Diaw chega, estreia e é elogiado em San Antonio

Boris Diaw foi bem defensivamente

A estreia do francês Boris Diaw aconteceu mais rápido que o esperado. Contratado na sexta-feira (23) após ser dispensado pelo Charlotte Bobcats, o jogador já estava disponível para a partida contra o Dallas Mavericks, que aconteceria no mesmo dia.

Diaw vinha mal no time de Michael Jordan. Estava – e ainda está – acima do peso, mas acredita que o novo desafio poderá colocá-lo na linha. “É um grande motivador”, definiu ele, em rápida entrevista à imprensa texana.

O técnico Gregg Popovich já deu as boas vindas ao novo reforço. Sabe que precisava de alguém experiente e capacitado para compor sua linha de pivôs. “Ele é um jogador que faz um pouco de tudo, o que é muito difícil de encontrar hoje em dia”, analisou o treinador.

Popovich está certo. Desde a época do Phoenix Suns, o ala-pivô é conhecido por ser um atleta completo. Sabe arremessar, tem ótimo passe e também é capaz de pegar seus rebotes. Se realmente entrar em forma, como está prometendo, Boris Diaw tem tudo para fazer sucesso em San Antonio. Seu contrato é válido até o fim da temporada, mas, se ele for bem, fatalmente ganhará uma nova chance.

Em sua estreia, na vitória por 104 a 87 sobre o Dallas Mavericks, o francês ficou em quadra por 16 minutos, anotou dois pontos e pegou três rebotes. Seu principal mérito, no entanto, foi marcar Dirk Nowitzki com bastante eficiência. Nowitzki, aliás, vem tendo muito trabalho para lidar com os novos defensores do San Antonio Spurs. Acostumado a acabar com o rival texano, o alemão tem sofrido quando vê Kawhi Leonard, DeJuan Blair e agora Stephen Jackson e Boris Diaw pela frente. Na temporada, Dirk tem médias de 14,8 pontos e 6,8 rebotes contra o Spurs, números inferiores aos 20,8 pontos e 6,7 rebotes de média geral.

Mas voltemos a Boris Diaw, que recebeu muitos elogios após o bom desempenho de sexta-feira. “Ele fez um bom trabalho”, avaliou Gregg Popovich. “No geral, o time foi muito bem defensivamente e essa provavelmente foi a melhor parte do jogo”, completou. Manu Ginobili, por sua vez, foi menos comedido que o técnico ao falar sobre o novo companheiro. “Ele jogou bem hoje. Além do bom trabalho sobre Dirk, Diaw é ativo e passa a bola como poucos. Parker foi inteligente e nos contou algumas jogadas que eles fazem no time da França – isso ajudou bastante”, revelou o argentino.

E mais…

Stephen Jackson espinafra Brian Cardinal

Stephen Jackson - San Antonio SpursNo segundo quarto da partida entre Spurs e Mavs, Tim Duncan partiu livre para uma enterrada, mas foi interceptado de forma brusca por Brian Cardinal. O excesso de força usado pelo ala-pivô de Dallas lhe rendeu uma falta técnica e críticas duras por parte de Stephen Jackson.

“Para mim foi uma jogada suja”, disse o Captain Jack. “Quando você é incapaz de jogar, acho que tudo o que pode fazer é tentar machucar os outros. No fim das contas, Timmy é meu companheiro de time e eu ligo para a sua saúde. Como vocês viram, na jogada seguinte ele (Duncan) pegou a bola e enterrou sobre Cardinal. É desse jeito que você tem que responder a pessoas assim”, finalizou. O lance pode ser visto aqui!

Cory Joseph faz triplo-duplo na D-League

No duelo de sexta-feira (23) entre Austin Toros e Maine Red Claws, o armador Cory Joseph, jogador do San Antonio Spurs, conquistou o primeiro triple-double de sua carreira. Foram 15 pontos, 17 rebotes e 12 assistências na vitória por 112 a 82. Falando em Austin Toros, o recém-aposentado T.J. Ford é o novo assistente técnico da equipe. Ele fará uma espécie de estágio voluntário em Austin.

Anúncios

Sobre Bruno Pongas

Acompanha o San Antonio Spurs desde 1998, já escreveu para o Spurs Brasil de 2008 a 2012, criou o Destino Riverwalk e agora volta à velha casa para dar seus pitacos sobre o San Antonio Spurs.

Publicado em 24/03/2012, em Notícias e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. 7 Comentários.

  1. O time do Spurs está alcançando um equilíbrio importante.

    • Guilherme Kamus

      Concordo.

      O time está me lembrando um pouco o Boston Celtics de 07/08. Uma base excelente adicionando juventude (Leonard, Green e, provavelmente, Mills) e experiência (Captain Jack e Diaw). Tem tudo pra dar liga nesse resto de temporada e nos playoffs se tudo der certo.

      Nos resta torcer pra todos estarem 100% nos playoffs, assim seremos sérios candidatos ao título.

      • Concordo com os dois.

        Com as chegadas de Mills, Jackson e Diaw, temos um elenco completo e variado. Uma rotação de perímetro já muito boa e uma de garrafão que deve chegar ao mesmo nível em pouco tempo. Nossa defesa vem evoluindo de um maneira bem interessante, tomara que esteja no seu auge nos playoffs.

        Já disse isso várias vezes em diversos posts, acho que daremos muito trabalho esse ano.

  1. Pingback: Próximo post | Spurs Brasil

  2. Pingback: Carências resolvidas | Spurs Brasil

  3. Pingback: “Podemos ganhar de qualquer um no Oeste”, diz Tony Parker | Spurs Brasil

  4. Pingback: Spurs (45-16) @ Kings (20-42) – XXXXX | Spurs Brasil

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s