Spurs (21-9) @ Raptors (9-22) – Máquina de vitórias

https://i0.wp.com/l.yimg.com/a/i/us/sp/v/nba/teams/20080123/80x60/sas.gif113×106

O San Antonio Spurs conseguiu sua nona vitória consecutiva na noite desta quarta-feira (15). O time texano viajou até o Canadá para assegurar mais um triunfo na temporada, desta vez sobre o Toronto Raptors. A vitória não veio com facilidade, mas o time chegou bem no último quarto e decidiu a partida. A próxima parada será contra o Los Angeles Clippers, no sábado.

Tony Parker

O armador francês teve outra noite memorável. Ele marcou 34 pontos e distribuiu 14 assistências. Da linha de lance-livre, ele não errou nenhum, acertando os 12 arremessos que tentou durante o duelo.

Tony Parker foi o melhor jogador em quadra| Photo By The Canadian Press, Nathan Denette

Tony Parker foi o melhor jogador em quadra (Foto por The Canadian Press, Nathan Denette)

Vitórias e mais vitórias

Jefferson briga pela bola (Foto por The Canadian Press, Nathan Denette)

O time texano conseguiu sua nona vitória seguida. A última vez que isso aconteceu foi em dezembro de 2010. Esse foi também o sexto triunfo seguido fora de casa. O retrospecto do Spurs longe de San Antonio já melhorou bastante. Agora, a franquia já registra um aproveitamento de 50% longe de seus domínios.

Splitter e o banco

Tiago não fazia uma grande partida. Porém, no último quarto, Popovich resolveu dar uma chance ao pivô, que ficou em quadra durante quase todo o período. O resultado foi ótimo: oito pontos decisivos. Tony Parker, sempre ele, deixou o brasileiro com chances de fazer vários pontos importantes.

Outra peça importantíssima para o time é Danny Green. O jogador, que tem começado como titular, contribuiu com 13 pontos e sete rebotes. O banco do Spurs ainda contou com a ajuda de Garry Neal, que fez oito pontos, e de Matt Bonner, com dez.

Cuidado com o
blecaute

Mais uma vez a defesa do Spurs voltou do intervalo desatenta. Novamente um jogo que tinha tudo para ser fácil foi dificultado por erros defensivos. O Raptors fez  um 17 a sete no início do terceiro quarto, empatando o jogo em 66 a 66.

Nativo

O rookie Cory Joseph se tornou o oitavo canadense a jogar em Toronto, mas o jovem não conseguiu aproveitar a oportunidade. Em pouco mais de dois minutos em quadra, ele errou dois arremessos, cometeu uma falta e perdeu a bola uma vez.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Tony Parker – 34 pontos e 14  assistências

Danny Green – 13 pontos e sete rebotes

Tiago Splitter – 13 pontos e cinco rebotes

Manu Ginobili – 11 pontos

Toronto Raptors

 DeMar DeRozan – 29 pontos

Jose Calderon – 16 pontos e 11 assistências

Ed Davis –  11 pontos e cinco rebotes

Sobre Juliano Medeiros

Jornalista em formação, estagiário do Caderno Jogada, do Diário do Nordeste, fã do San Antonio Spurs e apaixonado por basquete.

Publicado em 16/02/2012, em Resumo de Jogos e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s