Arquivo diário: 10/02/2011

Splitter e Neal viram dúvida para o duelo de sexta-feira

O San Antonio Spurs bateu o Toronto Raptors na quarta-feira pelo placar de 111 a 100. No triunfo, destaque para DeJuan Blair, que deixou a quadra com um expressivo double-double: 28 pontos e 11 rebotes.

Apesar da 44ª vitória na temporada, San Antonio poderá ter duas baixas para o duelo de sexta-feira diante do Philadelphia 76ers: Tiago Splitter e Gary Neal.

Splitter sentiu a coxa após trombar com o espanhol José Calderón e cair de forma estranha ao final do terceiro período. Neal, por sua vez, deixou a quadra também no segundo tempo com um problema na virilha. Ambos devem ser reavaliados nesta quinta-feira e, dependendo do diagnóstico, podem ser vetados.

Anúncios

Spurs (44-8) @ Raptors (14-39) – A juventude contra-ataca

111X100

Com grande noite de dois dos mais jovens atletas do plantel, DeJuan Blair e George Hill, o San Antonio Spurs alcançou a quarta vitória conquista consecutiva em cinco partidas da Rodeo Trip, derrotando o Toronto Raptors.

Dessa vez o confronto brasileiro aconteceu (Foto por Ron Turenne/NBAE via Getty Images)

Gregg Popovich colocou em quadra os titulares usuais: Tony Parker, Manu Ginobili, Richard Jefferson, Tim Duncan, DeJuan Blair. As duas equipes começaram bem no ataque, com o Spurs acertando 66,7% e o Raptors 57,1% dos arremessos de quadra até a metade do primeiro quarto. Com os dez pontos de Parker, os visitantes conseguiram fechar com a ligeira vantagem de 31 a 29.

Blair o rei dos duplo-duplos (Foto por Frank Gunn/AP Photo/The Canadian Press)

O San Antonio continuava a jogar bem, mas penava para impedir a dupla DeMar DeRozan e Andrea Bargnani, que até o intervalo anotaram 16 e 18 pontos, respectivamente. Mas surgiu no segundo período a jovem dupla Blair e Hill, que marcou 16 tentos junta e manteve o time texano à frente no placar: 60 a 56.

Gary Neal ficou nos vestiários após o intervalo com um problema na virilha. A dupla de Toronto continuava a passear no ataque e conseguiu a dianteira. Perto do fim do terceiro quarto, o pivô brasileiro Tiago Splitter, que fazia uma boa partida até aquele momento, deixou a quadra sentindo uma fisgada na coxa esquerda. Os donos da casa foram para o tempo final à frente: 81 a 84.

Somente no último período que o Spurs conseguiu se acertar defensivamente e começar a garantir a vitória. Com o grande final de partida de DeJuan, que anotou mais 16, igualando sua maior marca da carreira com 28 pontos, o San Antonio alcançou a 44ª vitória na temporada, a 19ª fora de casa, por 111 a 100.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

DeJuan Blair – 28 pontos, 11 rebotes e 66,6% (14-21) nos arremessos de quadra

George Hill – 18 pontos, seis assistências e cinco rebotes

Tim Duncan – 16 pontos, sete rebotes, seis assistências, cinco bloqueios e 63,6% (7-11) nos arremessos de quadra

Tony Parker – 16 pontos e oito assistências

Manu Ginobili – 12 pontos e nove assistências

Tiago Splitter – Seis pontos, oito rebotes (quatro ofensivos), 2-3 nos arremessos de quadra, 2-7 nos lances livres e uma falta em 15 minutos

Toronto Raptors

Andrea Bargnani – 29 pontos

DeMar DeRozan – 25 pontos e quatro assistências

Leandro Barbosa – 20 pontos

Amir Johnson – 12 pontos e 13 rebotes

José Calderón – 11 assistências e sete rebotes