Exagerados

O clima era impressionante na quinta-feira. Grandes jogadores da NBA comentavam no Twitter sobre a partida que estava por começar. Parecia jogo sete da final da liga – talvez, em alguns aspectos, fosse até mais esperado, já que atraiu espectadores que nem gostam de basquete. A volta de LeBron James para Ohio, para enfrentar o Cleveland Cavaliers, está com certeza entre os eventos esportivos do ano, e é sem dúvidas o ponto alto da temporada 2010/2011 até aqui.

Camiseta feita para hostilizar LeBron: "O Rei Mentiroso"

Posso entender o porquê do sentimento negativo que o astro causou em Cleveland. O ala, esperança de títulos em uma cidade que amarga uma longa espera por conquistas, jamais conseguiu o anel da NBA, e anunciou que deixava de lado este projeto em rede nacional, para a ira da torcida local. Torcedor é isso mesmo, é sentimento, é paixão. Não consegue entender que seu ídolo, antes de tudo, é um ser humano, um atleta, que tem como profissão vencer – no fundo, é isso que LeBron foi buscar no Miami Heat.

Além disso, mais do que de ídolos, a NBA está carente de bad boys. Carente de vilões. A aposentadoria de Rasheed Wallace representou o fim de uma era de confusões, brigas, declarações inusitadas. Ainda temos Ron Artest em atividade, mas nessa temporada o ala anda bem comportado. Acho que David Stern conseguiu o que queria – um bando de jogadores que fingem ser comportados e não se envolvem em polêmicas. Um saco. Por isso, talvez, LeBron tenha se transformado rapidamente em vilão.

O que não consigo entender, no entanto, é como esse ódio se espalhou de tal maneira até chegar no Brasil. Conversando com amigos fãs de basquete e lendo comentários no Twitter, pude ver que nove entre dez pessoas estavam torcendo pelo Cavs. Até aí, tudo bem – torcer para o time mais fraco parece sempre ser o caminho. Mas daí a dizer – como muitos fizeram – que o tim e de Cleveland venceria o jogo pela honra de sua cidade, aí é demais. Quantos jogadores do elenco nasceram em Ohio? Provavelmente, os atletas têm mais laços afetivos com LeBron do que com o local em que jogam.

Eu confesso que torci pelo Cavs, simplesmente porque achei que seria uma festa bacana na cidade caso eles ganhassem o jogo. Confesso também que não estou entre os maiores fãs de LeBron – acho que ele toma decisões erradas nos momentos decisivos da partida, e por isso não o coloco entre os meus jogadores prediletos da NBA. Mas o acho um craque, completo e de personalidade interessante. Por isso, não consigo entender esse ódio exagerado que paira sobre o astro fora de Cleveland. Deixem The King buscar sua coroa em paz!

Anúncios

Sobre Lucas Pastore

Um dos fundadores do Spurs Brasil. Formado em Jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie em 2010, é editor assistente do UOL Esporte. Cobriu o basquete olímpico na Olimpíada de 2016 pelo LANCE!. Trabalhou também para Basketeria e mob36.

Publicado em 04/12/2010, em Na linha dos 3. Adicione o link aos favoritos. 4 Comentários.

  1. K-delmondes

    Namoral aprendi a gosta muito do Lebron naum sei pq
    Acho que é por eu ter um odio mortal do Kobe e tinha muito esse assunto da rivalidade ai ja sabe né?

  2. Ateh entendo a decisao dele de sair do time e tals, mas n precisava ir em rede nacional pra fala que ia leva o seu “talento” pra south beach…E tbm ele poderia te trazido os kra pro time dele, ele era o MVP a 2 temporada, como pode o kra que eh o melhor da liga sair do seu proprio time pra tenta ser campeao como coadjuvante em otro.Mas a decisao foi dele faze o que. O pior eh que o time do Miami dessa temporada ta pior que o da temporada passada

  3. Gean Francisco

    Eu não entendi pq a torcida do Cavs tem tanto ódio assim do LeBron depois que ele saiu de Cleveland .Eu acompanhei o jogo ,e na apresentação dos jogadores do Heat ,a torcida do Cavaliers aplaudiu o Ilgauskas ,que também saiu do time na temporada passada .
    Eu sou fã do “King James” ,acho ele um dos jogadores mais completos da NBA ,ainda mais agora no Heat ,que tá tendo que armar também .Os números de assistências e rebotes dele melhoraram em comparação a última temporada ,exatamnete por ter que fazer o seu time andar .
    Abraços

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s