Arquivo diário: 07/09/2011

Hettsheimer, o herói da Independência

No dia 7 de setembro de 2010, a Argentina eliminou o Brasil do Mundial de basquete masculino com uma vitória por 93 a 89 em jogo válido pelas quartas de final da competição. Um ano mais tarde, novamente no aniversário da Independência do Brasil, mas dessa vez em partida válida pela segunda fase Copa América, a Seleção Brasileira deu o troco. Nesta quarta-feira (7), jogando em Mar del Plata, casa do adversário, a equipe venceu os hermanos por 73 a 71 com um show de Rafael Hettsheimer.

Mito (Foto de Thiago Barros, do excelente site http://www.basketeria.com.br)

O pivô brasileiro deixou a quadra com 19 pontos (9-11 FG, 1-2 FT), oito rebotes, duas roubadas de bola e um toco em 22 minutos. O desempenho acabou ofuscando Tiago Splitter, do San Antonio Spurs, que teve problemas com faltas e atuou por somente 19 minutos, anotando apenas um ponto (0-6 FG, 1-3 FT) mas contribuindo com oito rebotes, três assistências e uma roubada de bola. Companheiro do pivô na equipe texana, o argentino Manu Ginobili deixou a quadra com 14 pontos (5-12 FG, 0-3 3 PT, 4-4 FT), três rebotes, uma assistência, uma roubada de bola e um toco em 33 minutos.

A vitória foi importantíssima para dar confiança para o Brasil, mas infelizmente ainda não levou a seleção a lugar nenhum. Para conseguir a vaga na Olimpíada de Londres-2012, a equipe ainda tem de passar por duas pedreiras: Porto Rico, adversário desta quinta-feira (8), às 20h30 (de Brasília) – último compromisso do time brasileiro na segunda fase da Copa América – e a semifinal de sábado (10).

Em outro jogo da Copa América nesta quarta-feira, Canadá venceu o Uruguai pore 70 a 68 e assumiu a sexta colocação na segunda fase da competição. O armador Cory Joseph, recentemente draftado pelo San Antonio Spurs, deixou a quadra com dois pontos (1-3 FG, 0-1 3 PT), duas assistências e uma roubada de bola em 14 minutos.

A quarta-feira também foi dia de rodada do fortíssimo grupo E, formado para a disputa da segunda fase do Eurobasket. E a França se manteve invicta na competição conseguindo uma boa vitória por 68 a 64 sobre a Turquia. O armador Tony Parker foi o principal destaque dos franceses no jogo – ele anotou 20 pontos (6-17 FG, 0-5 3 PT, 8-10 FT), seis rebotes e cinco assistências na partida. O também armador Nando de Colo veio do banco e não conseguiu pontuar na partida, errando os três arremessos que tentou – dois deles do perímetro. Ao menos, ajudou com três rebotes e duas assistências em 14 minutos.

A rodada também foi boa para a Lituânia, que venceu a Sérvia por 100 a 90. Para triunfarem, os donos da casa contaram com quatro pontos (1-2 FG, 2-6 FT), cinco rebotes, duas assistências e uma roubada de bola do pivô Robertas Javtokas.