Spurs (45-9) @ Wizards (14-38) – Atropelou!

118X94https://i1.wp.com/l.yimg.com/a/i/us/sp/v/nba/teams/20080123/80x60/was.gif

Sem dar a mínima chance para o Washington Wizards, o San Antonio Spurs se recuperou em grande estilo da derrota contra o Philadelphia 76ers e superou, com facilidade, o time da capital norte-americana, por 118 a 94.

O basquete é mesmo algo fascinante (AP Photo)

Pela primeira vez na temporada, o técnico Gregg Popovich mudou o quinteto inicial da equipe, promovendo George Hill ao time titular e colocando Manu Ginobili no banco de reservas. O restante da equipe foi a mesma, com Tony Parker, Richard Jefferson, Tim Duncan e DeJuan Blair.

Parker deitou e rolou enquanto esteve em quadra (Ned Dishman/NBAE via Getty Images)

Com o incômodo da derrota na noite anterior para o Sixers ainda bem vivo na cabeça dos jogadores, o Spurs evitou dar sopa para o azar e foi arrasador desde o início. Anotando 37 pontos contra apenas 18 do adversário, o primeiro quarto foi uma prévia do que seria a partida.

Já no segundo período o duelo estava decidido. O Spurs abriu 30 pontos de vantagem e nem mesmo o Washington Wizards parecia querer buscar uma reviravolta. O placar de 72 a 45 no intervalo fez com que o restante da partida fosse mera formalidade.

Com oportunidade de ter um “treino de luxo”, o técnico Gregg Popovich aproveitou para poupar seus principais jogadores e dar um pouco mais de rodagem a quem costuma jogar menos tempo. Parker ficou em quadra apenas 19 minutos, Duncan 12 e Manu Ginobili somente oito.

A diferença final no placar de 24 pontos ainda ficou barato para o time de Washington. O San Antonio Spurs chegou a ter mais de 40 pontos de vantagem ainda no terceiro quarto, e alcançou a contagem centenária quando ainda restavam mais de dois minutos para o final do período.

Nos últimos dez minutos, com a vitória já mais do que assegurada e apenas os reservas em quadra, o Spurs permitiu que o Wizards diminuisse a diferença, mas isso sequer foi suficiente para empolgar a torcida no Verizon Center.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Tony Parker – 18 pontos e oito assitências

George Hill – 18 pontos e três assitências

Gary Neal – 16 pontos, quatro rebotes e quatro assistências

Richard Jefferson – 14 pontos

DeJuan Blair – 13 pontos e 12 rebotes

Matt Bonner – 12 pontos

Washington Wizards

Andray Blatche – 16 pontos e nove rebotes

Cartier Martin – 16 pontos

JaVale McGee – 14 pontos

Anúncios

Sobre Victor Moraes

Formado em Jornalismo no ano de 2012 pela Universidade Metodista de São Paulo. Fanático por esportes, sobretudo o basquete, passou pela redação do Diário Lance!, trabalhou na Liga Nacional de Basquete e no extinto Basketeria. Se orgulha de fazer parte da equipe do Spurs Brasil desde a criação em 2007.

Publicado em 13/02/2011, em Resumo de Jogos e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. 6 Comentários.

  1. Não me recordo de um double-double do bonner
    o Splitter e o Anderson voltam quando aos jogos?
    acham que eles vão ser mais acionados depois do all star?

  2. Espero que Manu tenha sido poupado! Não concordo em colocá-lo no banco.

    Iago, acho que o Splitter deve voltar antes mesmo do All-Star Game.

  3. Pedro Mendes

    vitoria easy!

  4. k-delmondes

    Faltou o Tiago pra tirar a asquinha dele…

  5. Spurs não teve conhecimento dos Wisards!!

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s