Cuidar do corpo: o diferencial de Tim Duncan e Steve Nash

Isso te lembra alguma coisa?

Ainda é possível aprender muitas coisas assistindo Tim Duncan e Steve Nash em quadra. Embora eles já estejam velhos e sem o mesmo vigor físico dos tempos áureos, é sempre especial reparar no que ambos ainda conseguem fazer com uma bola de basquete.

“Timmy e Steve: dois grandes exemplos de pessoas que cuidam de seus corpos”, disse Gregg Popovich, após a vitória do San Antonio Spurs sobre o Phoenix Suns por 102 a 91. “Eles se alimentam bem e cuidam do corpo. Isso com certeza reflete no desempenho deles em quadra”, completou o treinador.

O embate de ontem entre Spurs e Suns relembrou as batalhas épicas entre as duas equipes há alguns anos. Naquela época, o camisa 21 de San Antonio aterrorizava os pivôs do Arizona, enquanto Steve Nash infernizava a defesa texana com sua velocidade e seus arremessos precisos.

Prestes a completar 36 anos, Duncan fez uma de suas melhores partidas nos últimos tempos: 24 pontos, 11 rebotes, quatro assistências e dois tocos. Nash também mostrou lampejos daquele armador que foi MVP por dois anos seguidos. Entrosado com o pivô Marcin Gortat, o canadense marcou 20 pontos e distribuiu dez assistências. “Tivemos que nos esforçar muito na defesa para cobrir os bloqueios entre Marcin Gortat e Steve Nash. Fizemos o melhor que podíamos”, disse Tony Parker, sobre a responsabilidade de tomar conta do adversário.

Timmy, em contrapartida, foi bastante elogiado pelo ala Richard Jefferson após a vitória sobre o antigo rival. “Acho incrível como ele pega todos aqueles rebotes, dá tocos e é ótimo na defesa”, disse o camisa 24. “Ele está sempre fazendo muitas coisas que provavelmente nem aparecem nas estatísticas do jogo”, finalizou.

*Todos nós sabemos que Duncan, Nash, Spurs e Suns têm muitos momentos importantes juntos para compartilhar. Um desses momentos, talvez o principal deles, é retratado no vídeo abaixo. 

Anúncios

Sobre Bruno Pongas

Acompanha o San Antonio Spurs desde 1998, já escreveu para o Spurs Brasil de 2008 a 2012, criou o Destino Riverwalk e agora volta à velha casa para dar seus pitacos sobre o San Antonio Spurs.

Publicado em 16/01/2012, em Notícias e marcado como , . Adicione o link aos favoritos. 3 Comentários.

  1. Não é o vigor físico que os mantem um nível acima dos outros, mas sua experiencia.

  2. Esse foi um dos dois jogos que eu mais vibrei na vida. Foi esse e um Spurs x Lakers que o Kobe acertou uma bola faltando 15 segundos acho e logo em seguida o Roger Mason acertou outra faltando 7 seg e saiu imitando e zuando o Kobe.. foi fantástico!

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s