Arquivo diário: 10/07/2011

Solucionando problemas

Mais uma semana de agenda tranquila para o Stars, com um único jogo. Porém, esse não trouxe alegria. O time acrescentou uma derrota em sua campanha, e agora tem a primeira posição na tabela do oeste comprometida, já que a marca de 7 vitórias e 3 derrotas está igual à do Minnesota Lynx. A diferença é que o San Antonio vem de dois compromissos mal sucedidos, enquanto o Lynx venceu suas duas últimas partidas.

O jogo da sexta-feira teve lances bonitos, mas eles não foram o suficiente para trazer outra vitória para o San Antonio Silver Stars

Na sexta-feira (8), o New York Liberty foi até o AT&T Center para tentar mais um triunfo sobre o time da casa. E conseguiu, em um jogo apertado com placar final de 76 a 73. Por pouco o Stars não ficou com oito vitórias. Danielle Adams (nosso ouro) acertou a bola de três que deixou o jogo com essa diferença final. No retorno, o visitante errou e a posse voltou para as texanas. Aí chega o erro de Dan Hughes. Becky Hammon cobrou a lateral e o comando ficou com a novata Danielle Robinson, que se mostrou perdida perante a marcação sobre ela e as colegas. Ao invés de arremessar no aperto, preferiu dar o passe para trás, mas não conseguiu fazê-lo com precisão. Seu objeto de trabalho foi para o lado adversário, ou seja, reversão, com tempo impossível para o time se recompor.

A equipe, que até então era aquela a ser vencida, sofreu duas quedas consecutivas. O que pode ser mudado?  A resposta está em outra pergunta: do que a equipe precisa? Ataque rápido para pontuar… e rebote, mas esse é hors concours, infelizmente.

A defesa foi muito bem trabalhada durante a pré-temporada, e isso tem surtido efeito, mas o ataque está enfraquecido. A maioria das vitórias veio por meio de viradas, e isso nem sempre é bom. É melhor começar na frente e terminar no mesmo lugar. O Stars tem provado que contra times mais experientes não dá para confiar apenas na esperança de, em algum momento do terceiro quarto, fazer 30 pontos para tomar a liderança. Não deu certo enfrentando o Phoenix Mercury uma vez, nem com o New York Liberty duas vezes.

Com sua habilidade e velocidade, Danielle Robinson pode se tornar uma titular absoluta do San Antonio

O quinteto titular é experiente, mas ofensivamente fraco. Obviamente, Roneeka Hodges já perdeu sua vaga. Primeiro, Dan tentou Scholanda Robison, mas seus 2.1 pontos por jogo não são o que o time precisa. Jia Perkins, que teve sua chance primogênita como titular na sexta-feira, tem trazido 14.2 pontos para o Stars nessa temporada – portanto, está bem posicionada, não precisa ser mexida. Ruth Riley está fazendo pouco abaixo de sua marca na carreira (6.8 em 2011/7.0 na carreira), mas não existe melhor opção para a vaga de pivô no time. A única que poderia substitui-la é Jayne Appel, e essa está fora de cogitação, é fraca. Becky Hammon e Sophia Young são elementos essenciais. Elas NÃO PODEM, repito, NÃO PODEM, estar fora do início do jogo. A australiana Tully Bevilaqua, com média de 1.1 ponto por jogo nesta temporada, tem que sair urgentemente da posição de armadora principal. Ela tem experiência, marca forte, mas está na hora de mudar a tática.

As titulares ideais seriam Jia Perkins, Sophia Young, Ruth Riley, Becky Hammon e Danielle Robinson. Por causa de seu físico, e também por ser o elemento surpresa, Danielle Adams fica no banco. É melhor preservá-la para evitar faltas em excesso e lesão precoce.

Porém, todas essas mudanças são muito radicais para o San Antonio. Dan Hughes precisa ser corajoso e trabalhar forte com Danielle Robinson, para que ela seja a nova substituta principal da posição número 1, e consequentemente se torne a titular dessa. Da maneira que o time tem apresentado uma sincronia tão agradável quanto uma sinfonia de Tchaikovsky, é possível arriscar assim.

E para saber se terá alguma mudança, fique ligado no jogo contra o Los Angeles Sparks, na terça-feira (12, às 20h), e contra o Seattle Storm, na quinta-feira (14, às 21h). E também acompanhe esse coluna, todo domingo, aqui no Spurs Brasil.

Além do San Antonio Silver Stars, você pode seguir os outros times da liga no meu blog, Dentro da WNBA. O endereço é http://dentrodawnba.blogspot.com.

Um grande abraço.
Roberta. #GoStarsGo

Anúncios