Arquivo diário: 21/08/2011

Cadê as vitórias?

Um time que apresenta um bom basquetebol e melhoras individuais, mas que ainda não consegue ganhar. Essa é a realidade do San Antonio Silver Stars desde o início de julho. Só nessa semana foram duas partidas protagonizadas pelas estrelas do Texas, e ambas terminaram em derrota.

Apesar de todos os lados ruins do jogo, Becky Hammon quase fez um triplo-duplo: 22 pontos, 10 assistências e 8 rebotes. Foto: Barry Gossage/NBAE/Getty Images

Uma das coisas que está atrapalhando o San Antonio Silver Stars é a arbitragem, que se apresenta horrível neste ano na WNBA. O jogo perdido para o Phoenix Mercury na madrugada de ontem para hoje teve esse fim porque os refs marcaram uma falta invisível a favor de Penny Taylor. A partir daí vieram outras, e o esquadrão de Dan Hughes perdeu por apenas seis pontos.

Falando no técnico, na terça ele foi expulso de quadra após levar a segunda falta técnica. O comandante explodiu exatamente por causa das marcações desnecessárias contra o Stars. Esse compromisso foi contra o Indiana Fever, e terminou com o placar de 65 a 63. Se Dan não tivesse levado a última penalização, a vitória estaria mais fácil.

Com essa terrível campanha de apenas duas vitórias nos oito jogos deste mês (sendo que uma delas foi contra o Tulsa Shock…), essas meninas têm que tomar cuidado, e não perder a igualmente terrível quarta colocação para o Los Angeles Sparks.

Exatamente como nessa foto, o San Antonio Silver Stars precisa ser esforçar para parar suas próximas adversárias. Foto: David Sherman/NBAE/Getty Images

A agenda do Stars até o final da temporada regular está assustadora. Elas jogarão contra o Seattle Storm (que tem a Lauren Jackson de volta. Tristeza) e o Minnesota Lynx duas vezes, e ainda têm mais um clássico contra o Phoenix Mercury. Outro adversário é o Connecticut Sun, dono de uma das maiores ofensivas da temporada. Já vencemos este time, mas de maneira surreal, porque o Sun não fez tudo aquilo que pode. Os coringas são Washington Mystcs, Tulsa Shock e Los Angeles Sparks. Dessas nove partidas, quatro serão no AT&T Center.

O San Antonio Silver Stars tem jogado muito bem. Tem se recuperado de grandes vantagens contra, pegado mais rebotes, defendido bem, porém existe uma incapacidade da arbitragem que está decidindo os jogos contra o time do AT&T Center.

Fique ligado no que vai acontecer essa semana. Na terça-feira a equipe pega a estrada até Seattle, e começar a jogar às 22h. Na sexta-feira, outra pedra no sapato, também fora de casa, contra o Minnesota Lynx. Esse duelo se repetirá no domingo, às 15h, porém em solo texano.

Assustador, não!?

Um abraço!
Roberta, #GoStarsGo

Anúncios

Richards deve continuar na Europa

Após recuperar-se de contusão e jogar a Divisão B do Europeu Sub-20 pela Grã-Bretanha, Ryan Richards treina com a seleção principal, que se prepara para disputar o Eurobasket. O ala-pivô se disse grato ao San Antonio Spurs, que o ajudou durante sua recuperação.

“Desde que me mudei para San Antonio, passei a maior parte do tempo na reabilitação, recuperando minha saúde e aprendendo sobre o jogo. Foi uma temporada difícil, mas estou gostando de fazer parte de uma das melhores franquias do basquete”, disse Richards, em entrevista ao site britânico Kent News.

No entanto, o jogador afirmou que deve passar ao menos mais uma temporada na Europa antes de se transferir para o Spurs.

“Provavelmente, vou voltar para Europa para começar a próxima temporada e mostrar meu jogo. Só quero mostrar que eu tenho o que é preciso para ajudar o Spurs a vencer”, declarou o ala-pivô.

E mais…

Richard Jefferson está treinando com Deron Williams

Durante a offseason, Richard Jefferson está treinando com um grupo de jogadores da NBA para manter-se em atividade. Quem revelou a informação foi o ala Chase Budinger: “Temos Mo Williams, Deron Williams, Richard Jefferson, então temos um bom grupo para treinar, manter a forma e continuar jogando basquete”, disse o jogador do Houston Rockets, em entrevista ao site Gant Daily.