A Rodeo Trip 2011

Na última quarta-feira, durante a 1ª Twitcam do Spurs Brasil, alguns de nossos leitores – além de verem o quanto nós somos feios – perguntaram sobre a Rodeo Trip. Quem quiser saber mais sobre o evento, pode ler este artigo que o nosso blogueiro Victor Moraes escreveu sobre o assunto em 2009. Resumidamente, a cada ano o AT&T Center recebe um rodeio, e, neste período, o San Antonio Spurs se vê obrigado a atuar longe de seu ginásio. E, na próxima terça-feira, junto com o mês de fevereiro, começa uma série de nove partidas que a equipe texana fará como visitante.

Enquanto isso, no AT&T Center...

Por isso, uso hoje este espaço para dissecar a Rodeo Trip 2011 – vou falar da viagem jogo a jogo. Apresento os tópicos no seguinte formato: Data – Nome do adversário – Placar nesta temporada – Dificuldade (em uma escala de 1 a 5) e, em seguida, um pequeno texto analisando o confronto. Vamos à lista:

01/02 – Portland TrailBlazers – 1-0 – 3

Na atual temporada, o Blazers vem sofrendo muito com problemas físicos de seus principais jogadores – como o excelente Brandon Roy e o pivô de porcelana Greg Oden – e mesmo assim deve garantir a vaga para os playoffs. Hoje, o time de Portland é o 8º colocado com folga – tem 54,3% de aproveitamento contra 48,9% do Memphis Grizzlies, que está em 9º – e é um provável adversário do Spurs na primeira fase da pós-temporada. Por isso, pode querer mostrar serviço no jogo.

03/02 – Los Angeles Lakers – 1-0 – 5

Se o Blazers é provável adversário do Spurs na primeira fase dos playoffs, o Lakers é o favorito a chegar nas finais do Oeste para, quem sabe, enfrentar a equipe texana. Atualmente no segundo posto da conferência, a equipe angelina é, sem dúvidas, o oponente mais difícil durante a Rodeo Trip.

04/02 – Sacramento Kings – 0-0 – 2

O Kings é o atual vice-lanterna da Conferência Oeste – está à frente apenas do Minnesota Timberwolves, e por meio jogo – e deve ser presa fácil para o Spurs. Só não coloquei dificuldade 1 por se tratar de um back-to-back – quatro das sete derrotas do time texano na temporada vieram no segundo de uma série de dois jogos seguidos. E vale lembrar o quanto Manu Ginobili se desgastou para marcar Kobe Bryant no primeiro duelo entre Spurs x Lakers desta temporada.

08/02 – Detroit Pistons – 0-0 – 2

O Pistons é um dos times mais irregulares da temporada: foi capaz, por exemplo, de vencer o Boston Celtics com folga, e no jogo seguinte tomar uma surra do Phoenix Suns. A equipe depende demais de uma noite inspirada de uma de suas estrelas, como Tracy McGrady e Tayshaun Prince. Se isso não acontecer, a chance de vitória do Spurs é grande.

09/02 – Toronto Raptors – 1-0 – 2

Terceiro pior time da pior conferência da NBA – a Leste – o Toronto Raptors depende de noites inspiradas de DeMar DeRozan e/ou Andrea Bargnani para vencer. Os dois jogadores citados têm qualidades, mas podem ser anulados com facilidade pela defesa texana. O que pode atrapalhar é o fato de ser mais um back-to-back durante a viagem.

11/02 – Philadelphia 76ers – 1-0 – 2

O 76ers é atualmente o sétimo colocado da Conferência Leste, atrás apenas dos favoritos Boston Celtics, Miami Heat e Orlando Magic e dos medianos Atlanta Hawks, Chicago Bulls e New York Knicks. Digamos que o time da Filadélfia é o “melhor dos piores” da liga, e pode complicar a vida do Spurs se estiver em uma noite inspirada.

12/02 – Washington Wizards – 1-0 – 2

Problema físico do principal jogador, John Wall, briga entre os dois jovens jogadores, Andray Blatche e JaVale McGee, e quarta pior campanha da Conferência Leste: temporada para o Wizards esquecer. Pode complicar a vida do Spurs apenas caso Wall esteja inspirado, e também por se tratar de um back-to-back.

14/02 – New Jersey Nets – 0-0 – 1

Um dos elencos mais fracos da NBA – quem sabe o mais fraco – o New Jersey Nets tem somente 13 vitórias em 45 jogos disputados, campanha superior apenas às de Cleveland Cavaliers, Sacramento Kings e Minnesota Timberwolves. Deve ser uma das mais fáceis presas do Spurs durante esta viagem.

17/02 – Chicago Bulls – 1-0 – 4

Ao lado do San Antonio Spurs, o Chicago Bulls é um dos times que mais melhorou quanto à última temporada. Este crescimento se deu graças ao desenvolvimento do armador Derrick Rose e à chegada do ala-pivô Carlos Boozer, que sempre faz boas partidas contra o Spurs. Parada duríssima para encerrar a viagem.

Como puderam perceber, o time texano ainda não perdeu para nenhum adversário que terá pela frente na Rodeo Trip. Além disso, a equipe encara, durante a viagem, uma série de oponentes tecnicamente mais fracos. Vejo o Spurs com capacidade para voltar ao Texas com, no mínimo, mais cinco vitórias, o que encaminharia bem o primeiro lugar na Conferência Oeste. Vamos torcer!

Anúncios

Sobre Lucas Pastore

Um dos fundadores do Spurs Brasil, seu maior orgulho na carreira jornalística. Formado em Jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie em 2010, é redator do UOL. Cobriu o basquete olímpico na Olimpíada de 2016 pelo LANCE!. Trabalhou também para Basketeria e mob36.

Publicado em 29/01/2011, em Na linha dos 3 e marcado como . Adicione o link aos favoritos. 6 Comentários.

  1. Fala sério , não tem outro lugar pra fazer esse Rodeo ai não ? Temos que ficar tanto tempo fora de casa por causa dessa bosta ( adoro Rodeo, mas quando não atrapalha meus times de coração é claro) Caramba tudo acontece de uma vez com os Spurs primeiro as lesões de jogadores importantes agora isso !?Carambola hein agora é torcer pro Pop não infartar e a gente não ficar sem treinador !!

  2. Nossa gente quantas pessoas cabem no AT&T Center com a quadra de basquete e quantas com essa Arena de Rodeo vcs sabem ?

  3. Bruno Lorscheiter Alves

    Mas é uma cidade mto caipira mesmo, param o ginásio pra fazer exposição de gado kkkkkkk mas é por isso que eu gosto de San Antonio e do Spurs, e a gente sempre arrebenta depois da Rodeo e do All Star. Se bem que eu acho difícil a campanha melhorar, pois já está ótima…

  4. K-delmondes

    Vamos ganhar 7 dessas ai no minmo
    Anota ai

  5. É vamos ganhar umas 7 por ai

  6. Vão fazer 6-3, ja perderam ontem

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s