Arquivo diário: 13/02/2012

Jeremy Lin surpreende técnico Popovich

Eis o novo queridinho da América (Photo by Chris Chambers/Getty Images)

Jeremy Lin é o assunto da moda na NBA. Oriundo da pouco tradicional (no basquete, claro) Universidade de Harvard e descendente de asiáticos, Lin traz consigo aquela típica história cinematográfica do homem que surgiu do nada e venceu na vida.

O agora candidato a astro do New York Knicks passou em branco pelo Draft, ganhou uma chance no Golden State Warriors, foi dispensado e finalmente contratado por uma das franquias mais tradicionais da NBA. Estava sem oportunidades em Nova York, mas a carência de armadores de ofício na equipe fez com que o destino sorrisse para ele.

Lin abraçou a primeira grande chance que teve. Contra o New Jersey Nets, no dia 4 de fevereiro, o armador sapecou 25 pontos e distribuiu sete assistências. De lá para cá, o “pequenino” Lin vem colecionando noites de gala, uma delas, inclusive, de notáveis 38 pontos. Justamente contra o Los Angeles Lakers, de Kobe Bryant. O mesmo Kobe que antes do embate havia ignorado a existência de Jeremy Lin. Mais de filme impossível, né?

A essa altura você deve estar se perguntando: que que raios esse japonês tem a ver com o San Antonio Spurs? Na teoria nada. Resolvi escrever esse texto porque vi no excelente Spurs Nation que o camisa 17 do Knicks foi bastante elogiado por ninguém menos do que Gregg Popovich.

“Ele parece bom pra caramba, com certeza”, disse o treinador, que por incrível que pareça nunca assistiu Lin ao vivo. “No geral, esse cara está chutando o traseiro de todo mundo e ninguém é capaz de pará-lo. Parece improvável e é por isso que essa história é fantástica”, pontuou.

Abaixo você confere os 38 pontos (a maioria deles) de Jeremy Lin contra o Los Angeles Lakers.

Lin também é o chamariz para a partida de terça-feira entre Knicks e Raptors