Arquivo mensal: agosto 2011

Brasil vence a Copa Tuto Marchand

É campeão!

Nesta sexta-feira (26), a Seleção Brasileira de basquete masculino venceu Porto Rico por 89 a 79, em jogo válido pela Copa Tuto Marchand, disputada em Foz do Iguaçu (PR). Com o triunfo, o Brasil garantiu o título da competição.

O pivô Tiago Splitter foi o maior pontuador brasileiro no embate. O jogador deixou a quadra com 14 pontos (6-11 FG, 2-3 FT) e sete rebotes em 21 minuto. O cestinha foi o portorriquenho Daniel Santiago, que anotou 17 pontos. A equipe visitante teve ainda o armador J.J. Barea, que adicionou dez pontos, três assistências e três rebotes.

O terceiro lugar do campeonato ficou com a República Dominicana, que, também na sexta, venceu o Canadá por 64 a 62. Recentemente draftado pelo San Antonio Spurs, o armador Cory Joseph anotou três pontos e três rebotes em 23 minutos pelo time canadense.

E mais…

David Bertans é convocado para o Eurobasket

Selecionado pelo San Antonio Spurs no último Draft, o ala Davis Bertans, que disputou o Mundial Sub-19 pela Letônia, foi convocado para a seleção principal de seu país, que jogará o Eurobasket a partir da próxima quarta-feira.

Brasil luta e vence República Dominicana

Na segunda rodada da Copa Tuto Marchand, nesta quinta-feira (25) em Foz do Iguaçu (PR), a Seleção Brasileira teve dificuldade, mas bateu a República Dominicana por 70 a 64. Em noite fraquíssima do pivô Tiago Splitter, o Brasil demorou pra definir a vitória.

O Brasil iniciou bem a partida, abrindo oito pontos logo nos primeiros minutos, porém uma série de erros deu à República Dominicana a virada no fim do primeiro quarto. Liderado pelo armador Marcelinho Huertas, o Brasil não demorou para reagir, e na metade do segundo quarto já liderava o placar. Apesar de não conseguir abrir vantagem e sofrer o empate a sete minutos do fim, o time brasileiro mostrou fôlego na reta final e garantiu a vitória por 70 a 64.

(Foto: Marcos Labanca / FIBA)

(Foto: Marcos Labanca / FIBA)

O grande destaque da partida foi o pivô dominicano Jack Martinez, que fez um duplo-duplo ao marcar 19 pontos e pegar 13 rebotes. Já no lado brasileiro, o melhor em quadra foi o armador Marcelinho Huertas, que, além de ter marcado 16 pontos, distribuiu três assistências e pegou cinco rebotes. Já o pivô do San Antonio Spurs, Tiago Splitter só conseguiu fazer quatro pontos e pegar cinco rebotes em 23 minutos de quadra.

Nesta noite de sexta (26), o Brasil disputa a final do Torneio Tuto Marchand contra Porto Rico, que também venceu suas duas partidas. Na quinta, a equipe venceu o Canadá por 74 a 63 – Cory Joseph, selecionado pelo Spurs no último Draft, deixou a quadra com sete pontos e dois rebotes em 17 minutos. O jogo, que valerá o título da competição amistosa, será as 21h15 (de Brasília) com transmissão do canal Sportv2.

Brasil surpreende e garante vitória

News by Koba

* Com Victor Moraes

No primeiro jogo da Copa Jenaro Tuto Marchand, disputado nesta quarta-feira (24) em Foz do Iguaçu (PR), a Seleção Brasileira atropelou o Canadá no primeiro quarto, marcando 24 pontos e permitindo apenas dois do adversário e, a partir, daí só administrou a partida rumo à vitória. Fim de jogo, Brasil 88 a 70.

brasil vs canadá

Surpresa!! (Créditos: http://www.fibaamericas.com)

 O pivô do San Antonio Spurs, Tiago Splitter, comandou o time nacional com 14 pontos e quatro rebotes em cerca de 18 minutos. Com larga vantagem durante todo o jogo, Rubén Magnano aproveitou para experimentar algumas formações na equipe. Além de Splitter, outros destaques foram o também pivô Rafael Hettsheimer, que anotou 14 pontos, e o ala-pivô Guilherme Giovannoni, que deixou a quadra com 13 pontos e quatro rebotes.

O armador Cory Joseph, selecionado no último Draft pelo Spurs, não foi escalado para a partida. Sem Joseph, o destaque do Canadá foi o ala-armador Carl English, que foi o cestinha do jogo, totalizando 17 pontos anotados.

O Brasil volta a jogar nesta quinta-feira (25) às 21h15 (de Brasília) contra a seleção da República Dominicana, que foi derrotada pela equipe de Porto Rico por 99 a 77 na estreia. Os confrontos estão sendo transmitidos ao vivo pelo Sportv2.

Splitter volta e Brasil vence os dominicanos

Divulgação/CBB

Depois de perder os primeiros amistosos da Seleção Brasileira, que se prepara para a Copa América – torneio classificatório para a Olimpíada de Londres-2012 – o pivô brasileiro Tiago Splitter voltou às quadras nesta segunda-feira (22). O jogador do San Antonio Spurs anotou sete pontos na vitória do Brasil sobre a República Dominicana por 87 a 77, em jogo-treino disputado em Foz do Iguaçu (PR).

O destaque brasileiro na partida foi Marcelinho Machado, maior pontuador de sua equipe com 13 pontos. O cestinha da partida foi o ala-pivô Charlie Villanueva, que anotou 18.

“Este foi outro teste importante, contra um adversário direto na luta pela vaga olímpica, que me deu a chance de fazer análises importantes com relação ao nosso time”, disse o argentino Rubén Magnano, técnico do Brasil, após o jogo.

Após a partida, o treinador cortou o pivô Paulão Prestes da seleção, e definiu o grupo que vai a Mar del Plata lutar pela vaga olímpica. Além de Splitter e Machado, os armadores Marcelinho Huertas, Nezinho e Rafael Luz; os alas Vitor Benite, Alex e Marquinhos e os pivôs Guilherme Giovannoni, Augusto Lima, Rafael Hettsheimeir e Caio Torres vão formar o elenco brasileiro.

Na quarta-feira, às 19h, com transmissão do SporTV, o Brasil encara o Canadá na estreia Tuto Marchand, último passo da preparação da Seleção para a Copa América. Porto Rico e República Dominicana também disputarão o torneio amistoso.

Cadê as vitórias?

Um time que apresenta um bom basquetebol e melhoras individuais, mas que ainda não consegue ganhar. Essa é a realidade do San Antonio Silver Stars desde o início de julho. Só nessa semana foram duas partidas protagonizadas pelas estrelas do Texas, e ambas terminaram em derrota.

Apesar de todos os lados ruins do jogo, Becky Hammon quase fez um triplo-duplo: 22 pontos, 10 assistências e 8 rebotes. Foto: Barry Gossage/NBAE/Getty Images

Uma das coisas que está atrapalhando o San Antonio Silver Stars é a arbitragem, que se apresenta horrível neste ano na WNBA. O jogo perdido para o Phoenix Mercury na madrugada de ontem para hoje teve esse fim porque os refs marcaram uma falta invisível a favor de Penny Taylor. A partir daí vieram outras, e o esquadrão de Dan Hughes perdeu por apenas seis pontos.

Falando no técnico, na terça ele foi expulso de quadra após levar a segunda falta técnica. O comandante explodiu exatamente por causa das marcações desnecessárias contra o Stars. Esse compromisso foi contra o Indiana Fever, e terminou com o placar de 65 a 63. Se Dan não tivesse levado a última penalização, a vitória estaria mais fácil.

Com essa terrível campanha de apenas duas vitórias nos oito jogos deste mês (sendo que uma delas foi contra o Tulsa Shock…), essas meninas têm que tomar cuidado, e não perder a igualmente terrível quarta colocação para o Los Angeles Sparks.

Exatamente como nessa foto, o San Antonio Silver Stars precisa ser esforçar para parar suas próximas adversárias. Foto: David Sherman/NBAE/Getty Images

A agenda do Stars até o final da temporada regular está assustadora. Elas jogarão contra o Seattle Storm (que tem a Lauren Jackson de volta. Tristeza) e o Minnesota Lynx duas vezes, e ainda têm mais um clássico contra o Phoenix Mercury. Outro adversário é o Connecticut Sun, dono de uma das maiores ofensivas da temporada. Já vencemos este time, mas de maneira surreal, porque o Sun não fez tudo aquilo que pode. Os coringas são Washington Mystcs, Tulsa Shock e Los Angeles Sparks. Dessas nove partidas, quatro serão no AT&T Center.

O San Antonio Silver Stars tem jogado muito bem. Tem se recuperado de grandes vantagens contra, pegado mais rebotes, defendido bem, porém existe uma incapacidade da arbitragem que está decidindo os jogos contra o time do AT&T Center.

Fique ligado no que vai acontecer essa semana. Na terça-feira a equipe pega a estrada até Seattle, e começar a jogar às 22h. Na sexta-feira, outra pedra no sapato, também fora de casa, contra o Minnesota Lynx. Esse duelo se repetirá no domingo, às 15h, porém em solo texano.

Assustador, não!?

Um abraço!
Roberta, #GoStarsGo