Arquivo diário: 09/05/2011

Em Barcelona, diretor do Spurs se impressiona com croata

https://i2.wp.com/i689.photobucket.com/albums/vv251/peskinha/barras/glauber-noticias.jpg

Danny Ferry, vice-presidente de basquete do San Antonio Spurs, esteve em Barcelona para acompanhar o Final Four da Euroleague e observar alguns jovens atletas. Além da final do principal torneio de clubes europeu, aconteceu também no Palau Sant Jordi a fase final do Nike International Junior Tournament, principal campeonato europeu de clubes para as categorias de base.

Ferry teve a oportunidade de acompanhar o confronto entre KK Zagreb, da Croácia, e FMP Belgrade, da Sérvia, pelo torneio júnior e, em entrevista ao site italiano Il Messaggero.it, declarou que um jovem jogador lhe interessou.

Saric (á esquerda) interessou Danny Ferry (Foto por Rampolla, Contessa, Adone, Pietrucci/Euroleague.net)

Esse jovem atleta é o ala croata Dario Saric, de 17 anos, das categorias de base do KK Zagreb. Saric foi escolhido como jogador mais valioso (MVP) da EuroBasket Sub-16, em 2010, após liderar o torneio em pontos e rebotes, com 24,3 e 11,5 por jogo, respectivamentes, e ser vice líder em assistências, com 5,8 por partida. Na final, contra a Lituânia, ele anotou um triplo-duplo, com 30 pontos, 11 rebotes e 11 assistências, se tornando apenas o segundo jogador a alcançar tal feito depois de Ricky Rubio, em 2006.

Anúncios

No Twitter, jogadores do Spurs alfinetam Lakers

Danny Green: that shit was dirty!

O Los Angeles Lakers foi humilhado pelo Dallas Mavericks na semifinal da Conferência Oeste e perdeu a linha. Lamar Odom, melhor reserva da temporada, foi expulso após falta em Dirk Nowitzki, enquanto Andrew Bynum deu uma cotovelada criminosa em J.J. Barea e também foi para o chuveiro mais cedo.

O jogo sujo dos angelinos gerou comentários dos mais variados no Twitter – a maioria deles negativos. George Hill, armador do San Antonio Spurs, foi um dos primeiros a se manifestar contra a truculência dos atletas californianos. “No final das contas ninguém quer perder, mas o modo como você aceita a derrota é a chave de tudo. Pensei que o Lakers teria mais caráter”, comentou o jogador, que trocou farpas com Kobe Bryant durante uma partida da temporada regular.

O ala Danny Green embarcou na do companheiro e também teceu comentários na rede social: “Pelo menos vá na bola, cara”, disse ele, sobre a cotovelada desleal do pivô do Lakers. “Você pode fazer uma falta dura de playoff e continuar sendo um jogador limpo. Aquilo foi uma sujeira”, finalizou.