Spurs (7-4) vs Rockets (3-7) – Vitória e recorde para Duncan

San Antonio Spurs101X95Houston Rockets

O San Antonio Spurs voltou a vencer após duas derrotas. Em mais um jogo de placar apertado, dessa vez decidido só no tempo-extra, a franquia texana bateu o rival Houston Rockets por 101 a 95 nesta quarta (11). Vamos aos destaques positivos e negativos.

TP e Jefferson mandaram bem novamente (AP Photo/Eric Gay)

O que teve de bom?

1- Tim Duncan é um gênio! Ontem ele fez mais uma boa partida: 17 pontos, 11 rebotes e cinco assistências, além de 38 (isso mesmo!) minutos em quadra. Além dos números expressivos para um “vovô”, Timmy passou Larry Bird em número de pontos na carreira e agora é o 27º maior cestinha da história da NBA. Parabéns!

2- Kawhi Leonard está se adaptando, o que me deixa muito feliz. Diante do Rockets, ele voltou a ser sólido no ataque e foi muito bem defendendo o ala Kevin Martin. O ala-armador rival deixou a quadra com 18 pontos (7-15) e em muitos momentos da noite nem sequer participou das jogadas ofensivas porque estava bem marcado. Leonard, que foi titular pela primeira vez na temporada, marcou 11 pontos e pegou oito rebotes.

Timmy é ídolo - e recordista!

3- Venho criticando Tony Parker nos últimos dias, mas tenho de dar o braço a torcer. O francês jogou muito e foi peça fundamental para o triunfo do Spurs. No entanto, como nada é perfeito nessa vida, Parker novamente pecou na defesa. Ele precisa melhorar urgentemente! Tudo bem que esse sempre foi o seu Calcanhar de Aquiles, mas nesta temporada ele está ainda pior do que o normal.

4- Após um primeiro quarto defensivamente péssimo, Gregg Popovich conseguiu arrumar a casa e mostrou uma alternativa interessante em alguns momentos da noite. Em boa parte do último quarto, Pop colocou Kawhi Leonard em Kevin Martin e deixou Danny Green tomar conta do rápido armador Kyle Lowry. Além disso, a defesa na área pintada também foi bem executada. Luis Scola, nosso eterno algoz, teve dificuldades e, apesar dos 20 pontos, teve um aproveitamento de 9-21.

O que teve de ruim?

1- Após um bom começo de temporada, o pivô DeJuan Blair caiu muito nos últimos jogos. Além dos já conhecidos problemas defensivos (ontem ele foi engolido pelo Scola no primeiro quarto), Blair vem tendo dificuldades para pontuar. É bom ele abrir o olho, já que o brasileiro Tiago Splitter entrou muito bem e, além de marcar o ala-pivô argentino com muito mais qualidade, ainda fez seus pontinhos no ataque.

Próximo jogo

O San Antonio Spurs volta ao AT&T Center na sexta-feira. O adversário da vez é o perigoso Portland Trail Blazers.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Tony Parker – 28 pontos, cinco rebotes e oito assistências

Tim Duncan – 17 pontos, 11 rebotes e cinco assistências

Kawhi Leonard – 11 pontos e oito rebotes

Houston Rockets

Kyle Lowry – 22 pontos, seis rebotes e sete assistências

Luis Scola – 20 pontos e cinco rebotes

Kevin Martin – 18 pontos e seis rebotes

Anúncios

Sobre Bruno Pongas

Acompanha o San Antonio Spurs desde 1998, já escreveu para o Spurs Brasil de 2008 a 2012, criou o Destino Riverwalk e agora volta à velha casa para dar seus pitacos sobre o San Antonio Spurs.

Publicado em 12/01/2012, em Resumo de Jogos e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. 6 Comentários.

  1. Duncan é sensacional!!!!!!
    Quando vc pensa q o cara ta acabado, ele inova o seu jogo e continua jogando muito
    Grande idolo

  2. Foi um jogão, gostei!! Mas embora Parker tenha feito muitos ptos, acho, infelizmente de novo, que ele é um dos responsáveis pqe não ganhamos sem OT. Qdo num time um jogador usa varias vezes seus 4 companheiros somente para ficarem fazendo corta-luz, pra que ELE jogue, tem coisa estranha. Obviamente que não foi o tempo todo assim, mas boa parte.

  3. Duncan, simplesmente um monstro do basquete, incrível, bom demais ve-lo em quadra. Parker foi muito bem ontem, mas teríamos pasado sem OT se ele tivesse procura o RJ no ataque pelo menos uma vez no fim do último quarto. K Leonard jogando muita bola, empenhado em mostrar serviço, D Green também vai bem. Gostei muito do Splitter ontem, os números não foram tão expressivos mas ele estava seguro nos dois lados da quadra. D Blair caiu muito de produção com a saída do Ginobili. Com o argentino saudável vamos longe.

  1. Pingback: Popovich compara Leonard a Bruce Bowen | Spurs Brasil

  2. Pingback: Spurs (10-6) @ Rockets (8-7) – Temporada Regular | Spurs Brasil

  3. Pingback: Spurs (13-9) vs Rockets (12-9) – Temporada Regular | Spurs Brasil

Deixe uma resposta para bãozão Cancelar resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s