Arquivo diário: 20/01/2011

Spurs (36-6) vs. Knicks (22-19) – Temporada Regular

San Antonio Spurs vs. New York Knicks – Temporada Regular

Data: 21/01/2011

Horário: 23h00 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Situação do Jogo

Com sete vitórias seguidas, o San Antonio Spurs chega embalado para encarar o New York Knicks, de Amar’e Stoudemire e companhia, que atravessa momento oposto aos texanos. O time da Big Apple vem de quatro derrotas consecutivas. Apesar dos maus resultados recentes, a equipe ainda figura em 6º lugar na Conferência Leste, e é um adversário perigoso jogando em velocidade.

Confrontos na temporada (0-1)

04/01/2011 San Antonio Spurs 115 vs. 128 New York Knicks

Muito mal na defesa, o Spurs cedeu o maior número de pontos a um adversário em uma partida sem tempo-extra da “Era Duncan”. Os texanos entraram na correria do adversário e acabaram levando a pior. Parker anotou 26 pontos, mas o cestinha foi Wilson Chandler, com 31.

PG – Tony Parker

SG – Manu Ginobili

SF – Richard Jefferson

PF – Tim Duncan

C – DeJuan Blair

Fique de Olho – O jovem jogador do Spurs vem oscilando boas e más partidas em sua segunda temporada na NBA. No último jogo, noite de gala contra o Raptors: 22 pontos e 11 rebotes. Mas a grande dúvida fica por conta de sua contestada defesa, que terá papel fundamental sobre o atlético Wilson Chandler e, eventualmente, sobre Stoudemire.

PG – Raymond Felton

SG – Landry Fields

SF – Danilo Gallinari

PF –Wilson Chandler

C – Amar’e Stoudemire

Fique de Olho – Amar’e Stoudemire vem fazendo grande temporada pelo Knicks. Com médias de 26,4 pontos, 8,8 rebotes e 2,6 assitências, o pivô lidera a equipe de New York em sua melhor campanha dos últimos anos. Stoudemire também é nome sempre presente nas discussões sobre MVP da temporada.

Anúncios

Spurs (36-6) vs Raptors (13-29) – Essa é a nossa casa!

104X95http://l.yimg.com/a/i/us/sp/v/nba/teams/20080123/80x60/dal.gif

Na noite desta quarta-feira, o San Antonio Spurs venceu o Toronto Raptos por 104 a 95 e chegou à sua sétima vitória seguida na temporada. Foi ainda o 16º triunfo consecutivo da equipe texana jogando no AT&T Center.

Manu, mais uma vez, foi o cestinha do Spurs (D. Clarke Evans/NBAE/Getty Images)

Gregg Popovich mandou à quadra o quinteto titular de toda a temporada – Tony Parker, Manu Ginobili, Richard Jefferson, DeJuan Blair e Tim Duncan – e viu seus comandados abrirem 10 a 0 nos primeiros minutos da partida. Porém, a partir daí, o Raptors entrou pra valer no jogo, reagiu e venceu a primeira parcial por 23 a 22.

O segundo quarto começou como terminou o primeiro: com o time de Toronto mandando na partida. Comandados por DeMar DeRozan, os visitantes venceram o período por 30 a 20 e desceram para os vestiários com uma confortável vantagem: 53 a 42.

Mais um double-double para DeJuan Blair (D. Clarke Evans/NBAE/Getty Images)

Na volta do intervalo, o Spurs conseguiu imprimir uma incrível corrida de 15 a 4 para empatar o marcador em 57 pontos. A partir daí, os donos da casa recuperaram a confiança e começaram a construir a vitória – a equipe texana venceu o terceiro quarto por 33 a 16, e entraria na parcial final com 75 x 69 a favor no placar. DeJuan Blair, em grande noite, já tinha 20 pontos e dez rebotes nesta altura.

No último período, restou ao Spurs segurar o Raptors para garantir mais uma vitória. Ainda deu tempo para que o brasileiro Tiago Splitter entrasse em quadra para jogar um minutinho no garbage time.

Para tentar manter a boa fase, o time de San Antonio recebe, nesta sexta-feira, a boa equipe do New York Knicks, que atravessa fase difícil – o time de Amare Stoudamire perdeu seus últimos quatro jogos.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Manu Ginobili – 23 pontos (14-14 FT), sete assistências e quatro rebotes

DeJuan Blair – 22 pontos (11-16 FG) e 11 rebotes

Tony Parker – 17 pontos, cinco assistências, cinco rebotes e três roubadas de bola

George Hill – 14 pontos e seis rebotes

Tim Duncan – Dez pontos, 12 rebotes, quatro assistências e três tocos

Tiago Splitter – Um toco em 01:02 minutos.

Toronto Raptors

DeMar DeRozan – 28 pontos, quatro roubadas de bola e três rebotes

Andrea Bargnani – 14 pontos, sete rebotes e dois tocos

José Calderón – 14 pontos, oito assistências e duas roubadas de bola