A Rodeo Trip 2011

Na última quarta-feira, durante a 1ª Twitcam do Spurs Brasil, alguns de nossos leitores – além de verem o quanto nós somos feios – perguntaram sobre a Rodeo Trip. Quem quiser saber mais sobre o evento, pode ler este artigo que o nosso blogueiro Victor Moraes escreveu sobre o assunto em 2009. Resumidamente, a cada ano o AT&T Center recebe um rodeio, e, neste período, o San Antonio Spurs se vê obrigado a atuar longe de seu ginásio. E, na próxima terça-feira, junto com o mês de fevereiro, começa uma série de nove partidas que a equipe texana fará como visitante.

Enquanto isso, no AT&T Center...

Por isso, uso hoje este espaço para dissecar a Rodeo Trip 2011 – vou falar da viagem jogo a jogo. Apresento os tópicos no seguinte formato: Data – Nome do adversário – Placar nesta temporada – Dificuldade (em uma escala de 1 a 5) e, em seguida, um pequeno texto analisando o confronto. Vamos à lista:

01/02 – Portland TrailBlazers – 1-0 – 3

Na atual temporada, o Blazers vem sofrendo muito com problemas físicos de seus principais jogadores – como o excelente Brandon Roy e o pivô de porcelana Greg Oden – e mesmo assim deve garantir a vaga para os playoffs. Hoje, o time de Portland é o 8º colocado com folga – tem 54,3% de aproveitamento contra 48,9% do Memphis Grizzlies, que está em 9º – e é um provável adversário do Spurs na primeira fase da pós-temporada. Por isso, pode querer mostrar serviço no jogo.

03/02 – Los Angeles Lakers – 1-0 – 5

Se o Blazers é provável adversário do Spurs na primeira fase dos playoffs, o Lakers é o favorito a chegar nas finais do Oeste para, quem sabe, enfrentar a equipe texana. Atualmente no segundo posto da conferência, a equipe angelina é, sem dúvidas, o oponente mais difícil durante a Rodeo Trip.

04/02 – Sacramento Kings – 0-0 – 2

O Kings é o atual vice-lanterna da Conferência Oeste – está à frente apenas do Minnesota Timberwolves, e por meio jogo – e deve ser presa fácil para o Spurs. Só não coloquei dificuldade 1 por se tratar de um back-to-back – quatro das sete derrotas do time texano na temporada vieram no segundo de uma série de dois jogos seguidos. E vale lembrar o quanto Manu Ginobili se desgastou para marcar Kobe Bryant no primeiro duelo entre Spurs x Lakers desta temporada.

08/02 – Detroit Pistons – 0-0 – 2

O Pistons é um dos times mais irregulares da temporada: foi capaz, por exemplo, de vencer o Boston Celtics com folga, e no jogo seguinte tomar uma surra do Phoenix Suns. A equipe depende demais de uma noite inspirada de uma de suas estrelas, como Tracy McGrady e Tayshaun Prince. Se isso não acontecer, a chance de vitória do Spurs é grande.

09/02 – Toronto Raptors – 1-0 – 2

Terceiro pior time da pior conferência da NBA – a Leste – o Toronto Raptors depende de noites inspiradas de DeMar DeRozan e/ou Andrea Bargnani para vencer. Os dois jogadores citados têm qualidades, mas podem ser anulados com facilidade pela defesa texana. O que pode atrapalhar é o fato de ser mais um back-to-back durante a viagem.

11/02 – Philadelphia 76ers – 1-0 – 2

O 76ers é atualmente o sétimo colocado da Conferência Leste, atrás apenas dos favoritos Boston Celtics, Miami Heat e Orlando Magic e dos medianos Atlanta Hawks, Chicago Bulls e New York Knicks. Digamos que o time da Filadélfia é o “melhor dos piores” da liga, e pode complicar a vida do Spurs se estiver em uma noite inspirada.

12/02 – Washington Wizards – 1-0 – 2

Problema físico do principal jogador, John Wall, briga entre os dois jovens jogadores, Andray Blatche e JaVale McGee, e quarta pior campanha da Conferência Leste: temporada para o Wizards esquecer. Pode complicar a vida do Spurs apenas caso Wall esteja inspirado, e também por se tratar de um back-to-back.

14/02 – New Jersey Nets – 0-0 – 1

Um dos elencos mais fracos da NBA – quem sabe o mais fraco – o New Jersey Nets tem somente 13 vitórias em 45 jogos disputados, campanha superior apenas às de Cleveland Cavaliers, Sacramento Kings e Minnesota Timberwolves. Deve ser uma das mais fáceis presas do Spurs durante esta viagem.

17/02 – Chicago Bulls – 1-0 – 4

Ao lado do San Antonio Spurs, o Chicago Bulls é um dos times que mais melhorou quanto à última temporada. Este crescimento se deu graças ao desenvolvimento do armador Derrick Rose e à chegada do ala-pivô Carlos Boozer, que sempre faz boas partidas contra o Spurs. Parada duríssima para encerrar a viagem.

Como puderam perceber, o time texano ainda não perdeu para nenhum adversário que terá pela frente na Rodeo Trip. Além disso, a equipe encara, durante a viagem, uma série de oponentes tecnicamente mais fracos. Vejo o Spurs com capacidade para voltar ao Texas com, no mínimo, mais cinco vitórias, o que encaminharia bem o primeiro lugar na Conferência Oeste. Vamos torcer!

Sobre Lucas Pastore

Um dos fundadores do Spurs Brasil. Formado em Jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie em 2010, é editor assistente do UOL Esporte. Cobriu o basquete olímpico na Olimpíada de 2016 pelo LANCE!. Trabalhou também para Basketeria e mob36.

Publicado em 29/01/2011, em Na linha dos 3 e marcado como . Adicione o link aos favoritos. 6 Comentários.

  1. Fala sério , não tem outro lugar pra fazer esse Rodeo ai não ? Temos que ficar tanto tempo fora de casa por causa dessa bosta ( adoro Rodeo, mas quando não atrapalha meus times de coração é claro) Caramba tudo acontece de uma vez com os Spurs primeiro as lesões de jogadores importantes agora isso !?Carambola hein agora é torcer pro Pop não infartar e a gente não ficar sem treinador !!

  2. Nossa gente quantas pessoas cabem no AT&T Center com a quadra de basquete e quantas com essa Arena de Rodeo vcs sabem ?

  3. Bruno Lorscheiter Alves

    Mas é uma cidade mto caipira mesmo, param o ginásio pra fazer exposição de gado kkkkkkk mas é por isso que eu gosto de San Antonio e do Spurs, e a gente sempre arrebenta depois da Rodeo e do All Star. Se bem que eu acho difícil a campanha melhorar, pois já está ótima…

  4. K-delmondes

    Vamos ganhar 7 dessas ai no minmo
    Anota ai

  5. É vamos ganhar umas 7 por ai

  6. Vão fazer 6-3, ja perderam ontem

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.