Spurs (18-3) vs Warriors (8-14) – Mais um recorde

111X94https://i2.wp.com/l.yimg.com/a/i/us/sp/v/nba/teams/1/80x60/gsw2.gif

O San Antonio Spurs teve muita tranquilidade para vencer o Golden State Warriors e continuar quebrando recordes da franquia, agora com 18 vitórias em 21 partidas.

Foi realmente uma partida bem ruim para o Warriors (Foto por AP)

Os donos da casa começaram com os mesmos titulares desde o início da temporada, com Tony Parker, Manu Ginobili, Richard Jefferson, Tim Duncan e DeJuan Blair. Logo no início, o time se impôs e conseguiu boa vantagem no placar, com Parker anotando nove pontos e quatro assistências em menos de seis minutos. Assim, o técnico Gregg Popovich colocou em quadra seus reservas, como Tiago Splitter e George Hill, e fechou o primeiro quarto em 29 a 19.

Splitter conseguiu uma partida sólida com um bom tempo de quadra (Foto por AP)

No segundo período, Popovich deixou seus reservas em quadra, mas o time acabou diminuindo o ritmo e permitiu que o Warriors ensaisse uma reação, chegando a ficar apenas três pontos atrás. Contudo, ao final do período, Pop colocou os titulares em quadra novamente para, numa boa reação, ir para o intervalo vencendo por 57 a 47. Blair nesse momento já tinha um duplo-duplo, com 11 pontos e dez rebotes, e a nota ruim do período foi a lesão do armador do Golden State Stephen Curry, que machucou pela quarta vez o mesmo tornozelo esquerdo quando armava uma jogada.

Retornando a partida, o San Antonio continuou o ritmo forte do final da primeira etapa e abriu uma vantagem maior no placar. Parker continuou a boa partida e anotou mais oito pontos no quarto, fechando o terceiro com o placar de 86 a 74.

No período final, Pop colocou Parker no banco e deixou Hill comandar a equipe para a vitória. Os reservas em quadra continuaram o bom desempenho no ataque e aumentaram um pouco mais a vantagem, fechando a partida em 111 a 94.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Tony Parker – 19 pontos, nove assistências e 64,2% (9-14) nos arremessos de quadra

George Hill – 17 pontos

DeJuan Blair – 15 pontos, 13 rebotes e três roubos de bola

Manu Ginobili – 12 pontos, oito assistências e três roubos de bola

Tiago Splitter – 12 pontos, seis rebotes, uma assistência, um roubo de bola, em erro de ataque, três faltas e 57,1% (4-7) nos arremessos de quadra em 24 minutos

Richard Jefferson – Dez pontos

Golden State Warriors

Reggie Williams – 31 pontos, 68,75% (11-16) nos arremessos de quadra e 80% (8-10) nos arremessos de três pontos

Monta Ellis – 19 pontos e seis assistências

David Lee – 16 pontos, 13 rebotes, seis assistências e seis erros de ataque

Dorell Wright – 13 pontos e nove rebotes

Andris Biedrins – Dez rebotes

Anúncios

Sobre Glauber da Rocha

Estudante de Direito e torcedor do San Antonio Spurs desde 2007

Publicado em 09/12/2010, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 5 Comentários.

  1. Finalmente Splitter volto a joga bem, muito bem defensivamente e bom no atk, dessa vez ele se esforço bastante teve mais minutos, n fez faltas bestas. Quase n cometeu erros, soh falta os armadores do spurs entender um pouco mais a jogada de pick-roll dele, altas vez ele faz a parede e sai ai ele fika livre perto da cesta esperando o passe soh que muitas vezes os kra nao percebem… Que continue assim Splitter que tem bastante a evoluir, Ginobili continua pontuando baixo mas jogo pro time…Tony Parker jogo muito, Timmy n tava bem dai foi poupado

  2. Concordo com vc Bruno , acho que ainda falta um pouco de introzamento nos Spurs logo logo eles vão entender a forma como o Splitter joga , nossa não gosto de zicar ninguém mas o divórcio do Tony Parker só fez bem pra ele tá jogando super bem e o George Hill está com tudo , toda vez que entra consegue fazer boas partidas e ajudar muito a equipe , pena que o Manu não está acompanhando o resto do time até tinha começado a temporada regular muito bem em algumas partidas salvando o time , mas de umas 3 ou 4 partidas pra cá está deixando muito a desejar o rendimento caiu bastante , espero que não seja problemas fora de quadra !!

  3. Tbm percebi isso, falta o time confiar mais no Splitter e passar mais a bola pra ele. O Manu é quem mais está fazendo assistências para ele (o argentino ajudando o brasileiro, quem diria heim).
    Mas logo ele deslancha e começa a dominar o garrafão.

    GO SPURS, GO
    GO SPLITTER, GO

    • mais dez vitorias e os spurs sao o mais serios candidatos ao titulo por enquanto ainda tenho medo dos celtics a partir de ai o caminho esta livre para o quinto titulo dos spurs

  1. Pingback: Spurs (37-7) @ Warriors (19-24) – Temporada Regular | Spurs Brasil – O seu site de notícias em português sobre o San Antonio Spurs

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s