gregg Popovich, é capaz de fazer qualquer coisa”, lamentou Frank Vogel, técnico do Pacers, após a partida.

Próxima parada

O San Antonio Spurs terá mais dois dias de descanso antes de cair na estrada para enfrentar Cleveland Cavaliers (terça) e Boston Celtics (quarta). Em linhas gerais, o calendário do mês de abril está bastante apertado; ainda bem que temos um banco de reservas excelente para suprir esse desgaste todo.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Tim Duncan – 23 pontos e 11 rebotes

Tony Parker – 18 pontos, quatro rebotes e cinco assistências

Manu Ginobili – 18 pontos e cinco assistências

Gary Neal – 11 pontos

Tiago Splitter – Dez pontos e sete rebotes

Indiana Pacers

Paul George – 18 pontos e cinco rebotes

Danny Granger – 18 pontos e três rebotes

Roy Hibbert – 15 pontos e sete rebotes

David West – 15 pontos

Sobre Bruno Pongas

Acompanha o San Antonio Spurs desde 1998, já escreveu para o Spurs Brasil de 2008 a 2012, criou o Destino Riverwalk e agora volta à velha casa para dar seus pitacos sobre o San Antonio Spurs.

Publicado em 01/04/2012, em Resumo de Jogos e marcado como , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 6 Comentários.

  1. Francisco Neto

    Achei que San Antonio jogou mal defensivamente apesar da vitória. De qualquer maneira, vitória é vitória, não dá pra reclamar.
    Única coisa que não gostei foi o DNP pro Diaw. Alguma razão específica? Caso não haja, ponto negativo pro Pop. Diaw tem que jogar pelo menos 10 minutos por jogo.

    • Bruno Pongas

      Eu também nao gostei muito da defesa, confesso. Engraçado, eu acho a defesa do Spurs muito boa – mas só quando ela quer. Nesses jogos “menos importantes”, sempre observo o pessoal meio arrastado, parecendo com preguiça mesmo. Agora em jogos mais importantes o time fica mais animado. Tomara que essa seja a tendência dos playoffs.

      Quanto ao Diaw, também acho que ele poderia ficar mais tempo em quadra, mas tem um problema aí, né. No lugar de quem? Por mais deficiências que o Bonner tenha, ele vem jogando bem e até melhorou um pouquinho na defesa.

      • Concordo plenamente, em jogos sem grande importância os caras não se esforçam muito na defesa e acho que é isso nos coloca nas estatisticas com um time fraco na defesa (14th), mas quando querem a defesa é muito boa sim.

        Ahh, e o Bonner na minha opnião melhorou é muito na defesa ano passado não marcava ninguém, esse ano contra o Dallas ele acabou com o Nowitzki enquanto estava em quadra, mas concordo com o Franscisco, Diaw tem que jogar.

  2. Que pena que fiquei sem sinal do jogo no meio do segundo quarto. Mas sinto o time cada vez melhor.

  1. Pingback: Após derrota, George Hill fala sobre o novo momento do Spurs | Spurs Brasil

  2. Pingback: “Foi bom para ambos”, diz Popovich sobre troca de George Hill | Spurs Brasil

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s