Arquivo diário: 25/03/2012

Spurs (33-14) vs 76ers (27-22) – Vitória no cansaço

San Antonio Spurs93X76Dallas Mavericks

O San Antonio Spurs entrou em quadra pelo terceiro dia consecutivo, e, com os desfalques de Tiago Splitter e Gary Neal, lesionados, e de Tim Duncan, poupado, venceu a equipe do Philadelphia 76ers, também desfalcada do ala Andre Iguodala, astro do time. O placar do jogo, disputado neste domingo (25), no AT&T Center, foi 93 a 76 para os donos da casa.

Adversário fez menos de 80 pontos: Pop pira!

Adversário fez menos de 80 pontos: Pop pira!

D-Fense

É sempre bom ver o Spurs jogando duro defensivamente, lembrando a fama que a equipe tinha de ser uma das mais encardidas da NBA. Na partida inteira a equipe do 76ers, converteu apenas uma bola de três das nove tentativas. Se o “ataque ganha jogos, mas a defesa ganha campeonatos”, partidas como essa nos dão esperanças para os playoffs.

Kawhi Leonard e os rebotes

Acho que não é só o meu xará Bruno Pongas que está em um caso de amor com Leonard. Como o Bruno havia destacado em seu último resumo, o novato vem agradando muito e tem tudo para ser um dos grandes jogadores da franquia. Na partida de hoje, anotou um double-double, com 11 pontos e dez rebotes. O jogador está sendo essencial nos rebotes, um fundamento que por vezes era uma deficiência da equipe. Além de registrar bons números neste quesito, ele contribui com tapinhas e disputas em baixo da cesta que acabam não indo para as estatísticas. Vida longa a Kawhi Leonard!

Novatos em grande fase!

Boris Diaw na briga pela bola

Boris Diaw na briga pela bola

Stephen Jackson, ao que parece, nunca saiu de San Antonio. Já se readaptou ao esquema da equipe e virou peça fundamental. Boris Diaw tem agradado – novamente fez bom trabalho defensivo e por vezes jogou como armando o time. Diaw ainda está tímido ofensivamente, provavelmente por ainda não ter se encaixado ao esquema, mas nada preocupante. É só lembrar que Tiago Splitter demorou para acertar um gancho com o uniforme prata e preto.

Olha o Blair aí

Depois de anotar 23 pontos na última noite, DeJuan Blair voltou a ter boa atuação, marcando 19 pontos e voltando a ser o Blair que brigava pelos rebotes (ontem foram seis), uma das suas principais características na temporada de novato. Nós torcedores já estamos cansados de sua inconstância, mas continuamos na torcida para que essa boa fase perdure.

Grande vitória!

A primeira vista, a vitória do San Antonio Spurs pode ser desvalorizada, por se tratar de uma partida em casa e com o rival sem a sua principal estrela. Mas vale lembrar que vinhamos de duas partidas seguidas, jogamos sem Tim Duncan, que tem sido fundamental nas últimas partidas (e na última década), além dos desfalques de Tiago Splitter e Gary Neal – jogadores importantes na rotação.

Descansa um pouquinho, joga de novo

A equipe descansa nesta segunda-feira, mas mal vai dar tempo de tomar um fôlego: terça e quarta o Spurs enfrenta respectivamente as equipes do Phoenix Suns e do Sacramento Kings, em partidas longe dos seus domínios. Coitados dos nossos velhinhos!

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Tony Parker – 21 pontos e sete assistências

DeJuan Blair – 19 pontos e seis rebotes

Kawhi Leonard – 11 pontos e dez rebotes

Manu Ginobili – 11 pontos, cinco assistências e cinco rebotes

Philadelphia 76ers

Elton Brand – 14 pontos e nove rebotes

Jordan Meeks – 11 pontos e cinco rebotes

Evan Turner – 10 pontos, seis rebotes e três assistências

Anúncios

Spurs (32-14) vs 76ers (27-21) – Temporada Regular

San Antonio Spurs vs Philadelphia 76ers – Temporada regular

Data: 25/03/2012

Horário: 20h00 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Após uma vitória suada contra o New Orleans Hornets, o San Antonio Spurs vai para sua terceira partida consecutiva, enfrentando a surpreendente equipe do Philadelphia 76ers, que vem fazendo boa campanha e dando trabalho aos seus adversários. Tiago Splitter e Gary Neal, lesionados, devem seguir como desfalques, e Manu Ginobili, ausente na última partida para descansar, deverá reforçar a equipe texana. Outro possível desfalque será o ala-pivô Tim Duncan, que poderá ser poupado pelo técnico Gregg Popovich.

Confrontos na Temporada (1-0)

08/02/2012 – San Antonio Spurs 100 @ 90 Philadelphia 76ers

Em sua segunda partida na Rodeo Trip, o Spurs venceu a equipe do 76ers, que vinha embalada após um excelente início de temporada. Na noite, o grande destaque foi o francês Tony Parker, que anotou 37 pontos e distribuiu oito assistências.

San Antonio Spurs

PG – Tony Parker

SG – Manu Ginobili

SF – Kawhi Leonard

PF – DeJuan Blair

C – Tim Duncan/Boris Diaw

Fique de Olho – Versátil, exímio defensor, reboteiro e atlético, Kawhi Leonard caiu como uma luva no San Antonio Spurs. Terá tarefa difícil contra o 76ers, que possui jogadores de perímetro talentosíssimos, como Andre Iguodala e Louis Williams.

 PG – Jrue Holiday

 SG – Evan Turner/ Louis Williams

 SF – Andre Iguodala

 PF – Elton Brand

C – Spencer Hawes

Fique de Olho – Louis Williams é forte candidato ao prêmio de melhor 6º homem da temporada. O ala-armador é peça chave na equipe do Philadelphia 76ers, apresentando médias de 15,8 pontos por jogo, a maior da sua carreira.

Spurs (32-14) @ Hornets (12-36) – Sem bolas de 3, Spurs vence

https://i1.wp.com/l.yimg.com/a/i/us/sp/v/nba/teams/20080123/80x60/sas.gif89×86

O San Antonio Spurs bateu o último colocado da Conferência Oeste, o New Orleans Hornets, por 89 a 86 na noite deste sábado (24). Em um jogo bem apertado, o time texano garantiu a segunda vitória em dois dias. Neste domingo, no terceiro dia consecutivo com partidas, a equipe encara o Philadelphia 76ers.

Blair foi um dos melhores em quadra pelo Spurs | Layne Murdoch/NBAE/Getty Images

Blair foi um dos melhores pelo Spurs | Foto: Layne Murdoch

Bolas curtas

O aproveitamento de bolas de três pontos de ambos os times foi sofrível. O Spurs, conhecido por ter ótimos arremessadores do perímetro, acertou apenas duas bolas em 19 tentativas (11% de acerto). Já o Hornets foi mais econômico nos arremessos; das cinco tentativas, uma delas entrou.

DeJuan Blair

Blair já se mostrou um jogador talentoso e promissor. Porém, sua inconstância criou uma desconfiança entre os torcedores. Mas dessa vez foi diferente. Em apenas 25 minutos em quadra, Blair marcou 23 pontos e sete rebotes. No primeiro quarto, o pivô fez 12 dos 23 pontos do Spurs. Stephen Jackson, vindo do banco, também contribuiu para a vitória com 14 pontos e três rebotes.

Desfalques

Mais uma boa partida de Jackson | Foto: Layne Murdoch

O confronto foi marcado pelos diversos desfalques de ambas as equipes, que tiveram que jogar no improviso. No jogo contra o Dallas Mavericks, na sexta, Ginobili jogou e Parker descansou. Dessa vez foi o contrário. Já Tim Duncan, o incansável, ainda não folgou nessa sequência  jogos, principalmente porque seu principal substituto, Tiago Splitter, está com dores nas costas. Gary Neal foi outra ausência no Spurs. O Hornets, que começou a partida com seu 17º quinteto titular diferente na temporada, não teve Chris Kaman, Emeka Okafor, Trevor Ariza, e o suspenso Jason Smith.

Parelho  

A maior vantagem durante o jogo foi de seis pontos, para o Spurs. Esse número mostra como o confronto foi apertado, com os times lutando pela vitória até o segundo final. Duncan e Green fizeram os pontos mais importantes no minutos derradeiros do jogo.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

DeJuan Blair – 23 pontos e sete rebotes

Stephen Jackson – 14 pontos e três rebotes

Tim Duncan – 13 pontos e sete rebotes

Tony Parker – 12 pontos e dez assistências

New Orleans Hornets

Jarret Jack – 27 pontos, sete rebotes e cinco assistências

Carl Landry – 15 pontos e cinco rebotes

Greivis Vasquez – Dez pontos e seis rebotes

Marco Belinelli – Dez pontos e duas assistências