Do que San Antonio precisa para vencer o jogo 4?

É hora de dar a volta por cima!

Daqui a pouco começa o jogo quatro da série entre San Antonio Spurs e Memphis Grizzlies. Nós, torcedores, queríamos um pouco mais de sossego, mas as duas derrotas sofridas até aqui vêm tirando o nosso (pelo menos o meu) sono. Vencer hoje é extremamente importante, já que um revés pode nos trazer consequências trágicas.

Já vimos que Antonio McDyess deverá estar no quinteto titular. Dice havia se machucado no jogo três após se chocar com Tim Duncan e sair carregado para os vestiários. A volta do pivô é interessante, pois o veterano é fundamental para ajudar a marcar Marc Gasol e Zach Randolph.

No meu ponto de vista, no entanto, temos mais problemas do que imaginamos nesta série. Além da frágil defesa debaixo da cesta, precisamos daquilo que foi nosso combustível principal ao longo da temporada regular: o banco de reservas. Pois é, nossos suplentes vêm tendo alguns problemas para pontuar, o que é muito preocupante.

Manu Ginobili mostra como se faz!

Gary Neal e Matt Bonner, principalmente, atravessam uma má fase. Especialistas em bolas de três pontos, ambos andam com a pontaria descalibrada. George Hill, nosso principal suplente, vem alternando partidas boas e ruins. Lembremos aí do jogo 1, quando Hill, livre, teve a chance de nos dar a vitória, mas errou um arremesso que dificilmente erraria num jogo normal.

Na área pintada, DeJuan Blair está devendo – há muito tempo, diga-se de passagem. Ao meu ver, Gregg Popovich poderia testar Tiago Splitter. Além de ser efetivo na tábua ofensiva, o brazuca poderia ajudar a conter Gasol e Randolph. Torço para que Popovich dê uma chance ao brasileiro, pois se depender dos esforços defensivos de Blair e Bonner estamos perdidos!

Outro ponto crucial para obtermos a vitória nesta série é Richard Jefferson. Bato sempre nesta tecla e sei que parece chatisse minha, mas quando Jefferson vai bem dificilmente o Spurs é derrotado. Por que? Simplesmente porque ele é o principal desafogo ofensivo (ao lado de George Hill) para o nosso trio de ferro. Jefferson precisa voltar a jogar bem caso San Antonio ainda pense em título.

Anúncios

Sobre Bruno Pongas

Acompanha o San Antonio Spurs desde 1998, já escreveu para o Spurs Brasil de 2008 a 2012, criou o Destino Riverwalk e agora volta à velha casa para dar seus pitacos sobre o San Antonio Spurs.

Publicado em 25/04/2011, em Na linha dos 3 e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. 7 Comentários.

  1. Eu apontaria outras 2 coisas:
    1- Tony Parker esta indo muito mau
    2- O Popovich poderia testar também o Steve Novak, já que as bolas de 3 de Matt Bonner não estão caindo

  2. 1 – Parker tem que parar Conley e pontuar mais.
    2- Splitter tem que entrar.
    3- Duncan tem que bater no peito e chamar a responsa tmb.
    4- Os reservas precisam melhorar.

  3. Pelo jeito outra derrota .

  4. Os mosntrinhos do space jam roubaram o talento do Jefferson!

  5. 1- Marcar
    2- Descobrirem que o Duncan tem 34 anos e por isso não pode aguentar sozinho no garrafão ( Sim Bonner)
    3- Diminuir os Turnovers
    Ginobili faz mágica em quadra

  6. Agora complicou de vez…

  1. Pingback: Hora de aprender com os rivais! | Spurs Brasil – O seu site de notícias em português sobre o San Antonio Spurs

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s