Spurs (28-13) vs Magic (28-16) – The Flash bate o Superman

122×111

O San Antonio Spurs recebeu o Orlando Magic na noite de quarta-feira (14) e saiu de quadra com uma importante vitória por 122 a 111. Vamos logo aos destaques da partida!

Quem segura esse francês? (D. Clarke Evans/NBAE/Getty Images)

Bronca antes de qualquer outra coisa

Antes de qualquer elogio, o time de Gregg Popovich merece uma grande bronca. Desde aquele quarto período contra o Chicago Bulls há algumas semanas atrás, a defesa texana vem sendo muito preguiçosa. Contra o Magic, o placar aponta 111 pontos (35 só no primeiro quarto) para o adversário, número que deve enlouquecer nosso treinador. Apesar disso, o Spurs ainda conseguiu vencer a batalha dos rebotes, o que é importante contra um atleta dominante como Dwight Howard. Na noite de ontem, San Antonio conquistou 45 ressaltos, contra 38 do oponente.

Esse 21 ainda quebra um galho! (D. Clarke Evans/NBAE/Getty Images)

The Flash é melhor do que Superman

Se o Orlando Magic tem o Super Homem, o San Antonio Spurs também conta com seu super-heroi. Trata-se do The Flash, ou simplesmente Tony Parker. O endiabrado francês voltou a jogar muito e dominou o time da Flórida com 31 pontos e 12 assistências. Do outro lado, Dwight Howard fez 22 pontos e pegou 12 rebotes.

Passado e presente

A dupla Tim Duncan e Tiago Splitter foi bastante efetiva mais uma vez. O veterano Timmy deixou a quadra com 21 pontos e 13 rebotes, enquanto o brazuca adicionou mais 12 pontos e outros seis rebotes ao marcador. Vale ressaltar aqui que a importância do brasileiro para o elenco é cada vez maior. Mesmo tendo jogado “apenas” 18 minutos, Splitter ficou a maior parte do último período em quadra.

Próximos passos

Depois deste importante triunfo, os comandados de Gregg Popovich têm dois duelos complicados pela frente. Nesta sexta-feira, o San Antonio Spurs volta a cair na estrada e mede forças com o Oklahoma City Thunder. Na noite seguinte, o oponente será o Dallas Mavericks – novamente longe do AT&T Center.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Tony Parker – 31 pontos e 12 assistências

Tim Duncan – 21 pontos e 13 rebotes

Manu Ginobili – 14 pontos, três assistências e três rebotes

Tiago Splitter – 12 pontos, seis rebotes e dois tocos

Kawhi Leonard – 12 pontos, seis rebotes e duas roubadas de bola

Richard Jefferson – 11 pontos e cinco rebotes

Orlando Magic

Jameer Nelson – 25 pontos, sete assistências e cinco rebotes

Dwight Howard – 22 pontos, 12 rebotes, três tocos e duas roubadas de bola

Ryan Anderson – 19 pontos, oito rebotes e dois tocos

Hedo Turkoglu – 17 pontos, quatro assistências e quatro rebotes

Anúncios

Sobre Bruno Pongas

Acompanha o San Antonio Spurs desde 1998, já escreveu para o Spurs Brasil de 2008 a 2012, criou o Destino Riverwalk e agora volta à velha casa para dar seus pitacos sobre o San Antonio Spurs.

Publicado em 15/03/2012, em Resumo de Jogos e marcado como , . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. Victor Nunes

    Olhando os melhores momento percebi que o Bonner não é muito bom em fazer falta intencional em jogadores importantes, todos fazem a cesta depois da falta!

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s