Parker se coloca entre os maiores da história do Spurs

Tivemos o privilégio de ver a história sendo escrita!

Melhor do que bater um recorde é bater um recorde em grande estilo. Foi isso que aconteceu com Tony Parker na noite de sábado (4) contra o Oklahoma City Thunder. Além de marcar 42 pontos e liderar sua equipe diante do time de melhor campanha na temporada, o francês distribuiu nove assistências, ultrapassou Avery Johnson e agora é o maior passador da história do San Antonio Spurs.

“É uma grande honra para mim”, disse o camisa 9, sobre o novo recorde. “Quando cheguei aqui (em San Antonio), sempre ouvia sobre o que Avery Johnson significava para a cidade, para a comunidade local e para o Spurs. Me sinto honrado e feliz por, ao lado dele, ser um dos melhores armadores da história dessa franquia, e devo grande parte disso ao Pop”, completou Parker, em referência ao técnico Gregg Popovich.

“Ele (Popovich) foi o cara que me ensinou a ser um bom armador e entender quando é a hora de passar e quando é o momento de arremessar. É engraçado, porque quando cheguei aqui esta noite sabia que faltavam sete assistências para bater o recorde e logo pensei em entrar e quadra e começar a passar a bola, mas Pop veio até mim antes do jogo e me disse para chutar 25 ou 30 vezes, pois só assim venceríamos o duelo”, pontuou o francês.

Sempre com cara de poucos amigos, Gregg Popovich até esboçou um sorriso ao falar de seu pupilo após o embate. “Ele se tornou o maior passador de nossa história. Estou realmente feliz por isso”, afirmou o treinador. “Tony sabia que tinha de jogar bem e marcar pontos contra esses caras. Ele entrou em quadra com isso na cabeça, foi agressivo durante toda a noite e fez uma grande partida”, finalizou.

TP também foi bastante elogiado pelo amigo Tim Duncan, com quem dividiu as glórias ao longo de todos esses anos em San Antonio. “Inacreditável, ele foi ótimo”, disse Timmy sobre a performance do companheiro. “Ele nos carregou do início ao fim”, completou.

Prestes a completar 30 anos, Parker tem uma única certeza. Mesmo com uma longa estrada a percorrer na NBA, ele sabe que um dia verá seu nome eternizado no teto do AT&T Center ao lado dos ex-companheiros Bruce Bowen, Tim Duncan e Manu Ginobili. Que assim seja!

Eis o momento que ficará na história!

Sobre Bruno Pongas

Acompanha o San Antonio Spurs desde 1998, escreveu para o Spurs Brasil entre 2008 e 2012, criou o Destino Riverwalk e o podcast Cultura Pop, e agora está de volta ao Spurs Brasil para dar seus pitacos sobre o maior do Texas.

Publicado em 05/02/2012, em Notícias e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.