Spurs (23-3) vs Suns (13-13) – Temporada Regular

San Antonio Spurs vs Phoenix Suns – Temporada Regular

Data: 20/12/2010

Horário: 23:30 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Situação do Jogo

Dono da melhor campanha desta temporada da NBA, o San Antonio Spurs vem quebrando um recorde atrás do outro: com três derrotas em 26 jogos disputados, a equipe texana teve a terceira melhor campanha nos primeiros 25 jogos da história da liga. Porém, os últimos três triunfos vieram no sufoco: contra Bucks e Nuggets, Ginobili decidiu nos instantes finais, e diante do Grizzlies o Spurs só conseguiu vencer na prorrogação. Hoje, além do novato James Anderson, com uma fratura por stress, o time da casa terá um desfalque importante: George Hill, com o pé direito machucado. Já o Suns vem de uma reconstrução e dificilmente terá seus reforços à disposição hoje; porém, mesmo desfalcado, venceu ontem o Oklahoma City Thunder, jogando fora de casa.

Confrontos na temporada (1-0)

03/11/2010 – Spurs 112 @ 110 Suns

As quatro bolas de três pontos que Richard Jefferson converteu no quarto quarto foram fundamentais para a vitória do Spurs. O ala terminou a partida com 28 pontos, e foi o cestinha daquele duelo. Do lado do Suns, destaque para Jason Richardson, que não está mais em Phoenix – naquela oportunidade, o ala-armador anotou 21 pontos.

Foto em nba.com

San Antonio Spurs

PG – Tony Parker/Chris Quinn

SG – Manu Ginobili

SF – Richard Jefferson

PF – DeJuan Blair

C – Tim Duncan

Fique de Olho Sem Hill, Quinn tem a oportunidade de participar ativamente da rotação da equipe texana e provar que não é apenas um atleta de garbage time. Contra o Grizzlies, o armador foi bem: foram dez pontos, um rebote e um toco em pouco menos de 12 minutos de jogo. Na temporada, suas médias são de 2,1 pontos e 0,8 assistências em 5,5 minutos por partida.

Foto em nba.com

 

 

PG – Steve Nash

SG – Jared Dudley

SF – Grant Hill

PF – Channing Frye

C – Robin Lopez

Fique de OlhoSem Richardson e ainda sem Vince Carter, Hill ficou com a resonsabilidade de pontuar do perímetro contra o Suns e corresnpondeu: além de marcar Kevin Durant, terminou o embate com 30 pontos e 11 rebotes. Suas médias na temporada são de 14,8 pontos e cinco rebotes em 29,8 minutos por partida.

Anúncios

Sobre Lucas Pastore

Um dos fundadores do Spurs Brasil, seu maior orgulho na carreira jornalística. Formado em Jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie em 2010, é redator do UOL. Cobriu o basquete olímpico na Olimpíada de 2016 pelo LANCE!. Trabalhou também para Basketeria e mob36.

Publicado em 20/12/2010, em Pré-Jogo. Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. Jogo dificil, espero que RJ repita a boa atuaçao do primero jogo contra o suns, Pop tem que da uns minutos a mais pro Tiago, se Manu e Parker manterem as boas atuaçoes o time vence com tranquilidade. Soh tem que para de fika bobiano no final pra n precisa de cestas salvadoras depois pq uma hora isso n vai da certo…

  2. João Henrique

    Vitória tranquila… Se bem que em alguns momentos pensei que o Suns ia reagir, ainda bem que eu me equivoquei.
    E o time jogou muito bem, sempre tinha um excelente trabalho de bola procurando um jogador desmarcado.
    Apesar dos 15 pontos, eu achei que Ginobili poderia ter feito uma partida melhor… Errou muitos arremessos sem marcação.
    E Splitter mais uma vez esquentando o banco…
    DA UMA CHANCE PARA ELE POP !!!

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s