Arquivo diário: 14/09/2011

Eslovênia e Lituânia fracassam

News by Koba

Nesta quarta-feira (14), em jogo válido pelo Eurobasket-2011, a Espanha venceu a Eslovênia por 86 a 64 e garantiu a vaga para as semifinais da competição. O esloveno Erazem Lorbek, que tem os seus direitos ligados ao time do San Antonio Spurs, pouco pôde fazer contra o time dos irmãos Gasol, contribuindo com sete pontos e dois rebotes.

Em outra partida das quartas-de-final, a Macedônia, que havia perdido para a Rússia nos segundos finais no último jogo da fase anterior, se redimiu e bateu a forte equipe da Lituânia, que joga em casa no torneio. Robertas Javtokas anotou 13 pontos e agarrou seis rebotes, mas não pôde evitar o revés por 67 a 65. Os derrotados se enfrentam amanhã (15), enquanto a Macedônia tenta surpreender a Espanha na sexta-feira (16), na semifinal.

macedonialituania

Jogo disputado até o final (foto: http://www.eurobasket2011.com)

E mais…

Vasco está interessado em Ginobili e Splitter

De acordo com reportagem do site do SporTV, a equipe do Vasco da Gama pretende contratar Tiago Splitter e Manu Ginobili, jogadores do San Antonio Spurs, para disputar o Novo Basquete Brasil. A vinda dos texanos não é impossível, já que a NBA está paralisada por causa do locaute. Rumores ainda citaram o nome de Anderson Varejão, mas seus agentes descartaram seu retorno para o basquete brasileiro neste momento – o atleta inclusive negou uma proposta feita pelo Brasília. A equipe carioca tem até o dia 16 para fazer sua inscrição e poder disputar o campeonato.

Splitter pode jogar no Brasil

O veremos em terras tupiniquins?

O locaute da NBA pode trazer de volta ao Brasil um dos melhores jogadores do país. Depois do ala-aramdor Leandrinho, do Toronto Raptors, acertar com o time do Flamengo, o pivô Tiago Splitter pode ser o próximo atleta da liga norte-americana a desembarcar em seu país natal.

Depois de conquitar a vaga nas Olimpíadas de Londres-2012 no Pré-Olímpico de Mar del Plata, na Argentina, o pivô do San Antonio Spurs não negou a possibilidade de voltar ao Brasil enquanto jogadores e donos de equipes na NBA não chegarem a um acordo para o ínicio da temporada.

“Claro que penso, por que não? É uma opção boa. Prefiro jogar a ficar sem fazer nada” disse o pivô ao site Globoesporte.com, no desembarque da Seleção Brasileira, em São Paulo.

Segundo o site, Flamengo, Brasília e Pinheiros estão interessados e já teriam feito propostas para o pivô, que no entanto não confirmou se está próximo de um acerto com alguma delas.