Spurs (7-1) vs Sixers (2-8) – Atropelamento

116×93

O San Antonio Spurs não teve a menor dificuldade para, neste sábado, chegar à sua sexta vitória seguida na NBA. A equipe texana bateu o Philadelphia 76ers em casa em jogo que mal durou um quarto, e alcançou a sua melhor sequência de triunfos desde a temporada 2008/2009, quando também venceu seis duelos seguidos entre 4 e 14 de dezembro.

Parker foi o grande destaque da vitória (D. Clarke Evans/NBAE/Getty Images)

O time titular foi o mesmo das últimas partidas: Tony Parker, Manu Ginobili, Richard Jefferson, DeJuan Blair e Tim Duncan. E, com começo inspirado dos dois armadores, o atropelamento começou já no primeiro período: com 12 pontos de Parker e 11 de Ginobili, o Spurs marcou 39 pontos e permitiu 28 do adversário na primeira parcial.

Splitter teve bastante tempo de quadra (D. Clarke Evans/NBAE/Getty Images)

O segundo quarto foi o pior do time texano na partida: relaxado, a equipe permitiu que o Sixers encostasse em alguns momentos. Mesmo assim, a vantagem no intervalo era confortável: o Spurs vencia por 61 a 52, e Parker já tinha 18 pontos na sua conta.

No terceiro período, o atropelamento se consolidou. Não dando qualquer chances de reação para o adversário, o time de San Antonio marcou 35 pontos, permitiu apenas 12 do oponente e definiu ali a partida. Naquela altura, cinco jogadores (Tony Parker, George Hill, Manu Ginobili, Richard Jefferson e DeJuan Blair) já tinham marcado ao menos dez pontos.

No quarto final, Gregg Popovich colocou os reservas em quadra, o que foi bom para o pivô brasileiro Tiago Splitter, que ganhou bastante tempo de jogo. Todos os jogadores do elenco  que estavam disponíveis (o novato James Anderson está machucado) pontuaram na partida, incluindo aqueles que vêm recebendo poucas oportunidades, como o armador Chris Quinn e o ala-armador Alonzo Gee. Fim de jogo, Spurs 116 a 93.

A equipe texana volta a jogar ainda neste domingo, às 22 (de Brasília), e tem uma parada duríssima: o Oklahoma City Thunder, jogando em Oklahoma.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Tony Parker – 24 pontos, sete assistências e três roubadas de bola

Manu Ginobili – 18 pontos e duas roubadas de bola

George Hill – 16 pontos

DeJuan Blair – 13 pontos, 12 rebotes e duas roubadas de bola

Richard Jefferson – Dez pontos e quatro rebotes

Tiago Splitter – Seis pontos (2-6 FG), três rebotes, duas assistências, uma roubada de bola e um turnover em 18:33 minutos de quadra

Philadelphia 76ers

Jrue Holiday – 16 pontos, cinco assistências e duas roubadas de bola

Louis Williams – 13 pontos

Marreese Speights – 11 pontos e sete rebotes

Sobre Lucas Pastore

Um dos fundadores do Spurs Brasil. Formado em Jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie em 2010, é editor assistente do UOL Esporte. Cobriu o basquete olímpico na Olimpíada de 2016 pelo LANCE!. Trabalhou também para Basketeria e mob36.

Publicado em 14/11/2010, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.