Arquivo diário: 28/09/2010

Parker reitera seu desejo de permanecer no Spurs

https://i1.wp.com/i689.photobucket.com/albums/vv251/peskinha/barras/glauber-noticias.jpg

No dia da apresentação à imprensa do elenco do San Antonio Spurs, que vai iniciar os treinamentos para a pré-temporada, o armador francês Tony Parker disse novamente sobre sua intenção de  renovar seu contrato e continuar jogando pelo San Antonio Spurs.

Foto por Edward A. Ornelas/Express-News

“Eu me sinto como um Spur. Eu espero que os torcedores do Spurs saibam que eu quero ficar aqui,” disse Parker. “Eu disse isso um monte de vezes. Ninguém está me escutando. Eles (a imprensa) não ligam. Eles apenas querem criar histórias. Isso vende melhor”, completou o astro.

Com 28 anos, Parker inicia a temporada do último ano de seu contrato. Formando o Trio do Spurs com Ginobili e Duncan, o atleta ganhou três títulos da NBA desde 2003. Porém, na véspera do início dos trabalhos, Parker avalia a temporada que está para começar como a última chance deste grupo vencer o quarto campeonato.

“Muitas pessoas pensam que estou dizendo isso por ser meu último ano de contrato”, disse o armador. “Mas eu realmente sinto que estou dizendo isso por causa de Timmy, não por meu contrato. A NBA tem uma temporada longa, e Timmy tem 34, indo para 35 anos. Por isso eu sinto como se fosse nossa última chance de realmente conquistar o título,” avaliou o francês.

O gerente geral do Spurs R.C. Buford continua em constante diálogo com o agente de Parker, mas não indica que uma extensão acontecerá antes do início da temporada. Parker – que espera conseguir algo perto de um contrato de valor máximo – entende que ele ainda pode ser trocado, ou que ele pode se tornar agente livre durante o potencial verão de 2011 com problemas sobre a mudança nas regras dos contratos dos jogadores. Ele viu como o Spurs lidou com a extensão de Manu Ginobili na temporada passada, esperando até abril para fechar o novo vínculo.

“Assim como fizemos no ano passado, nós estávamos em constante comunicação com o pessoal de Manu e eu continuo conversando com os representantes de Tony,” disse Buford. “Mas eu não sei se isso significa que Tony estará aqui se ele jogar bem ou não”, completou.

Foto por AP Photo

“Eu entendo os negócios,” disse Parker. “Eu sei como isso funciona. Eu vi o que eles fizeram com Manu. Eu respeito isso. No final do dia, eu quero vencer. Faz um bom tempo desde que vencemos (o campeonato). Contratos, dinheiro, qualquer coisa virá”, opinou o armador francês.

Enquanto isso, Parker busca controlar o que ele pode, sua performance em quadra. Lesões em seu pé, tornozelo e mão limitaram o jogador à sua pior marca em jogos na última época, com 56, tendo sua média de pontos caído de 22 para 16 por partida.

Querendo retornar bem, Parker não participou o Mundial com a França em suas férias, trabalhou para reduzir sua gordura corporal e passou por uma rígida dieta que cortou algumas de suas comidas favoritas.

“Agora, eu como aspargos, coisa chata,” falou Tony. “Minha esposa está feliz. Eu estou comendo vegetais”, brincou o armador.

Onde ele comerá seus aspargos, em San Antonio ou outro lugar, continua incerto.

“Agora, eu quero focar na equipe e nos treinamentos. Se o Spurs quiser fazer alguma coisa, eu estarei ansioso para ouvir, obviamente”, finalizou.