2003 é agora

Jackson vibra contra o Nets nas finais de 2003

“Traremos Shaquille O’Neal”. A frase de 18 de junho de 2003 é de Stephen Jackson, armador do San Antonio Spurs, algumas horas depois dos texanos vencerem seu segundo título da NBA. Obviamente, o exagerado vaticínio de Jackson não se confirmou, pois naquela altura do campeonato Shaq ainda era intocável no Los Angeles Lakers e financeiramente seria inviável levá-lo a San Antonio para formar um assombroso garrafão ao lado de Tim Duncan. Mas isso nem foi o mais importante. Passada a euforia pelo título, o Spurs acabou não renovando o contrato de Jackson e o voluntarioso jogador acabou se mudando para o Atlanta Hawks, frustrando este torcedor que vos fala.

Pelo Warriors em 2007, melhor momento da carreira fora do Spurs

Dentre tanta gente boa campeã naquela temporada, Jackson era sem dúvida um dos meus atletas favoritos. Mesmo após sua saída, continuei torcendo por seu sucesso e acompanhando de perto seus passos, como jamais havia feito com qualquer outro jogador que não vestisse a camisa do Spurs. Dois momentos da carreira de Jackson longe do Texas são inesquecíveis para mim: primeiro um negativo, a briga generalizada com torcedores do Detroit Pistons, quando Ron Artest e mais alguns jogadores do Indiana Pacers transformaram as bancadas do The Palace of Albums Hill num campo de batalhas. O segundo, a apoteótica série entre Golden State Warriors e Dallas Mavericks nos playoffs de 2007, quando o time da Califórnia, classificado apenas na oitava colocação da Conferência Oeste, eliminou de forma categórica o badalado esquadrão de Dirk Nowitzki. Até hoje foi a série menos cerebral e mais apaixonante que vi desde que comecei a acompanhar a NBA, daquelas que eu teria prazer em sentar no sofá e assisti-la novamente. Por sinal, até hoje tenho o sexto e decisivo jogo guardado em meus arquivos.

Ainda que tenha tido relativo sucesso no Warriors, Stephen Jackson não parece ter se encontrado fora de San Antonio. Explosivo da maneira que é, se mostrou leal e jamais deixou de falar do Spurs com carinho, mesmo após tantos anos longe do Texas. Sempre que perguntado, respondia que o maior companheiro que teve no basquete foi Tim Duncan. O Jackson que volta ao Spurs não é mais um garoto, conhece bem o que é jogar os playoffs e leva grande vantagem sobre o trocado Richard Jefferson, pois tem o sangue desse time nas veias. Sob a tutela de Gregg Popovich e de Duncan, certamente será bastante útil na caminhada rumo ao penta. Com a formal ida do recém aposentado T.J. Ford também para Oakland, o Spurs ganha um espaço em seu plantel e este poderá ser do francês Boris Diaw, em vias de ser liberado pelo Charlotte Bobcats.

Voltando a Jackson, é chegada a hora de reencontrar os velhos companheiros Manu Ginóbili e Tony Parker, além do já citado Duncan. Coincidentemente, em cinco dias o tricampeão Bruce Bowen terá sua camiseta número 12 aposentada no teto do AT&T Center e certamente lá estará o Almirante David Robinson para aplaudir o velho companheiro. Numa liga tão fria onde o sentimentalismo é colocado bem abaixo das cifras, é bom ver esta gente que tantas alegrias nos proporcionou reunida, contribuindo de alguma forma para o Spurs. Tenho esta certeza: 2003 é agora.

Anúncios

Publicado em 16/03/2012, em Interferência. Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. K-delmondes

    Agora a Pouha ficou seria ;)

  2. Hugo Santiago Batista

    IRADOOO..pessoas falam que o stephen jackson não respeita ninguem, mas no spurs não existe isso….o jackson está indo pro spurs conhecendo exatamente qual é a ideologia do time e quanto o popovich exige em relação ao comportamento dos atletas..sem duvidas uma grande adição ao spurs que agora figura entre os favoritos do oeste. GO SPURS GO… eu que morei em san antonio conheço bem a energia que o jackson e os playoffs vão trazer para o time!

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s