Março, mês f*da

Amigo leitor, desculpe a indelicadeza no título desta coluna. Mas começa, na próxima terça-feira, o mês mais difícil para o San Antonio Spurs nesta temporada da NBA. A equipe vai enfrentar os principais candidatos ao título da liga – alguns por mais de uma vez. Por isso, vou usar este espaço de hoje para analisar os próximos adversários da equipe texana, com seu aproveitamento até hoje (sábado, 26/02) entre parênteses.

Este pessoal vai ter trabalho em março

Boston Celtics (73,2%)

Estou entre os que defende o Celtics na troca que enviou Kendrick Perkins para o Oklahoma City Thunder em troca de Jeff Green. A equipe desistiu de um bom jogador, mas que atuava debaixo da cesta, posto congestionado no elenco, para receber um reserva para Paul Pierce, principal carência no plantel alviverde nas últimas temporadas. Mas, é claro que, para o time funcionar, será fundamental que Shaquille O’Neal e Jermaine O’Neal se mantenham saudáveis – o que nem sempre acontece. No primeiro duelo, disputado em Boston, os dois pivôs atuaram e ajudaram a equipe da casa a bater o Spurs por 115 a 113. Hoje, meu palpite é que este confronto se repetirá na final da NBA.

Miami Heat (72,9%) 2 vezes

Desde que a equipe da Flórida contratou seu Big Three, este é o confronto que mais espero na temporada. Manu Ginobili dá conta de parar Dwyane Wade? Ou o escolhido será George Hill, deixando que o argentino tente marcar LeBron James? Se The King levar vantagem na força física, Richard Jefferson conseguirá marcá-lo de modo eficiente? Chris Bosh vai deitar e rolar para cima de DeJuan Blair, ou Gregg Popovich apostará no small ball, colocando RJ24 na cola do ex-Raptor? É esperar para ver.

Dallas Mavericks (71,9%)

O Mavs, uma das equipes mais quentes da NBA no último mês, tentou se reforçar na Trade Deadline: ofereceu ao Detroit Pistons o contrato expirante do lesionado Caron Butler em troca de Tayshaun Price, que cairia muito bem no time do Texas. Mesmo sem conseguir suprir seu desfalque, o rival local do Spurs é um adversário muito perigoso. Pop e companhia já os enfrentaram três vezes na atual temporada, e venceram duas. Porém, na única vez que Dirk Nowitzki esteve em quadra, o Dallas levou a melhor, e em pleno AT&T Center. Todo cuidado será pouco.

Los Angeles Lakers (68,3%)

Das equipes de ponta, sem dúvida foi a que melhor aproveitou a pausa para o All-Star Weekend. Kobe Bryant foi o MVP do All-Star Game, e parece ter voltado para a Califórnia mais focado e confiante, assim como toda a equipe, que venceu os três jogos que fez desde lá. Porém, até aqui o Spurs venceu os dois confrontos que aconteceram na temporada regular, fazendo um grande trabalho na defesa de Kobe e de Pau Gasol – o segundo foi anulado de forma até surpreendente, já que o time texano tem bastante dificuldade para marcar os alas-pivôs adversários. Se a pegada defensiva for mantida, o Spurs pode vencê-los novamente.

Portland TrailBlazers (56,9%) 2 vezes

Um nível abaixo dos quatro acima citados, o Blazers adora beliscar o Spurs durante a temporada regular. Já o fez uma vez nesta temporada, no último dia 1º, e, na oportunidade, ainda estava sem Brandon Roy, machucado, nem com Gerald Wallace, recentemente contratado. A dupla, somada ao ala-pivô LaMarcus Aldridge, que vem jogando o melhor basquete de sua vida nesta temporada, torna este time aquele que tem maiores chances de surpreender uma das quatro potências do Oeste (Spurs, Mavericks, Lakers e Thunder) nos playoffs desta temporada.

Denver Nuggets (56,7%)

Depois da troca que enviou Carmelo Anthony para o New York Knicks, o Nuggets é um time cheio de dúvidas. Quem será o armador titular: o sólido Raymond Felton ou o promissor Ty Lawson? Os dois podem jogar juntos? O versátil Wilson Chandler será usado onde: ala-armador, ala ou ala-pivô? Vale a pena continuar dando tempo de quadra para Kenyon Martin e Nenê, sendo que o primeiro deve deixar a equipe na offseason e o segundo ainda não deu certezas sobre sua permanência? Dependendo da velocidade com que essas dúvidas forem decididas – e graças ao enfraquecimento do Utah Jazz – a equipe de Denver pode até conseguir ir para os playoffs, e é uma das principais candidatas a enfrentar o Spurs na primeira rodada.

Memphis Grizzlies (54,2%) 2 vezes

Com o enfraquecimento de Denver Nuggets, Utah Jazz e possivelmente New Orleans Hornets – já que Chris Paul pode deixar o time na próxima offseason – o Grizzlies deve ser figurinha carimbada nos próximos playoffs do Oeste – o que pode começar já nesta temporada. A equipe ganhou uma peça importante na Trade Deadline, o ala Shane Battier, e ainda tem uma moeda de troca forte, o ala-armador O. J. Mayo, o que pode render ainda mais reforços na próxima intertemporada. Mas, para a sorte do Spurs, o astro Rudy Gay não deve se recuperar a tempo, ao menos, para o primeiro confronto do mês.

Houston Rockets (47,5%)

Agora com Hasheem Thabeet e sem Shane Battier, o time texano deve apostar suas últimas fichas no mês de março para tentar uma arrancada rumo aos playoffs. O duelo local vai acontecer no próximo dia 12. Assim, é provável que o Rockets venha motivado para tentar vencer o rival e seguir sonhando com a pós-temporada. O segredo para segurar a equipe de Houston é parar Kevin Martin, um dos alas-armadores com maior facilidade e versatilidade para pontuar da liga, e não deixar que Luis Scola faça o costumeiro estrago que os alas-pivôs adversários costumam fazer sobre Matt Bonner e DeJuan Blair.

Golden State Warriors (45,6%)

Até o próximo dia 21 – data do último confronto entre Spurs e Warriors nesta temporada – a equipe de Golden State, salvo qualquer surpresa, já deve estar sem chances de se classificar para os playoffs, e pensando mais no próximo draft do que em qualquer outra coisa. Mesmo assim, é bom estar atento para que o trio formado por Stephen Curry, Monta Ellis e David Lee não se empolgue para colocar fogo na partida.

Charlotte Bobcats (44,8%)

A equipe de Michael Jordan ainda tem chances de classificar-se para a pós-temporada, mas parece ter desistido disso ao trocar Gerald Wallace com o Portland. A equipe tem agora menos chances de playoffs – de qualquer modo, não seria páreo para Celtics, Heat, Bulls, Magic, Hawks e Knicks – para pensar no futuro, já que recebeu em troca escolhas de draft e abriu espaço salarial. A curto prazo, porém, tornou-se um dos piores elencos da NBA e, se tudo correr dentro do previsto, deve ser presa fácil para o Spurs.

Detroit Pistons (35%)

Uma franquia que resiste em apostar no presente, e, na última Trade Deadline, evitou trocar veteranos como Richard Hamilton, Tayshaun Price e Ben Wallace. Resultado: uma equipe imprevisível, capaz de vencer o Boston Celtics com certa folga, e, na partida seguinte, tomar um vareio do Phoenix Suns, e com pouquíssimas chances de se classificar para os playoffs. Para vencer o Spurs, o time teria de contar com uma noite inspiradíssima de um ou mais de seus astros – além dos já citados, Tracy McGrady, Ben Gordon e Charlie Villanueva entram nesta lista.

Sacramento Kings (25%)

O panorama é bem parecido com o do Charlotte Bobcats: um time que já pensa no futuro – tanto que enviou o sólido Carl Landry para o New Orleans Hornets em troca do jovem talento Marcus Thornton – mas que hoje tem um dos piores elencos da NBA. A diferença é que hoje o Kings já não alimenta qualquer esperança de chegar aos playoffs. Tyreke Evans e DeMarcus Cousins teriam de ter uma noite de gala para que a equipe conseguisse vencer o Spurs.

Cleveland Cavaliers (19%)

Após uma temporada para ser jogada no lixo, a equipe se movimentou na Trade Deadline e já pensa no futuro – conseguiu escolhas de draft e dois jovens jogadores grandes, Luke Harangody e Semih Erden, o segundo com um interessante potencial. Mesmo assim, o plantel ainda carece de alternativas, o time é fraco e tem a pior campanha da NBA. De qualquer modo, um pouco de cautela não faz mal a ninguém, já que a equipe venceu recentemente Los Angeles Clippers, Los Angeles Lakers e New York Knicks.

Sobre Lucas Pastore

Um dos fundadores do Spurs Brasil. Formado em Jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie em 2010, é editor assistente do UOL Esporte. Cobriu o basquete olímpico na Olimpíada de 2016 pelo LANCE!. Trabalhou também para Basketeria e mob36.

Publicado em 26/02/2011, em Na linha dos 3. Adicione o link aos favoritos. 13 Comentários.

  1. Caracas só vai ter pedreira heim?!!Agora é a hora do Spurs mostrar a que veio!!

    Da-le Spurs neles!!!!

  2. Quanta bosta falada sobre o Nuggets ein??O time do Nuggets fikou MUITO MUITO mais forte agora com as trokas e com certeza vai fikar entre o 5-8 colocado no oeste, dentre os times que podemos pegar na primera rodada os mais dificeis seriam Blazers e Nuggets, o Memphis nao tem força nos playoff. Mas eh o Spurs quem deve ser temido e nao os spurs temer os outros, afinal saudaveis todo mundo sabe que Spurs pode bater qualquer time da liga

    • Então aonde está a “bosta falada”? Você diz que o Denver Nuggets deve se classificar para os playoffs, eu digo que “a equipe de Denver pode até conseguir ir para os playoffs, e é uma das principais candidatas a enfrentar o Spurs na primeira rodada”. Você diz que o time agora é mais forte, e eu não disse que ficou mais fraco – apenas que é um time cheio de dúvidas.

      Por favor, seja mais claro e educado na crítica. Se você diz que falei “bosta” e concorda, isso diz muito sobre o seu comentário.

      • O que me referi a bosta(confesso que exagerei um pouco) eh tu falar que os cara “pode até conseguir”, soa como se os cara tivesse pocas chances e fosse muito mais fracos que Memphis, Suns, Blazers(que estao atras deles), sendo que os cara tem um time com varios jogadores que podem marca 15-20 pontos/jogo e agora eles tão defendendo bem diferente de antes quando tinham Carmelo e Billups, o time deles ta muito mais equilibrado agora, portanto nao vejo eles como caras que “PODEM ATEH CONSEGUIR”, essa “podem ateh conseguir” pode ser usada pra falar pro Suns ou Memphis, mas nao para times como Nuggets, que com certeza dariam muito trabalho nos playoffs

      • Axo que o f*da no inicio do post tbm estimulo a responde asism kkkk

  3. Tudo bem Bruno, entendo que você não falou por mal =]

    Mas vale lembrar, que nem eu comentei na coluna, que o Nuggets não é um time “pronto”, vai demorar pros novos jogadores acharem suas funções no elenco e pra equipe tem “química”. Basta ver que, depois da troca, foram dois jogos e duas escalações diferentes, o técnico ainda vai precisar de algumas experiências. E, como faltam menos de dois meses para o fim da regular, esse tempo pode custar algumas derrotas e a consequente queda na tabela.

    Eu acredito que Nuggets e Grizzlies vão se classificar em 7º ou 8º, não necessariamente nessa ordem. Um dos dois deve ser o adversário do Spurs nos playoffs. Mas como você falou: são times bons, mas nada a temer. Eles que têm que temer enfrentar o melhor time da temporada logo na primeira rodada.

  4. Bom então é nesse mês que nos realmente veremos se os Spurs estão prontos pra vencer mais um titulo ou se é fogo de palha dos caras ! Espero que nos saimos bem afinal se queremos realmente conquistar 5ºtitulo temos que mostrar agora !Não tem mais espaço pra dormir em quadra ou vacilar em momentos mais tranquilos durante as partidas coisas que vem acotecendo !! É agora ou nunca Go Spurs Go !!

  5. Isso eu concordo com o leito a cima,é agora que eles tem que mostrar a que veio!

    Vacilar não pode de jeito nenhum!

    Go spurs Go!!!!!

  6. Bruno Lorscheiter Alves

    Só pra esclarecer, esse Bruno que postou que foi falado bosta não sou eu, que também esotu aqui comentando com frequencia… não quero torrar meu filme aqui haha ainda mais que ganhei um álbum do spurs brasil!

  7. sem querer ser chato,mas ali,ao lado do TD,num é o velho bruce bowen?

  8. Esse jogo contra o heat promete,estou no aguardo tambem
    E como eu era fã do Ben Wallace
    Infelizmente a idade pesou para o Big Ben

  9. Bruno Lorscheiter Alves

    Só pra deixar claro, esse Bruno que disse que o Lucas escreveu “bosta” não sou eu, que estou aqui comentando com frequencia tbm… não quero torrar meu filme com a galera ae hahaha ainda mais q ganhei um álbum de figurinhas da galera do spurs brasil…

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.